Douglas XB-19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Douglas XB-19» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (junho de 2015)


Douglas XB-19
Um XB-19 sendo recarregado em uma base militar
Descrição
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Douglas Aircraft Company
Quantidade
produzida
1 unidade(s)
Primeiro voo 27 de junho de 1941 (74 anos)
Aposentado em Desmanchado em 1949
Missão Aeronave experimental - Bombardeiro pesado
Tripulação 18
Dimensões
Comprimento 40,2 m
Envergadura 64,6 m
Altura 13,0 m
Área (asas) 417 m²
Peso
Tara 39000 kg
Peso total 72000 kg
Peso bruto máximo 74400 kg
Propulsão
Motores 4 × Allison V-3420-11 V24
Potência (por motor) 2 600 hp (1 940 kW)
Performance
Velocidade máxima 426 km/h
Alcance bélico 6800 km
Alcance 12500 km
Tecto máximo 12000 m
Relação de subida 3,3 m/s
Armamento
Metralhadoras 5 x metralhadoras M2 Browning .50 de 12,7 mm (0,500 in)
6 x metralhadoras Browning M1919 .30 de 7,62 mm (0,300 in)
2 x canhões automáticos de 37 mm (1,46 in)
Mísseis/Bombas Bombas: Carga interna de 8 480 kg (18 700 lb)
Máximo de 16 800 kg (37 000 lb)
Notas
Dados de: National Museum of the Air Force[1]

O Douglas XB-19 foi o maior bombardeiro feito pela United States Army Air Corps até 1946. Originalmente era chamado de XBLR-2 (XBLR - denotação para Bombardeiro Experimental de Longo Alcance).

O projeto proposto para o voo de teste do XB-19 que ele teria as características de voo e técnicas similares de bombardeiros gigantes. A Douglas Aircraft Company foi forçada a cancelar a projeto pelo motivo de ser extremamente caro.

O avião finalmente fez o seu primeiro voo em 27 de junho de 1941, três anos após o previsto no contrato. Após completar o teste, o XB-19 serviu como cargueiro até ter o projeto abandonado em 1949.

Referências

  1. Museu Nacional da Força Aérea, especificações XB-19 (em inglês) - www.nationalmuseum.af.mil, visitada em 9 de junho de 2015
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.