Dona Benta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dona Benta
Personagem fictícia de Monteiro Lobato
Dona Benta.jpg
Nicette Bruno como Dona Benta na fase de 2001.
Origem Brasil
Sexo Feminino
Características Idosa
Ocupação Leitura
Amigo(s) Pessoal do Sítio
Inimigo(s) Cuca
Pesadelo
Vários
Criado por Monteiro Lobato
Romance(s) Livros
Género(s) Feminino
Interpretado por Maria Rosa Moreira Ribeiro (1951)
Sidnéia Rossi (1952-1953)
Suzy Arruda (1954-1957)
Leonor Lambertini (1958-1963)
Iracema de Alencar (1973)
Zilka Sallaberry (1977-1986)
Nicette Bruno (2001-2004)
Suely Franco (2005-2006)
Bete Mendes (2007)
Gessy Fonseca (2012-2016)

Dona Benta Encerrabodes de Oliveira é uma personagem da obra de Monteiro Lobato.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

É uma mulher idosa que possui dois netos, Narizinho e Pedrinho. Dona do Sítio do Picapau Amarelo, ela se diverte muito com os conflitos das tramas. Muito sabia, sempre ensinando coisas novas aos netos e informando-os sobre a cultura do Brasil e do mundo. Solitária, mora apenas com sua amada Tia Nastácia, Tio Barnabé e sua neta Narizinho e os bichos do sítio, recebendo a visita de Pedrinho, que mora na cidade grande, sempre que este tira férias da escola. Viúva de um grande senhor do engenho, sua paixão são os livros. E ela adora ler para seus netos.

Interpretadas na televisão[editar | editar código-fonte]

Dona Benta na cultura brasileira[editar | editar código-fonte]

Dona Benta é uma das mais célebres personagens da literatura infantil brasileira. Seu nome inspirou livros de receita, marcas de farinha entre outros produtos.

Referências

  1. Personagens do Sítio Literatura Infantil.
  2. ZILKA SALABERRY NETSABER.
  3. Nicette Bruno Memória Globo.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.