Douglas A-1 Skyraider

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Douglas AD Skyraider
Caça
A-1J
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de ataque
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Douglas Aircraft Company
Período de produção 19451957
Quantidade produzida 3180
Desenvolvido em Douglas A2D Skyshark
Primeiro voo em 18 de março de 1945 (74 anos)
Introduzido em 1946
Aposentado em 1985

O Douglas A-1 Skyraider foi uma aeronave de ataque norte-americana que esteve de serviço dos anos 50 até ao final dos anos 80. O Skyraider cumpriu uma longa e próspera carreira, obtendo muito do respeito pelo facto de ser uma aeronave com motor a pistão numa era dominada pelos aviões a jato.

Foi operada pela Marinha dos Estados Unidos, Marines, Força Aérea dos Estados Unidos e, pelo mundo fora, prestou serviço na Marinha Real Britânica, na Força Aérea Francesa, na Força Aérea da República do Vietname, entre outros. Nos EUA, após 30 anos de serviço, começou a ser substituído pelo A-7 Corsair II.

Desenvolvimento

  • Ainda nem se havia terminado a segunda guerra mundial e a US Navy já procurava um substituto para os seus Curtis SB2C-4 Helldiver's, que nem eram tão apreciados pelos seus aviadores, mas que foi com aviões desse género que terminaram a guerra em 1945. A marinha queria uma aeronave torpedeira, com bom raio de ação e grande capacidade de carga. O protótipo SB2D voo pela primeira vez em 8 de abril de 1943, mas não impressionou ninguém, principalmente o seu futuro usuário, a marinha, mas depois de muito trabalho da equipe de engenheiros aeronáuticos que o projectaram, o agora "novo" BTD1 obteve os bons resultados esperados pelaDouglas.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.