Drible de Pelé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Desenho da jogada.

Drible de Pelé, ou Drible do Pelé, foi um histórico drible de corpo que Pelé aplicou no goleiro uruguaio Ladislao Mazurkiewicz na Copa do Mundo FIFA de 1970 e que é considerado uma das jogadas mais bonitas e mais lembradas de todas as Copas do Mundo.[1] A jogada em si é uma variante do Drible da vaca, mas neste caso, para se fazer o drible, o jogador não toca na bola.[2]

Este lance é o tema principal do livro "O Drible", do escritor Sérgio Rodrigues, que o descreve como "o drible mais espetacular e improvável da história."[3]

O Drible[editar | editar código-fonte]

Na semifinal da Copa de 1970, contra o Uruguai, Pelé recebeu um lançamento de Tostão e sem tocar na bola, passou pelo goleiro Mazurkiewicz, enganando-o apenas na corrida em direção ao gol. Ele deixou a bola passar por um lado do goleiro, pegou do outro lado e chutou cruzado. Como estava sem ângulo, a bola foi pra fora.[4]

Este lance foi explicado por um relatório técnico da FIFA como um "movimento audaciosamente executado, que necessita de imensa habilidade, tempo, julgamento e velocidade."[5] Este drible também é alvo de análise no livro "Scientific Soccer in the Seventies" do historiador de futebol Kenneth MacDonald.[6]

Na Mídia[editar | editar código-fonte]

  • Em 2005, uma campanha publicitária da Volkswagen, para o carro Gol G4, usou a imagem deste lance. A propaganda se apropria das imagens do lance, e a usa até Pelé chutar a bola. A trajetória da bola é então “corrigida” e a bola entra no gol. Quando Pelé comemora o gol, o locutor fala: “Vem aí o Gol Geração 4. O Gol que todo mundo sempre quis ver.”[7]
  • Em 2013, o livro "O Drible" tem como tema principal este lance.[3]

Outros lances parecidos[editar | editar código-fonte]

  • Em 1979, na partida Flamengo 7 x 1 ADN, válida pela Taça Guanabara daquele ano, Zico usou deste artificio para driblar o folclórico arqueiro Passarinho. Diferentemente de Pelé, porém, Zico acabou marcando o gol.[8]
  • Em 2013, Neymar, então no Barcelona, usou deste mesmo artificio para driblar o goleiro Kiko Casilla, do Espanyol. Porém, após ser driblado, o goleiro fez uma falta no atacante, que não conseguiu dar prosseguimento à jogada.[10][11]
  • Também em 2013, o jogador mexicano Richard Ruiz, do Tijuana, em jogo contra o Atlante, pelo Campeonato Mexicano, marcou um dos gols da partida após fazer uma jogada semelhante a de Pelé.[12]
  • Em abril de 2014, o jogador turco Sami Allagui, do Hertha Berlim, aplicou o drible em um zagueiro do Hoffenheim, o que lhe proporcionou ficar cara a cara com o goleiro, e assim marcar o gol de empate.[13]
  • Em outubro de 2016, o jogador Lucas Moura, do PSG, aplicou este drible num zagueiro do Bordeaux.[14]

Referências

  1. zerohora.clicrbs.com.br/ Morre Mazurkiewicz, goleiro uruguaio que recebeu drible de corpo de Pelé
  2. nilodiasreporter.com/ Como surgiu o “drible da vaca"
  3. a b veja.abril.com.br/ Em ‘O Drible’, futebol é tema e personagem. Um golaço
  4. esporte.uol.com.br/ Famoso por lances com Pelé na Copa de 1970, ex-goleiro Mazurkiewicz morre no Uruguai
  5. World Championship - Jules Rimet Cup 1970 Final Competition. FÉDÉRATION INTERNATIONALE DE FOOTBALL ASSOCIATION, FIFA Technical Study Group, London: (FIFA) 1970), p. 24.
  6. Roger Kenneth Macdonald, Scientific Soccer of the Seventies, Pelham: 1971, pp. 8-47
  7. ccsp.com.br/ Campanha: Almap cria para novo Gol. Confira a proposta
  8. veja.abril.com.br/ FUTEBOL: Leitor atento relembra que Zico marcou outro dos gols que Pelé não fez; confiram mais esta pintura do eterno camisa 10 da Gávea
  9. tomwfootball.com/ Better than Pelé: Jesper Blomqvist
  10. esporte.uol.com.br/ "Tentou me enganar", diz goleiro após levar "drible de Pelé" de Neymar
  11. uolesporte.blogosfera.uol.com.br/ Neymar imita drible de Pelé na Copa durante vitória do Barça
  12. trivela.uol.com.br/ Jogador do Tijuana faz o gol que Pelé não conseguiu fazer
  13. espn.uol.com.br/ Com drible de Pelé, tunisiano é destaque dos golaços internacionais do final de semana
  14. torcedores.com/ LUCAS MOURA APLICA “DRIBLE DE PELÉ” E DEIXA ADVERSÁRIO NA SAUDADE; ASSISTA

Links Externos[editar | editar código-fonte]

  • espn.com.br/ Em entrevista de 2008, Mazurkiewicz relembra drible histórico de Pelé e conta que queria ser meio-campista