Editatona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela documentação das maratonas de edição ou se deseja inscrever-se em uma, veja Wikipédia:Edit-a-thon.
Uma editatona em São Paulo, Brasil

Editatona ou maratona de edição[1][2][3] (em inglês: editathon, edit-a-thon) é um evento em comunidades virtuais de projetos como Wikipédia e OpenStreetMap, durante o qual editores se reúnem para editar e melhorar um tema ou tipo específico de conteúdo, geralmente incluindo um treinamento em edição básica para novos editores. A palavra é uma combinação das palavras "editar" (edit) e "maratona" (marathon).

As editatonas da Wikipédia ocorrem em sedes de capítulos locais do projeto ou em instituições culturais como museus ou bibliotecas, e já incluíram temas como patrimônio cultural, coleções de museus, história, arte, feminismo, entre outros.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Editatona

Referências

  1. «Editatona Wikipédia #marçomulher». Raul Hacker Club. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  2. Redação (24 de agosto de 2016). «USP recebe maratona de edição sobre verbetes relacionados a Neurociência e Matemática». Jornal da USP. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  3. de Lima, Juliana Domingos (21 de setembro de 2017). «A ação de indianas para enriquecer perfis de mulheres na Wikipédia». Nexo Jornal. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  4. Smith, Michelle R. (16 de outubro de 2013). Huffington Post, ed. «'Edit-A-Thon' Aims To Fix Gender Inequality On Wikipedia» (em inglês). Consultado em 22 de agosto de 2014.