Balúchis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Balúchis
بلوچ
Baloch people from North Afghanistan.jpg
Homens balúchis no norte do afeganistão (2021)
População total

c.10 milhões (2013)[1]

Regiões com população significativa
Paquistão 6,8 milhões (2017) [2]
Irã Irão 1,5 a 2 milhões (2013) [1]
Omã Omã 537 000 [3]
 Emirados Árabes Unidos 468 000 (2014) [4]
 Afeganistão 500 000 [5][6]
Flag of Turkmenistan.svg Turquemenistão 100 000 [7]
Línguas
Balúchi
Religiões
Star and Crescent.svg Islão sunita
Etnia
Irânicos

Os balúchis,[8] baluchis,[8] belúchis,[8] beluchis[8] ou baloches[8][9] (em persa: بلوچ ) são um grupo étnico irânico supostamente originário do que são hoje a Síria e partes da Turquia e da Ásia Central. São aparentados dos curdos e de populações localizadas no Daguestão e na Chechênia. Ao longo dos séculos, teriam migrado para o atual Baluchistão,[a] área dividida entre o Paquistão, o Irã e o sul do Afeganistão. Falam a língua balúchi, considerada um idioma iraniano do noroeste, o que faz com que alguns os vejam como um povo iraniano. São predominantemente muçulmanos sunitas, embora haja também xiitas e zikri (esta, uma denominação menor do Islã). Aproximadamente 70 por cento da população balúchi vivem no Paquistão, com outros 20 por cento residentes na região lindeira no sudeste do Irã. A população total é estimada em cerca de 4 800 000 pessoas.

Músicos balúchis (1906)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Forma em português registrada no Houaiss e no Aurélio, verbete "balúchi".

Referências

  1. a b «Iran Minorities 2: Ethnic Diversity». The Iran Primer. United States Institute of Peace. 3 de setembro de 2013 
  2. «Number of Balochi-speaking people in Balochistan falls». Dawn News. 11 de setembro de 2017 
  3. Project, Joshua. «Baloch, Southern in Oman». joshuaproject.net (em inglês). Consultado em 12 de dezembro de 2022 
  4. «United Arab Emirates: Languages». Ethnologue.com. Consultado em 24 de outubro de 2016 
  5. Karlos Zurutuza (17 de setembro de 2014). «Pakistani Baloch find home in Afghanistan». Al Jazeera 
  6. «Cultural Orientation Balochi» (PDF). Defense Language Institute Foreign Language Center. 2019. p. 111 
  7. KOKAISLOVÁ, Pavla, KOKAISL Petr. Ethnic Identity of The Baloch People. Central Asia and The Caucasus. Journal of Social and Political Studies. Volume 13, Issue 3, 2012, p. 45-55., ISSN 1404-6091
  8. a b c d e Paulo Correia; Direção-Geral da Tradução — Comissão Europeia (Outono de 2012). «Etnónimos, uma categoria gramatical à parte?» (PDF). Sítio Web da Direção-Geral de Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. a folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (N.º 40): 28. ISSN 1830-7809. Consultado em 13 de janeiro de 2013 
  9. Correia, Paulo (Primavera de 2019). «Duxambé, Chechénia e os estados Xã e Chim» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 59): 5-14. ISSN 1830-7809. Consultado em 8 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um(a) sociólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.