Administração Central Tibetana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ekzilita tibeta parlamento.jpg

A Administração Central Tibetana (ACT), oficialmente a Administração Central Tibetana de Sua Santidade o Dalai Lama, é um governo em exílio[1] encabeçado por Tenzin Gyatso, o décimo-quarto Dalai Lama, que reclama ser o governo legítimo por direito do Tibete.[2] É comum ser chamado de Governo Tibetano no Exílio.

Referências

  1. "Chinese police search door-to-door in Lhasa", CNN.com/asia, CNN, 2008-03-16. Página visitada em 2008-03-17. “Dharmsala is home to the Tibetan exile government and the Dalai Lama.” (em inglês)
  2. Tibet is rightfully an independent state (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre política é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Administração Central Tibetana