Rafael Cortez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rafael Cortez
Nome completo Rafael de Faria Cortez
Nascimento 25 de outubro de 1976 (39 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Ator, apresentador, humorista e músico
Página oficial
IMDb: (inglês)

Rafael de Faria Cortez (São Paulo, 25 de outubro de 1976) é um ator, humorista, apresentador e músico brasileiro. Atualmente é um dos apresentadores do programa Vídeo Show da Rede Globo. É formado em Jornalismo pela PUC-SP e é ex-repórter do programa Custe o Que Custar (CQC) de 2008 a 2012 e 2015.[1] Em 2013, foi contratado pela Rede Record para apresentar o programa Got Talent Brasil, franquia da versão internacional de Got Talent. É irmão do ator Leonardo Cortez.[2] Em Fevereiro de 2015, o Comedy Central estreou um novo programa com Rafael, o "Dirige Rafa!", cujo próprio procura aprender a dirigir aos 37 anos, com um tom de comédia. Também foi anunciado como o apresentador da segunda temporada do "República do Stand-Up", uma das versões brasileiras do "Comedy Central Presents".[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Como jornalista desenvolveu conteúdo para celulares, foi colaborador da Veja São Paulo, CNT, TV Gazeta e Rede Mulher. Ganhou o 32º Prêmio Abril de Jornalismo na categoria Conteúdo para Celular e trabalhou em diversas assessorias de imprensa. Ainda na faculdade, apresentou um jornal erótico ao vivo, o “69 Segundos”. [4]

Em 1994, ainda adolescente, começou a estudar música[5] e se tornou violonista erudito, aluno de grandes professores como Badi Assad.[6] Em 2005 lançou seu primeiro álbum demo autoral, Solo, com 200 copias e sem repercussão. Com trabalhos paralelos, mas sem largar a paixão pela música, em Maio de 2011, de forma independente, lançou seu CD oficial, intitulado Elegia da Alma, com 15 composições gravadas durante 7 anos [7] e recital no Teatro Tuca, em São Paulo.[8] Algumas de suas composições integram os áudio livros narrados por ele.[9]

Rafael Cortez também é ator, humorista e palhaço. No teatro atuou em espetáculos premiados e infantis, no cinema participou de dois curtas metragens. Para a televisão, além de diversos filmes publicitários, participou de uma série sobre Chico Buarque [10] e na internet, deu vida ao personagem Loreno da ClicTV por dois anos.[11] Também gravou cinco áudio livros de obras brasileiras, quatro de Machado de Assis – O Alienista, Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas e Quincas Borba – e o último deles, lançado em 2012, O Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcellos, todos pela Editora Livro Falante.[12]

Desde a estreia em 2008, Rafael Cortez é um dos "homens de preto" do programa. Apresentou o quadro CQTest, durante anos, testando a inteligência dos famosos, mas se destaca principalmente por suas matérias políticas e culturais, envolvendo eventos do cinema, arte, música,esportes e política, mas sempre com muitas celebridades.[13]

Entre as inúmeras reportagens e lugares visitados, Rafael Cortez esteve no Encontro de Chefes de Estado da União Europeia, Caribe e América Latina que aconteceu em Lima, no Peru e na 37ª Cúpula do MERCOSUL no Paraguai. Fez a cobertura de importantes eventos cinematográficos mundiais como o 65º Festival Internacional de Cinema de Veneza, na Itália, o 62º Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França e o 84º Academy Awards (Oscar 2012), nos Estados Unidos. Em 2010 cobriu eventos esportivos, entre eles a Fórmula Indy 2010, nos Estados Unidos e a Copa do Mundo de Futebol 2010, na África do Sul.[14]

Atualmente apresenta o programa Na Pegada da rádio Metropolitana FM [15], tem seu próprio solo de comédia “De Tudo um Pouco”, em que viaja por todo Brasil se apresentando [16] e mais recentemente passou a colaborar com o portal Yahoo, através de um blog com textos e vídeos, o “Coisas do Cortez”.[17] Tem se dedicado a divulgação de seu CD Elegia da Alma, e ao projeto autoral em homenagem a cantora Nara Leão – “Mulheres de Hoje Cantam a Nara de Sempre”.[18]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Como Apresentador[editar | editar código-fonte]

Ano Título Emissora
2008 - 2012 Custe o Que Custar Band
2013 Got Talent Brasil Rede Record
2014 Me Leva Contigo Rede Record
2015 Custe o Que Custar Band
2015 República do Stand-Up Comedy Central
2015 Dirige Rafa Comedy Central
2016 - Presente Vídeo Show Rede Globo

Como Ator[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
2013 A Nova Família Trapo Quintino Rede Record

Teatro[editar | editar código-fonte]

Atuou nos seguintes espetáculos teatrais:

  • Made in Brazil, direção de Pedro Granato (2002);
  • Francisco e Clara, o Musical, direção de Rubens Rivelino (2003);
  • A Casa de Bernarda Alba, direção de Melissa Vettore, (2003);
  • Contando Clássicos – Espetáculo de improvisação, direção de Maximiliana Reis (2005);
  • Lendas e Loas, com Alejandra Pinel (2006);
  • Os Saltimbancos, direção da Cia. Quatro na Trilha (2004/ 2005/ 2006/ 2007);
  • O Mágico de Óz, direção de Linaldo Telles (2006/ 2007).

Cinema[editar | editar código-fonte]

Rádio
  • Em julho de 2010, estreia como apresentador do programa Na Pegada da Rádio Metropolitana FM, retomado após uma pausa em 2012.[21]

Áudio livros[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • 2007 - Prêmio Abril de Jornalismo na categoria "Conteúdo para celular" com matérias feitas para edição local da Revista Veja
  • 2008 - Prêmio Quem de Melhor Jornalista de 2008[30]

Referências

  1. Erro em Lua em Módulo:Citação/CS1 na linha 2140: attempt to call upvalue 'year_date_check' (a nil value).
  2. «Os irmãos Rafael e Leonardo Cortez». Caras. 12 de abril de 2011. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  3. Erro em Lua em Módulo:Citação/CS1 na linha 2140: attempt to call upvalue 'year_date_check' (a nil value).
  4. «Biografia de Rafael Cortez». Portal dos Jornalistas. Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  5. «Rafael Cortez». Skol. Consultado em outubro de 2012. 
  6. «Rafael Cortez lança disco de violão clássico – ouça». Época — São Paulo. 23 de junho de 2011. Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  7. «A outra face de Rafael Cortez». Gazeta do Povo. 2 de outubro de 2011. Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  8. http://epocasaopaulo.globo.com/cultura/rafael-cortez-lanca-disco-de-violao-classico-ouca/
  9. «"CQC" Rafael Cortez faz "pocket show" para lançar audiolivro». Folha de S. Paulo. 9 de abril de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  10. http://www.portaldosjornalistas.com.br/perfil.aspx?id=96
  11. «Personagem Loreno de Rafael Cortez - Vídeos». Consultado em 3 de janeiro de 2012. 
  12. Cláudia. «Rafael Cortez lança audiolivros». CQC News. Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  13. http://www.ospaparazzi.com.br/biografia/rafael-cortez-3031.html
  14. «CQC - Rede Bandeirantes». Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  15. «Metropolitana FM - "Na Pegada"». Consultado em 3 de janeiro de 2013. 
  16. «Ilhéus Eventos». Consultado em 3 de janeiro de 2012. 
  17. «Rafael Cortez - Sobre». Yahoo! Notícias. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  18. Rafaela Santos (4 de julho de 2012). «Elas cantam Nara Leão, graças a Rafael Cortez». O Globo. Consultado em 2 de janeiro de 2013. 
  19. a b «Também atuou em dois curta-metragens: “X“, de Pedro Granato (2002...». Site oficial. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  20. Francisco Russo (1 de janeiro de 2012). «Entrevista exclusiva - Rafael Cortez fala sobre a dublagem em Detona Ralph». AdoroCinema. Consultado em 2 de janeiro de 2013. 
  21. «Rafael Cortez retorna a programação da Metropolitana FM com o “Na Pegada”». Inteligemcia. 7 de abril de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  22. «Dom Casmurro - Escute um trecho deste audiolivro». Livro Falante. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  23. «O Alienista - Machado de Assis». Livro Falante. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  24. «Memórias Póstumas de Brás Cubas - Escute um trecho deste audiolivro». Livro Falante. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  25. «Quincas Borba». Livro Falante. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  26. «O Meu Pé de Laranja-lima». Livro Falante. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  27. «Rafael Cortez, do CQC, em Piracicaba». Teatro GT. 29 de outubro de 2012. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  28. «Rafael Cortez lança CD “Elegia da alma” no Tuca». Vila Mundo. 9 de junho de 2011. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  29. Fabiana Seragusa (9 de junho de 2011). «Repórter do "CQC", Rafael Cortez lança álbum como violonista». Folha de S. Paulo. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  30. Laís Rissato (17 de dezembro de 2008). «Rafael Cortez dedica prêmio a Caco Barcellos». Quem (revista). Consultado em 2 de janeiro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons