Joaquín Guzmán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de El Chapo)
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde março de 2016). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Joaquín Guzmán Loera
Nome Joaquín Guzmán Loera
Data de Nascimento 25 de dezembro de 1954 (61 anos)
ou 4 de abril de 1957 (59 anos)
Local de Nascimento Culiacán, Sinaloa, México
Nacionalidade México mexicano
Ocupação Líder da organização criminosa conhecida como "El Cartel de Sinaloa"
Situação capturado

Joaquín Archivaldo Guzmán Loera, alias "El Chapo" (Culiacán, 25 de Dezembro 1954 ou 4 de Abril de 1957) é um narcotraficante mexicano ligado à "Alianza de Sangre", também conhecida como Cartel de Sinaloa. É considerado pelas autoridades como um dos mais poderosos traficantes de drogas do mundo e era um dos barões da droga mais procurados no México e nos Estados Unidos. Guzmán conseguiu escapar em 2001 e 2015 das prisões mexicanas. Em 8 de janeiro de 2016 ele foi preso novamente após seis meses da sua segunda fuga por investigadores mexicanos e desde então tem sido mantido sob custódia.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Desde a década de 1980, Guzman Loera se envolve no tráfico de drogas, através da parceria com Miguel Ángel Félix Gallardo, conhecido como "O Poderoso Chefão", que era então o maior produtor de cocaína no México. Após uma série de prisões e divisões internas, "El Chapo" decide romper com a organização de Felix Gallardo e se mudou para Culiacan, onde fundou seu cartel.

Em 1993, foi preso na ponte internacional de Talisman, na Guatemala, e extraditado para o México, onde foi admitido para o prisão de Almoloya. Dois anos mais tarde, em 1995, ele foi transferido para a prisão de segurança máxima de Puente Grande, Jalisco, onde ele escapou em 19 de janeiro de 2001. O governo mexicano ofereceu uma recompensa por sua captura de 30 milhões de pesos, enquanto o governo dos Estados Unidos, sete milhões de dólares. Em setembro de 2001, os americanos pediram a sua extradição, mas isso não foi possível.

Em 22 de Fevereiro de 2014, "El Chapo" Guzmán foi detido por elementos da Marinha do México em Mazatlan, Sinaloa. Naquele momento encontrava-se evadido da prisão de alta segurança do estado de Jalisco, desde 2001. Em 2013 chegou a ser dado como morto.[2] Em julho de 2015, Guzmán fugiu do presídio de segurança máxima onde cumpria pena. Segundo autoridades, ele escapou através de um túnel cavado em baixo de um dos chuveiros da prisão, com extensão de mais de 1,5km. Há fortes suspeitas de que carcereiros e agentes penitenciários facilitaram a fuga. Esta foi a segunda vez que "El Chapo" conseguiu fugir de uma prisão no México. Uma caçada humana, com milhares de policiais e militares, foi iniciada para recaptura-lo.[3] Então, a 8 de janeiro de 2016, ele foi novamente capturado por forças de segurança mexicanas.[4]

Segundo uma edição da revista Forbes de 2009, ele ocupava a posição 701° dos homens mais ricos do mundo, com uma fortuna de mais de um bilhão de dólares.[5] Com um enorme império criminoso, Gúzman faturava alto negociando drogas e armas, exportando entorpecentes principalmente para os Estados Unidos. Seu cartel também era acusado de inúmeros assassinatos, extorsões, sequestros e outros crimes. Ele chegou a ser chamado de "O maior Senhor da Droga do mundo".[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chapo, o preso mais vigiado do mundo, brasil.elpais.com, 20 de janeiro 2016
  2. «Capturado o maior traficante do mundo». Consultado em 1 de março de 2014. 
  3. "Traficante Joaquín 'El Chapo' Guzmán foge pela 2ª vez no México". Página acessada em 13 de julho de 2015.
  4. "El Chapo: Mexican President Tweets Notorious Drug Kingpin Captured". Página acessada em 8 de janeiro de 2016.
  5. Lista dos homens mais ricos do mundo
  6. «Major Mexican drug lord captured». CNN News [S.l.: s.n.] 19 de setembro de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre criminosos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.