Estádio Monumental "U"

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Monumental
Coloso de Ate
Estadio Monumental Vista Interna.jpg
Vista aérea
Nomes
Nome Estadio Monumental del Club Universitario de Deportes
Apelido Coloso de Ate
Características
Local Ate, Lima, Peru
Gramado (115 x 77 m)
Capacidade 80 093(futebol)
Construção
Data 1991 a 2000
Custo $ 42 000 000
Inauguração
Data 2 de julho de 2000 (22 anos)
Proprietário Universitario de Deportes.[1][2]
Arquiteto Walter Lavalleja
Mandante Universitario de Deportes

O Estadio Monumental "U" é o estádio principal do clube Universitario de Deportes de Lima, Peru. Foi projetado pelo arquiteto uruguaio Walter Lavalleja.[3][4][5]

Construído de acordo com o manual de especificações de engenharia da FIFA, tem capacidade total para 80.093 espectadores (58.577 espectadores em suas quatro arquibancadas e mais 21.516 pessoas nos quatro prédios que a circundam).[6][7][8]

Foi inaugurado em 2 de julho de 2000, com a vitória de 2 a 0 do Universitario de Deportes sobre o Sporting Cristal.[9][10][11] Também é utilizado pela Seleção Peruana de Futebol e é o maior estádio da América do Sul.[12]

Não foi utilizado na Copa América de 2004 devido a desentendimentos entre o ex-presidente do clube — Alfredo Gonzalez — e os organizadores.[13][14][15]

No dia 5 de novembro de 2019, foi escolhido para substituir o Estádio Nacional do Chile, para sediar a primeira final em jogo único da Libertadores da América, entre Flamengo e River Plate, que foi realizado no dia 23 de novembro.[16]

Outros eventos[editar | editar código-fonte]

Eventos de destaque realizados estádio Monumental:

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

interior do estádio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Peru.com, ed. (2002). «Gremco aclara que Universitario es propietario exclusivo del Monumental». Consultado em 19 de março de 2011 
  2. Peru.com, ed. (2007). «Por fin el Monumental es de Universitario» (em espanhol). Consultado em 17 de abril de 2008 
  3. «EL PAIS Digital • Lo Mejor de 2000». historico.elpais.com.uy. Consultado em 23 de maio de 2022 
  4. «https://twitter.com/manytops/status/951664519285297153». Twitter (em espanhol). Consultado em 23 de maio de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  5. «Las diez curiosidades del Monumental de Lima, estadio de final de la Libertadores». espn.com.pe (em espanhol). 20 de novembro de 2019. Consultado em 23 de maio de 2022 
  6. «Football stadiums of the world - Stadiums in Peru». web.archive.org. 16 de janeiro de 2013. Consultado em 23 de maio de 2022 
  7. «https://twitter.com/rodrigoballena/status/1507114617956454401». Twitter. Consultado em 23 de maio de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  8. «El Estadio Monumental - Deporte». Lucidez.pe (em espanhol). 2 de julho de 2015. Consultado em 23 de maio de 2022 
  9. GrupoRPP (2 de julho de 2020). «Universitario de Deportes: Estadio Monumental cumple 20 años desde su inauguración». RPP (em espanhol). Consultado em 2 de junho de 2022 
  10. Depor. «Los 20 años del Estadio Monumental de Ate». Depor (em espanhol). Consultado em 2 de junho de 2022 
  11. «20° aniversario del Estadio Monumental». Universitario de Deportes (em espanhol). Consultado em 2 de junho de 2022 
  12. «Confira quais são os maiores estádios da Libertadores; Maracanã não é primeiro.». IG. 7 de março de 2017. Consultado em 5 de novembro de 2019 
  13. PERÚ, NOTICIAS EL COMERCIO (4 de maio de 2020). «Fútbol peruano | ¿Por qué el Monumental no fue uno de los escenario de la Copa América 2004? La bronca entre Universitario y Cienciano | DEPORTE-TOTAL». El Comercio Perú (em espanhol). Consultado em 2 de junho de 2022 
  14. DEPOR, NOTICIAS (5 de agosto de 2017). «Fue a la inversa: el día que la Selección Peruana dejó el estadio Monumental por el Nacional por una pelea | FUTBOL-PERUANO». Depor (em espanhol). Consultado em 2 de junho de 2022 
  15. «Monumental de Lima, sin Copa América». El Universo (em espanhol). 26 de maio de 2004. Consultado em 2 de junho de 2022 
  16. Fernandez, Martín (5 de novembro de 2019). «Conmebol, Flamengo e River Plate decidem: Final da Libertadores sai de Santiago e será em Lima no dia 23 de novembro.». Globoesporte.com. Consultado em 5 de novembro de 2019 

Precedido por
Copa Libertadores da América
Final

2019
Sucedido por
Estádio Maracanã
Rio de Janeiro