Fernanda Borsatti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Editado pela última vez em 17 de setembro de 2017.

Fernanda Borsatti
Fernanda Borsatti homenageada na gala "RTP 50 Anos", em 2007, no Coliseu dos Recreios
Nascimento 1 de setembro de 1931
Évora, Portugal
Nacionalidade portuguesa
Morte 14 de setembro de 2017 (86 anos)
Lisboa, Portugal
Ocupação Atriz
Atividade 1948-2008
IMDb: (inglês)

Fernanda Borsatti da Fonseca (Évora, 1 de setembro de 1931Lisboa, 14 de setembro de 2017) foi uma actriz portuguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fernanda Borsatti nasceu em 1 de setembro de 1931 em Évora.[1]

Atriz versátil, interpretou vários géneros teatrais - revista, comédia, peças dramáticas.

Um dos seus primeiros registos no teatro surge em 1948, num "Espectáculo essencialista" apresentado no Teatro-Estúdio do Salitre, em Lisboa.[2]

Na sua carreira no teatro integrou mais de 75 espectáculos e passou por mais de dez companhias de teatro, entre as quais do Teatro Maria Vitória, a Companhia Laura Alves, Companhia Raúl Solnado, Teatro Maria Matos, ou a Casa da Comédia,[3][4] destacando-se a Empresa Vasco Morgado (10 espectáculos entre 1954 e 1965), Companhia de Teatro da RTP - Radiotelevisão Portuguesa (6 espectáculos entre 1974 e 1975) e como parte do elenco do Teatro Nacional D. Maria II com 15 espectáculos entre 1978 e 1999.[3]

Em forma de homenagem, uma placa com o nome de Fernanda Borsatti encontra-se afixada no Salão Nobre do Teatro Nacional D. Maria II, junto com nomes como Maria do Céu Guerra, Glória de Matos, Glicínia Quartin ou Raquel Maria.[5]

Casou em 1950 com o actor Armando Cortez, de quem se divorciou em 1958 e de quem foi primeira mulher. Tiveram um filho em 1953, José Eduardo da Fonseca Cortez e Almeida, médico.

A sua experiência cinematográfica cimentou-se igualmente ao longo das décadas. Trabalhou com realizadores como Henrique Campos e José Fonseca e Costa.

Em televisão trabalhou em diversas séries, sitcoms, peças de teleteatro ou telenovelas.

Em 2007, recebeu da Câmara Municipal de Lisboa a Medalha de Mérito Municipal, no seu Grau Ouro,[1] no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Teatro (27 de Março), a par de Ruy de Carvalho, e Francisco Igrejas Caeiro e, a título póstumo, Artur Ramos.[6]

Fernanda Borsatti morreu na manhã de 14 de Setembro de 2017, no Hospital da CUF, em Lisboa, vítima de doença prolongada.[1]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Projeto Personagem Canal Notas
1957 Falar Verdade a Mentir RTP Teleteatro
1958 Enquanto os Dias Passam Série
A Solteira Rebelde Teleteatro
Os Anjos Não Dormem
1959 Atrás da Porta
Palavras Cruzadas
A Aposta
O Grande Teatro do Mundo
O Tambor e o Guizo
A Chave do Mistério Empregada
Assunto Arrumado Rita
História de Uma Mulher
O Cúmulo da Embirração
1960 Um Ódio Chamado Saudade
À Porta da Rua Marta
Chapéus Modelos
Uma Mulher Sem Importância
Amor em Três Tempos
1961 Querida Sara Série
A Renúncia Teleteatro
O Cavalo de Tróia
Dinis e Isabel
Zaragatas
Mexericos dos Irmãos Quintério Conceição
1962 As Aventuras de Eva Série
O Anjo da Guarda
O Vizinho do Segundo Andar
Linhas Trocadas
O Homem Que Casou com uma Mulher Surda
A Arte Difícil da Burocracia
Canas e Caniços
A Dama das Camélias Prudência
1963 O Jogo das Escondidas
Doutor, Precisam de Si!
O Outro Lado do Rio
1964 A TV Através dos Tempos
1968 A Sapateira Prodigiosa
1969 O Juiz da Beira Ana Dias
1975 Schweik na Segunda Guerra Mundial Katy
1979 Isto Agora É Outra Loiça
1981 Eu Show Nico Várias Personagens RTP
1982 Gente Fina é Outra Coisa Henriqueta da Piedade da Silva Costa Gomes
1985 Badarosíssimo Várias Personagens
1986 Resposta a Matilde Peça de Teatro em Televisão
1987 Cacau da Ribeira Lucília
1988 Lá em Casa Tudo Bem Floripes
A Mala de Cartão
1992 Passa por Mim no Rossio Várias Personagens Peça de Teatro em Televisão
1994 Na Paz dos Anjos Condessa D. Olímpia de Alencastre
1999 Residencial Tejo Perpétua SIC
2002 Amanhecer Idalina Pombo TVI
2004 Inspector Max Irene Marques pequena participação
2007 Doce Fugitiva pequena participação
O Último Tesouro RTP pequena participação
2008 A Vida Privada de Salazar Rainha D. Maria Amélia Orleans e Bragança SIC

Teatro[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.
Ano Peça Teatro Notas
1948 7.º Espectáculo essencialista Teatro-Estúdio do Salitre [2][3]
1954 O Tio Valente Teatro Avenida com: Raul Solnado, Artur Semedo
1956 Abril em Portugal Teatro Monumental com: Raul Solnado, Canto e Castro, Armando Cortez...
1963 O Milagre de Ana Sullivan Teatro Avenida com: Eunice Muñoz, Guida Maria...
1964 Ai Venham Vê-las Teatro ABC com: Ivone Silva, Hermínia Silva...
1967 Assassinos Associados Teatro Villaret com: Raul Solnado, Armando Cortez, Nicolau Breyner...
Os Fusíveis com: Raul Solnado, Henriqueta Maia...
1968 Oh, Que Delícia de Coisa com: Henriqueta Maia, Carlos Queiroz...
A Preguiça com: Alina Vaz, Mário Jacques...
1969 O Vison Voador Teatro Villaret/Teatro Laura Alves com: Raul Solnado, Io Apolloni... um grande êxito
1975 Schweik na Segunda Guerra Mundial Teatro Maria Matos com: Ruy de Carvalho, Raul Solnado, Adelaide João...
1977-1978 Ó da Guarda Teatro ABC com: Herman José, Natália de Sousa...
1978 Auto da Geração Humana Teatro Nacional D. Maria II
As Alegres Comadres de Windsor
1979 A Bisbilhoteira com: Ruy de Carvalho, Lourdes Lima...
1979-1980 O Traído Imaginário
1981 Rómulo
O Judeu
1982 Pedro, o Cru
1983 Auto de Santo António
1984 Fígados de Tigre
1987 Guerras de Alecrim e Manjerona
Romance de Lobos
1988 Pequeno Rebanho Não Desesperes Casa da Comédia
O Bicho Teatro Nacional D. Maria II
O Tempo Feminino
O Fidalgo Aprendiz com: Ruy de Carvalho, Paula Mora...
1989 As Sabichonas
1991-1992 Passa por mim no Rossio peça de teatro emitida em televisão
1993 O Leque de Windermere
1994 As Fúrias
1996 O Crime da Aldeia Velha
1997 Boomerang
1998 O Cerco de Leninegrado Companhia de Teatro de Almada
1999 O Poder de Górgone Teatro Nacional D. Maria II personagem, Katina
2000 Conversas Secretas personagem, Ruth Steiner
2002 Não Digas Nada
2003 Caixa de Sombras Teatro São Luiz
2005 A Minha Tia e Eu Teatro Politeama com José Pedro Vasconcelos

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Notas
1957 Perdeu-se um Marido [7][8]
1958 Sangue Toureiro [7][8]
1962 Os Transportes (Curta) [8]
1964 Pão, Amor e... Totobola [7][8]
1966 Gil Vicente e o Seu Teatro (Curta) [7]
1966 Degueyo [7]
1966 Domingo à Tarde [7][8]
1969 O Ladrão de Quem se Fala [7][8]
1969 O Diabo Era Outro [7][8]
1975 Espião Nacionalizado Nosso (TV) [8]
1982 A Vida É Bela?! [7][8]
1986 Resposta a Matilde [7]
1987 O Querido Lilás [7][8]
1988 A Mulher do Próximo [7][8]
1990 Dédé [7]
1992 Viuvez Secreta (Curta) [7][8]
2001 Henrique (Curta) [7][8]
2008 A Corte do Norte [7][8]

Referências

  1. a b c Agência Lusa (14 de setembro de 2017). «Óbito - Morreu a atriz Fernanda Borsatti». Diário de Notícias. Consultado em 14 de Setembro de 2017 
  2. a b «Ficha de Espectáculo : "7º Espectáculo essencialista (Inês, ou O túmulo imperfeito + Fábula do ovo + Isolda + A menina e a maçã)"». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 1 de Março de 2013. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  3. a b c «Ficha de Pessoa : "Fernanda Borsatti"». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 1 de Setembro de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  4. «Ficha de Pessoa : "Fernanda Borsati"». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 1 de Setembro de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  5. «Dia da Mulher: Graça Lobo homenageada». Correio da Manhã. 7 de março de 2015. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  6. «Câmara atribui Medalha de Mérito a quatro grandes actores no Dia Mundial do Teatro». Câmara Municipal de Lisboa. 28 de março de 2007. Arquivado do original em 5 de maio de 2007 
  7. a b c d e f g h i j k l m n o p Fernanda Borsatti (em inglês) no Internet Movie Database. Consultado em 15 de setembro de 2017
  8. a b c d e f g h i j k l m n «Fernanda Borsatti». Indica "1965" para data de Domingo à Tarde. CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior). Consultado em 15 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.