Dalai-lama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dalai Lama)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o atual Dalai-lama, veja Tenzin Gyatso.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2009). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Dalai-lama
Monarquia
Lotus-buddha.svg

Dalai Lama 1430 Luca Galuzzi 2007crop.jpg
Titular:
Tenzin Gyatso, o 14º Dalai-lama
Título: Sua Santidade/Sua Majestade
Herdeiro aparente:
Primeiro Dalai-lama: Gedun Drub
Formação: 1391

Dalai-lama é o chefe de estado e líder espiritual do Tibete.[1][2] É o título de uma linhagem de líderes religiosos da escola Gelug do budismo tibetano. Em se tratando de um monge e lama, é reconhecido por todas as escolas do budismo tibetano. Os dalai-lamas foram os líderes políticos do Tibete entre os século XVII até 1959, residindo em Lhasa. O atual dalai-lama, Tenzin Gyatso, é o líder oficial do governo tibetano no exílio ou Administração Central Tibetana.

Dalai, em mongol, significa 'oceano', e lama é a palavra tibetana para 'mestre', 'guru', e várias vezes referido como "Oceano de Sabedoria", um título dado pelo regime mongoliano a Altan Khan (1507 - 1582) e agora aplicado a cada encarnação da sua linhagem. Os dalai-lamas são mostrados como sendo a manifestação de Avalokiteshvara, o Bodhisattva da compaixão, cujo nome, em tibetano, é Chenrezig. Após a morte de um dalai-lama, é iniciada uma pesquisa pelos seus discípulos para descobrir o seu renascimento ou tulku.

Lama é um termo geral aplicado aos mestres budistas tibetanos. O atual dalai-lama é muitas vezes chamado de "Sua Santidade" por ocidentais, embora este pronome de tratamento não exista na língua tibetana - não se tratando, portanto, de uma tradução. Tibetanos podem referir-se a ele usando epítetos tais como Gyawa Rinpoche que significa "grande protetor", ou Yeshe Norbu, a "grande joia".

Acredita-se que os dalai-lamas sejam a reencarnação de uma longa linhagem de tulkus que optaram pela reencarnação, a fim de esclarecer a humanidade. O dalai-lama é muitas vezes considerado o chefe da Escola Gelug, mas essa posição pertence, oficialmente, ao Ganden Tripa, que é uma autoridade temporária nomeada pelo dalai-lama, o qual, na prática, exerce maior influência. Pode-se considerar que Sua Santidade é o "rei" do Tibete - um Estado governado por líderes religiosos que, no Ocidente, são chamados de teocratas, termo que não é exato, já que, no budismo, não existe a figura de um único Deus criador.

Lista de dalai-lamas[editar | editar código-fonte]

Há 14 reencarnações reconhecidas como sendo do Dalai-lama:

Nome Imagem Tempo de vida Reconhecido Reinado Tibetano/Wylie Transcrição em PRC (transcrição chinesa) Grafias alternativas
1. Gedun Truppa 1stDalaiLama.jpg 1391–1474 Desconhecido[3] དགེ་འདུན་འགྲུབ་
dge ‘dun ‘grub
Gêdün Chub (根敦朱巴) Gedun Drub
Gedün Drup
Gendun Drup
2. Gendun Gyatso 1475–1541 1492–1541[3] དགེ་འདུན་རྒྱ་མཚོ་
dge ‘dun rgya mtsho
Gêdün Gyaco (根敦嘉措) Gedün Gyatso
Gendün Gyatso
3. Sonam Gyatso 3rdDalaiLama2.jpg 1543–1588 ? 1578–1588 བསོད་ནམས་རྒྱ་མཚོ་
bsod nams rgya mtsho
Soinam Gyaco (索南嘉措) Sönam Gyatso
4. Yonten Gyatso 4DalaiLama.jpg 1589–1616 ? 1591–1626 ཡོན་ཏན་རྒྱ་མཚོ་
yon tan rgya mtsho
Yoindain Gyaco (雲丹嘉措) Yontan Gyatso
5. Lobsang Gyatso NgawangLozangGyatso.jpg 1617–1682 1618 1642–1682 བློ་བཟང་རྒྱ་མཚོ་
blo bzang rgya mtsho
Lobsang Gyaco (羅桑嘉措) Lobzang Gyatso
Lopsang Gyatso
6. Tsangyang Gyatso 1683–1706 1681 1697–1706 ཚངས་དབྱངས་རྒྱ་མཚོ་
tshang dbyangs rgya mtsho
Cangyang Gyaco (倉央嘉措)
7. Kelzang Gyatso 7thDalaiLama.jpg 1708–1757 ? 1720–1757 བསྐལ་བཟང་རྒྱ་མཚོ་
bskal bzang rgya mtsho
Gaisang Gyaco (格桑嘉措) Kelsang Gyatso
Kalsang Gyatso
8. Jamphel Gyatso 8thDalaiLama.jpg 1758–1804 1760 1762–1804 བྱམས་སྤེལ་རྒྱ་མཚོ་
byams spel rgya mtsho
Qambê Gyaco (強白嘉措) Jampel Gyatso
Jampal Gyatso
9. Lungtok Gyatso 9thDalaiLama.jpg 1806–1815 1807 1808–1815 ལུང་རྟོགས་རྒྱ་མཚོ་
lung rtogs rgya mtsho
Lungdog Gyaco (隆朵嘉措) Lungtog Gyatso
10. Tsultrim Gyatso 10thDalaiLama.jpg 1816–1837 1820 1822–1837 ཚུལ་ཁྲིམས་རྒྱ་མཚོ་
tshul khrim rgya mtsho
Cüchim Gyaco (楚臣嘉措) Tshültrim Gyatso
11. Khendrup Gyatso 1838–1856 1840 1844–1856 མཁས་གྲུབ་རྒྱ་མཚོ་
mkhas grub rgya mtsho
Kaichub Gyaco (凱珠嘉措) Kedrub Gyatso
12. Trinley Gyatso 1857–1875 1860 1875-1895 འཕྲིན་ལས་རྒྱ་མཚོ་
‘phrin las rgya mtsho
Chinlai Gyaco (成烈嘉措) Trinle Gyatso
13. Thubten Gyatso Thirteenth Dalai Lama Thubten Gyatso.jpg 1876–1933 1878 1885–1933 ཐུབ་བསྟན་རྒྱ་མཚོ་
thub bstan rgya mtsho
Tubdain Gyaco (土登嘉措) Thubtan Gyatso
Thupten Gyatso
14. Tenzin Gyatso Dalai Lama 1430 Luca Galuzzi 2007crop.jpg nascido em 1935 1937 desde 1950
(atualmente em exercício)
བསྟན་འཛིན་རྒྱ་མཚོ་
bstan ‘dzin rgya mtsho
Dainzin Gyaco (丹增嘉措) Tenzing Gyatso

Residências[editar | editar código-fonte]

Entre a era de Lobsang Gyatso e o exílio de Tenzin Gyatso, os dalai-lamas passavam o inverno no Palácio de Potala e, nos meses de verão, deslocavam-se para Norbulingka, ambos em Lhassa. Em 1959, durante a ocupação chinesa do Tibete, o 14º Dalai-lama foi levado para a Índia por motivos de segurança, graças aos esforços diplomáticos de Jawaharlal Nehru, então primeiro-ministro indiano. Desde então, o Dalai-lama tem residido em Dharamsala, no estado de Himachal Pradesh, onde Gyatso pôde estabelecer a Administração Central Tibetana.

Referências

  1. Infopédia: dalai-lama, dalai-lamas
  2. Dicionário Houaiss: dalai-lama
  3. a b O título de dalai-lama foi um nome póstumo para o primeiro e segundo dalai-lamas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Dalai Lama
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dalai-lama