Parequema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo.
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Parequema é nome duma repetição de um som ou de uma sílaba do final duma palavra e do começo de outra. O parequema pode criar cacófatos. Parequemas viciosos chamam-se colisões.

Exemplos de parequemas[editar | editar código-fonte]

  • 31 de dezembro
  • Adolescente teimoso
  • Ano-Novo
  • Cone negro[1]
  • Corpo poroso
  • Crepúsculo longo
  • É bom que seja já
  • Erótica cacofonia
  • Essa é uma faca cara
  • Fosso social
  • Gado doente
  • Gafe feminina
  • Garota taluda
  • Grife feminina
  • Guilherme Melanino Nogueira
  • Gustava Valeriana Nascimento
  • Imaculada dama
  • Impasse sensual
  • Importante tempo
  • Infame menina
  • Melanina Nascimento Torquato
  • Menino nostálgico
  • O sapo fez o ataque que queria
  • Pato tonto[2]
  • Pouco coco[3]
  • Regra gramatical
  • Roupa parda
  • Saco colorido
  • Samba baiano
  • Sintagma masculino
  • Tabu burocrático

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.