Epístrofe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Epístrofe é uma figura de linguagem que consiste na repetição da mesma palavra ou expressões no final de cada oração ou verso.

"Parece que eles vieram ao mundo para ser ladrões: nascem de pais ladrões, criam-se em meio a ladrões, morrem como ladrões." (Heitor Pinto)

"Os animais não são criaturas? As árvores não são criaturas? As pedras não são criaturas?" (Vieira)

"Não sou nada / Nunca serei nada / Não posso querer ser nada" (Álvaro de Campos)


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.