Come Clean (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Come Clean"
Single de Hilary Duff
do álbum Metamorphosis
Lado B "Why Not"
Lançamento 13 de janeiro de 2004 (2004-01-13)
Formato(s)
Gravação 2003
Gênero(s) Pop rock
Duração 3:35
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s)
Composição
Produção John Shanks
Cronologia de singles de Hilary Duff
"So Yesterday"
(2003)
"Little Voice"
(2004)

"Come Clean" é uma canção gravada pela cantora norte-americana Hilary Duff para seu segundo álbum de estúdio, Metamorphosis (2003). Foi escrita por Kara DioGuardi e John Shanks, enquanto a produção ficou a cargo de Shanks. A canção contém influências da música electrônica, com os versos narrando a protagonista querendo "falar a verdade" com seu interesse amoroso, a partir de um relacionamento tenso. "Come Clean" foi avaliada com análises mistas pelos críticos. A música foi lançada em 13 de janeiro de 2004 como o segundo single do álbum.

Nos Estados Unidos, a música chegou ao número trinta e cinco, tornando-se o primeiro single entre as 40 melhores de Duff na Billboard Hot 100. Mais tarde viria a se tornar seu single mais vendido nos Estados Unidos.[1] No entanto, a canção não conseguiu igualar o sucesso de seu single antecessor "So Yesterday" em muitos outros países. Atingiu a maior posição no número dezessete na Austrália e dezoito no Reino Unido, enquanto figurava entre os vinte primeiros no Canadá, Holanda, Irlanda e Nova Zelândia. Um remix da música produzido por Chris Cox foi incluído na coletânea de 2005 de Duff, Most Wanted, esta versão também foi incluída em seu EP de remixes da versão das lojas Walmart do álbum Dignity (2007) bem como a versão Dance Mix, e em 2008, outro remix da canção produzida por Chico Bennett & Richard "Humpty" Vission foi incluído no Best of Hilary Duff. Ainda em 2006, uma versão remix da canção foi inclusa na trilha sonora da soap opera brasileira Malhação.[2]

A canção é acompanhada por um vídeo musical, dirigido por Dave Meyers, que apresentou Duff dentro de uma casa num dia chuvoso, esperando por seu interesse amoroso. O vídeo foi indicado na categoria Best Pop Video no MTV Video Music Awards de 2004. A canção foi usada no trailer do filme A Cinderella Story, de 2004, estrelado por Duff. Foi usada como tema de abertura dos reality shows MTV, Laguna Beach: The Real Orange County e Newport Harbor: The Real Orange County, e está incluído no álbum da trilha sonora de Laguna Beach.

Composição[editar | editar código-fonte]

O refrão da música, apoiado pela bateria. Também incorpora elementos de música electrônica.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Em uma entrevista concedida para o The News Times, em 2005, Duff disse que a música é "obviamente sobre um relacionamento de um garoto e uma garota e justamente fala sobre como alguém pensa que estão tensos".[3] "Ela está cansada, ele está cansado e eles estão jogando a verdade, quer isso signifique que eles vão ficar juntos ou não. Eles estão colocando todas as cartas na mesa e soltando tudo que não foi dito basicamente", disse ela.[3] Duff citou a música como sua favorita do Metamorphosis, dizendo que é "um pouco mais suave" do que seu single anterior, "So Yesterday", "mas não é realmente pop. Parece meio techno, mas é lenta. É muito legal."[4]

Musicalmente, "Come Clean" é uma música moderadamente rápida em um ritmo de 120 batidas por minuto. Escrita na chave de Si maior[5], apresenta a sequência G#mj7—E2—G#mj7 como sua progressão de acordes.[5] Os vocais de Duff vão desde a nota F#3 até a nota B4.[5]

Outros usos[editar | editar código-fonte]

Em 2011 a cantora brasileira Kelly Key usou um sample com os arranjos da canção em sua faixa "O Problema É Meu".

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento e lançamento[editar | editar código-fonte]

O vídeo musical que acompanha o single foi dirigido por Dave Meyers e filmado em Los Angeles em 23 de novembro de 2003.[6] Meyers afirmou sobre o vídeo: "Eu estou tentando fazer algo em que você está levando ela [Duff] muito a sério... muito dramática e muito feminina, e quase sensual. Eu acho que nunca vimos isso dela. Ela tem sido um ícone pop, então estou apenas tentando dar a ela um pouco mais de credibilidade a frente de um artista."[6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No vídeo, Duff é apresentada em sua casa durante um dia chuvoso (refletindo a referência da chuva no refrão da música[6]), andando de comodo em comodo. Seus amigos chegam e assistem televisão com ela na sala de estar. A tempestade intensifica-se ao longo do dia, e as cenas interiores são intercaladas com fotos do namorado de Duff dirigindo-se a sua casa em um carro. No final do vídeo, o namorado chega na casa e Duff se aventura na chuva para encontrá-lo; eles se beijam quando o vídeo termina. De acordo com Meyers, "Nós nunca sabemos se o cara no final é um namorado ou amigo ou qual é o drama. É tudo muito fotogênico e sofisticado e não muito colorido".[6] Duff disse que o vídeo "realmente mostra que ela está meio nesse estado monótono durante a coisa toda. Ela não demonstra muita emoção exceto que ela está esperando por esse garoto, esse cara, para chegar. Você não pode dizer que eles estão correndo em direção um ao outro, se eles vão se beijar ou vão se abraçar ou vão se bater. São várias emoções diferentes."

Recepção[editar | editar código-fonte]

O vídeo foi indicado na categoria Best Pop Video no MTV Video Music Awards de 2004. A música lhe rendeu um TMF Awards em Fake ID Category, e ajudou-a a ganhar o World Music Award de Best New Artist em 2004.

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

A canção estreou na parada Billboard Hot 100 de 28 de fevereiro de 2004, no número 53, e posteriormente chegou ao número 35.[7] Em 27 de julho de 2014, a música vendeu 655.000 cópias digitais nos Estados Unidos.[1]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Adaptado dos créditos do encarte:[13]

  • John Shanks - produtor
  • Rob Chiarelli - gravação, mixagem

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato(s) Gravadora
Estados Unidos[27] 13 de janeiro de 2004 Rádios mainstream
Austrália[28] 19 de janeiro de 2004 Maxi single WEA International
Reino Unido 22 de abril de 2004 CD single[29]
Maxi single[30]
Alemanha[31] 28 de junho de 2004 Maxi single
Estados Unidos[32] 19 de outubro de 2004 Download digital (AOL Broadband Rocks! November 22, 2003) Hollywood Records

Referências

  1. a b Trust, Gary (27 de julho de 2014). «Ask Billboard: How Has Enrique Iglesias' 'Bailando' Become Such A Big Hit?». Billboard. Consultado em 16 de março de 2019 
  2. Nilson Xavier. «Malhação Internacional 2006». Teledramaturgia. Consultado em 16 de março de 2019 
  3. a b "Hilary Duff comes clean". News Times. 11 de janeiro de 2005.
  4. Moss, Corey. "Hilary Duff Plans Break From Movies". MTV News. 8 de setembro de 2003.
  5. a b c "Hilary Duff Digital Sheet Music: Come Clean". Musicnotes.com.
  6. a b c d D'Angelo, Joe and Moss, Corey. "Hilary Duff To 'Come Clean' To Fans In Next Clip". MTV News. 24 de novembro de 2003.
  7. Billboard Hot 100 Week of February 28, 2004
  8. (2004) Créditos do álbum Come Clean por Hilary Duff [Notas do encarte do maxi single australiano]. Hollywood Records (021692).
  9. «Come Clean [Canada CD] - Hilary Duff». Allmusic. Consultado em 16 de março de 2019 
  10. «Come Clean - Hilary Duff». Allmusic. Consultado em 16 de março de 2019 
  11. «Come Clean [CD 2]: Hilary Duff: Amazon.co.uk: Music». Amazon. Consultado em 16 de março de 2019 
  12. «Amazon.com: Come Clean: Hilary Duff: Music». Amazon. Consultado em 16 de março de 2019 
  13. (2004) Créditos do álbum Metamorphosis por Hilary Duff [Notas do encarte]. Hollywood Records.
  14. «Australian-charts.com – Hilary Duff – Come Clean» (em inglês). ARIA Top 50 Singles 
  15. «Ultratop.be – Hilary Duff – Come Clean». Ultratop 50 
  16. «Ultratop.be – Hilary Duff – Come Clean». Ultratrip 
  17. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 19 de junho de 2018 
  18. «Spanishcharts.com – Hilary Duff – Come Clean». Canciones Top 50 
  19. a b c d "Hilary Duff - Come Clean". aCharts.us.
  20. «Lescharts.com – Hilary Duff – Come Clean». Syndicat National de l'Édition Phonographique 
  21. «Nederlandse Top 40 – Hilary Duff». Top 40 Singles 
  22. «Nederlandse Top 40 – Hilary Duff». Dutch Top 40 
  23. «Dutchcharts.nl – Hilary Duff – Come Clean». Single Top 100 
  24. «Official Singles Chart Top 100». Official Charts Company. Consultado em 19 de junho de 2018 
  25. «Swisscharts.com – Hilary Duff – Come Clean». Schweizer Hitparade. Consultado em 27 de julho de 2013 
  26. «American single certifications – Hilary Duff – Come Clean» (Se necessário, clique em Advanced e, em seguida, clique em Format, selecione Single e, em seguida, clique em SEARCH.) (em inglês). Recording Industry Association of America 
  27. «®R&R :: Going For Adds™ :: CHR/Top 40». Gfa.radioandrecords.com. 12 de janeiro de 2004. Consultado em 24 de novembro de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  28. Plastic Underground Melbourne Australia (10 de abril de 2004). «Hilary Duff - The Official Australian Hilary Duff Website». Web.archive.org. Consultado em 24 de novembro de 2013. Arquivado do original em 10 de abril de 2004 
  29. «Come Clean: Amazon.co.uk: Music». Amazon.co.uk. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  30. «Come Clean: Amazon.co.uk: Music». Amazon.co.uk. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  31. «Come Clean: Amazon.de: Musik». Amazon.de. 9 de setembro de 2009. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  32. &#8250 Hilary Duff. «AOL Broadband Rocks! November 22, 2003: Hilary Duff: MP3 Downloads». Amazon.com. Consultado em 16 de março de 2019