Esta é uma lista boa. Clique aqui para mais informações.

Eisner Award para Best New Series

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eisner Award para Best New Series
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 1988
Última cerimónia 2017
Detentor Black Hammer, por Jeff Lemire e Dean Ormston
Sítio oficial

O Eisner Award para Best New Series (em português, Melhor Nova Série[1] ou Melhor Série Estreante[2]) é uma das categorias do Will Eisner Comic Industry Award, popularmente conhecido como Eisner Awards.[3] A cerimônia ocorreu pela primeira vez em 1988 e desde então é realizada durante a convenção "San Diego Comic-Con", que ocorre anualmente em San Diego, Califórnia. A categoria é uma das dez presentes na premiação desde a sua primeira edição, embora não tenha sido apresentada nas edições do prêmio realizadas entre 1991 e 1994, nem em 2012.

O primeiro prêmio foi atribuído em 1988 à série Concrete, do escritor americano Paul Chadwick. A atual detentora é a série Black Hammer, de Jeff Lemire e Dean Ormston, publicada pela editora Dark Horse Comics.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Entre 1985 e 1987, a editora Fantagraphics Books promoveu o Kirby Awards, uma premiação dedicada à indústria das histórias em quadrinhos e com os vencedores recebendo seus prêmios sempre com a presença do artista Jack Kirby. As edições do Kirby Awards eram organizadas por Dave Olbrich, um funcionário da editora. Em 1987, com a saída de Olbrich, a Fangraphics decidiu encerrar o Kirby Awards e instituiu o Harvey Awards, cujo nome é uma homenagem à Harvey Kurtzman. Olbrich, por sua vez, fundou no mesmo ano o "Will Eisner Comic Industry Award".[4][5]

Em 1988, a primeira edição do prêmio foi realizada, no mesmo modelo até hoje adotado: Um grupo de cinco membros reune-se, discute os trabalhos realizados no ano anterior, e decide as indicações para cada uma das categorias, que são então votadas por determinado número de profissionais e os ganhadores são anunciados durante a edição daquele ano da San Diego Comic-Con, uma convenção de quadrinhos realizada em San Diego, Califórnia. Por dois anos o próprio Olbrich organizou a premiação até que, ao ver-se incapaz de reunir os fundos necessários para realizar a edição de 1990 - que acabou não ocorrendo - ele decidiu transferir a responsabilidade para a própria Comic-Con, que desde 1990 emprega Jackie Estrada para organizá-lo.[6][4][3] A premiação costumeiramente ocorre às quintas-feiras à noite, durante a convenção, sendo sucedida na sexta-feira pelos Inkpot Awards.[5]

Em 2012, a administração do prêmio decidiu não incluir a categoria por não terem sido os juízes capazes de identificar obras que alcançassem o "nível de qualidade" exigido dentre aquelas indicadas pelas editoras para aquele ano, e mesmo com os juízes podendo indicar outras séries, a organização preferiu não realizar indicações nem premiações para a categoria.[7]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

O americano Paul Chadwick é o autor de Concrete, primeira obra vencedora da categoria, em 1988.
A série Astro City, vencedora em 1996, foi criada pelo roteirista Kurt Busiek (na imagem) e pelos ilustradores Alex Ross e Brent Anderson.
James Robinson, roteirista de Leave It to Chance, série vencedora em 1997.
Alan Moore teve duas séries de sua autoria indicadas para a categoria em 2000, Top Ten e Promethea, ficando a primeira com o prêmio.
Bill Willingham, criador da série Fables, vencedora em 2003.
Como roteirista, Brian K. Vaughan acumula cinco obras que receberam indicações à categoria: Y: The Last Man em 2003, Ex Machina em 2005, Buffy the Vampire Slayer, Season 8 em 2008, Saga em 2013, e Paper Girls em 2016. Destas, apenas a indicação de 2003 não resultou em vitória.
O diretor e produtor Joss Whedon atuou como roteirista na série Buffy the Vampire Slayer, Season 8, vencedora da categoria em 2008.
Embora apenas a indicação de Criminal em 2007 tenha resultado em vitória, Brubaker supera Brian K. Vaughan, sendo o autor do maior número de obras indicadas à categoria, com seis: além de Criminal, Gotham Central (indicada em 2003), Sleeper (2004), Immortal Iron Fist (2008), Fatale (2013) e The Fade Out (2015).
Matt Fraction é, após Brian K. Vaughan, o roteirista com o maior número de obras vencedoras da categoria, com Invincible Iron Man e Sex Criminals em 2009 e 2014, respectivamente. Além destas, outras duas obras suas foram indicadas à categoria, sem vitória: Immortal Iron Fist em 2008 e Hawkeye em 2013.
Chip Zdarsky, cocriador ao lado de Matt Fraction e ilustrador da série Sex Criminals, vencedora da categoria em 2014.
Ano Série Autor (es) Editora Indicados Nota
1988 Concrete Paul Chadwick Dark Horse Comics [8]
1989 Kings In Disguise James Vance
Dan Burr
Kitchen Sink [9]
1995 Too Much Coffee Man Shannon Wheeler Adhesive [10]
1996 Kurt Busiek's Astro City Kurt Busiek
Brent Anderson
Image Comics [11]
1997 Leave It to Chance James Robinson
Paul Smith
Homage [12]
1998 Castle Waiting Linda Medley Olio
  • Lost Stories, por John Riley, Garrett Berner e Dave Sharpe (Creative Frontiers)
  • Soulwind, por C. Scott Morse (Image)
  • Squee!, por Johnen Vasquez (Slave Labor)
  • A Touch of Silver, por Jim Valentino (Image)
[13]
1999 Inhumans Paul Jenkins
Jae Lee
Marvel [14]
2000 Top Ten Alan Moore
Gene Ha
Zander Cannon
DC/America's Best Comics [15]
2001 Powers Brian Michael Bendis
Michael Avon Oeming
Image [16]
2002 Queen & Country Greg Rucka
Steve Rolston
Oni Press [17]
2003 Fables Bill Willingham
Lan Medina
Mark Buckingham
Steve Leialoha
DC/Vertigo [18][19]
2004 Plastic Man Kyle Baker DC [20][21]
2005 Ex Machina Brian K. Vaughan,
Tony Harris
Tom Feister
DC/WildStorm [22][23]
2006 All Star Superman Grant Morrison
Frank Quitely
DC [24]
2007 Criminal Ed Brubaker
Sean Phillips
Marvel/Icon [25]
2008 Buffy the Vampire Slayer, Season 8 Joss Whedon
Brian K. Vaughan
Georges Jeanty
Andy Owens
Dark Horse [26]
2009 Invincible Iron Man Matt Fraction
Salvador Larocca
Marvel [27]
2010 Chew John Layman
Rob Guillory
Image [28]
2011 American Vampire Scott Snyder
Stephen King
Rafael Albuquerque
DC/Vertigo [29]
2013 Saga Brian K. Vaughan
Fiona Staples
Image Comics [1]
2014 Sex Criminals Matt Fraction
Chip Zdarsky
Image Comics [2][30]
2015 Lumberjanes Shannon Watters, Grace Ellis, Noelle Stevenson e Brooke A. Allen BOOM! Box [31]
2016 Paper Girls Brian K. Vaughan
Cliff Chiang
Image [32]
2017 Black Hammer Jeff Lemire
Dean Ormston
Dark Horse [33]

Referências

  1. a b Érico Assis (20 de julho de 2013). «Eisner Awards 2013: Chris Ware e Saga são os grandes vencedores». Omelete. Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  2. a b Bruno Silva (26 de julho de 2014). «Eisner Awards 2014: Saga é a grande vencedora da premiação». Omelete. Consultado em 2 de janeiro de 2015 
  3. a b Aaron Albert. «The Will Eisner Comic Industry Awards Profile». About.com (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  4. a b Jackie Estrada. «"The Eisner Awards: A Brief History"». Comic-con.org (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 6 de março de 2011 
  5. a b «Eisner Awards History». Comic-Con Internacional (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  6. «The Will Eisner Comic Industry Awards». Comic-con.org (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 6 de março de 2011 
  7. Laura Hudson (5 de abril de 2012). «2012 Eisner Awards Drop 'Best New Series' for 'Level of Quality' in Eligible Submission». Comics Alliance (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  8. «1988 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  9. «1989 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  10. «1995 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  11. «1996 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  12. «1997 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  13. «1998 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  14. «1999 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  15. «2000 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  16. «2001 Will Eisner Comic Industry Award Nominees». Comic Book Almanac (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2011 
  17. Jotapê Martins (5 de agosto de 2002). «Vencedores dos Prêmios Eisner edição 2002». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  18. Érico Borgo (19 de julho de 2003). «Eisner Awards 2003: Confira os vencedores». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  19. Rodrigo Monteiro (16 de abril de 2003). «Indicados ao Eisner 2003». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  20. Jotapê Martins (27 de julho de 2004). «Eisner Awards 2004 - Os vencedores». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  21. Érico Assis (25 de abril de 2004). «Lá fora Especial: Os indicados aos Eisner Awards 2004». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  22. Érico Borgo (20 de julho de 2005). «Os vencedores do Eisner Awards 2005». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  23. Rodrigo Monteiro (19 de abril de 2005). «Conheça os indicados ao Eisner Awards 2005». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  24. Érico Assis (24 de julho de 2006). «San Diego Comic-Con 2006: Conheça os vencedores do Eisner Awards». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  25. Érico Assis (8 de agosto de 2007). «Eisner Awards 2007 anuncia os seus vencedores». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  26. Érico Assis (26 de julho de 2008). «Eisner Awards 2008». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  27. Érico Assis (25 de julho de 2009). «Conheça os vencedores do Eisner Awards 2009». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  28. Érico Assis (24 de julho de 2010). «Conheça os vencedores do Eisner Awards 2010». Omelete. Consultado em 22 de outubro de 2011 
  29. Érico Assis (23 de julho de 2011). «Eisner Awards 2011: Os vencedores». Omelete. Consultado em 11 de outubro de 2011 
  30. Kevin Melrose (26 de julho de 2014). «2014 Eisner Award winners announced». Comic Book Resources (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  31. Andrew Wheeler (11 de julho de 2015). «2015 Eisner Award Winners: Was This The Best Ever Year for the Eisners? (Hint: We Won An Award)». Omelete (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2016 
  32. Marcelo Forlani (23 de julho de 2016). «Eisner Awards 2016: Veja a lista dos ganhadores do principal prêmio de HQs dos EUA». Omelete. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  33. Fábio de Souza Gomes (2 de maio de 2017). «Eisner Awards: Brasileiro está entre os indicados ao principal prêmio dos quadrinhos». Omelete. Consultado em 5 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]