Trivela (futebol)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Trivela é um tipo de passe/remate aplicado no futebol. É uma técnica de passe/remate relativamente recente e ainda pouco utilizada pela generalidade dos futebolistas, pois exige uma particularmente elevada capacidade técnica. Executado com a parte exterior do , é de difícil execução, mas também de grande espectacularidade e imprevisibilidade. Permite ainda imprimir à bola um efeito que a faz descrever um arco oposto ao que é habitualmente executado quando é impulsionada com a parte interior do pé.

É particularmente útil para futebolistas que apresentem uma diferença técnica significativa entre os dois pés. Podem, deste modo, com o pé mais forte suprimir as dificuldades que têm no controlo da bola e remate/passe com o pé mais fraco.

O jogaro sérvio Ljubinko Drulović (já aposentado) foi possivelmente um dos precursores desta técnica. Actualmente, o português Ricardo Quaresma é o jogador que executa com maior frequência e qualidade este gesto técnico.

Outro futebolista que executava com perfeição a trivela foi o brasileiro Roberto Rivellino, que a apelidou carinhosamente de "três dedos", por utilizar os referidos dedos da parte de fora do pé para a execução da trivela.

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.