Amanhecer (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amanhecer
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 60 minutos
Criador(es) Tozé Martinho
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Hugo de Sousa e Jorge Cardoso
Produtor(es) NBP
Elenco Fernanda Serrano
Joaquim Horta
Bárbara Norton de Matos
João Reis
Morais e Castro
Maria José Paschoal
Estrela Novais
Gracinda Nave
Sinde Filipe
Sara Barradas
Tema de abertura Meu Amanhecer (Que Me Dá Vida) - Lara Afonso
Exibição
Emissora de televisão original Portugal TVI
Transmissão original 3 de Novembro de 2002 a 7 de Agosto de 2003
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 150
Cronologia
Sonhos Traídos
O Teu Olhar

Amanhecer foi uma telenovela portuguesa, produzida e exibida pela TVI entre 3 de novembro de 2002 e 7 de agosto de 2003 em 150 episódios substituindo Sonhos Traídos e sendo substituída por O Teu Olhar. Da autoria de Tozé Martinho tem direção de Hugo de Sousa e Jorge Cardoso. Abordou temas como a prostituição, a riqueza, a ignorância, a doença, o aborto, o amor puro, a maternidade, e a esperança. Exibida em 2002, com um grande sucesso de audiências, atingindo no último episódio uma média superior a 50% de share.

Contou com Fernanda Serrano, João Reis, Joaquim Horta, Gracinda Nave, Bárbara Norton de Matos, Morais e Castro, Maria José Paschoal,Sinde Filipe, Tozé Martinho e Rita Salema nos papeis principais da trama.

Foi reposta nas madrugadas da TVI entre 6 de Janeiro de 2013 e 8 de Maio de 2013 substituindo Mistura Fina e sendo substitua por Deixa-me Amar.

Foi reposta pelo canal TVI Ficção entre 8 de Agosto de 2013 e 16 de Janeiro de 2014.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história de “Amanhecer” começa num hospital, com João Santos Semedo (Diogo Martins), que segura o seu irmão Pedro Santos (Manuel Custódia) ao colo... Está claramente nervoso e apreensivo. Finalmente, surge um médico que lhe diz que a mãe, Clara Santos (Gracinda Nave), terá que ficar no hospital. João fica sem palavras. O médico pergunta à criança pelo pai e, ao contrário do que seria esperado, João responde que só o viu duas vezes e que não sabe onde ele está mas que, certamente, a mãe terá o contacto.

É assim que em Mafra, o professor Luís Carlos Semedo (João Reis) recebe o telefonema de um hospital de Lisboa informando-o de que Clara vai ser operada de urgência e que o seu filho João não tem com quem ficar. Um pouco atormentado lá vai, ao encontro de uma grande surpresa... Clara recebe-o já na maca, no Serviço pré-operatório do Hospital. Ela pede-lhe que se ocupe do seu filho pois vai ser operada à cabeça e o pior pode acontecer... Luís Carlos compromete-se a encarregar-se de João, embora mal o conheça...

Já no corredor, Clara levanta um braço indicando que pretende ainda falar uma vez mais com o pai do seu filho. Luís Carlos vai ter com ela. Ela agarra-lhe a mão, pede-lhe que jure que se ocupará de facto do filho e nisto surpreende-o ao dizer-lhe: “Ele não é teu filho!...”

Luís Carlos fica atónito. Nessa noite vai falar com Anabela Gomes (Fernanda Serrano), uma amiga de Clara que é prostituta... Ao vê-la, Luís Carlos fica claramente perturbado com a sua beleza e logo aí se apaixona por ela!

No decorrer da conversa, pergunta-lhe quem é o pai de João e conta-lhe a revelação de Clara. Anabela fica bastante surpresa e diz que não sabe de nada pois Clara sempre lhe disse ser ele o pai de João. Já de saída, Luís Carlos pergunta a Anabela o que é que uma mulher tão bonita faz naquela vida, mas Anabela sai sem lhe responder.

No dia seguinte, no hospital, Luís Carlos é informado pelo médico que, depois da operação, Clara entrou em coma.

A indefinição do estado de saúde de Clara e a terrível revelação que esta lhe fizera levam Luís Carlos a partir para o Douro, sua terra natal e também a de Clara, em busca do verdadeiro pai de João... e também de algumas surpresas e alguns segredos!

Elenco[editar | editar código-fonte]


Participação Especial:


Elenco Infantil:


Elenco Adicional:

Banda Sonora[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Joaquim Horta estreava-se em novelas da melhor maneira, brilhando como o grande vilão Hipólito Cardoso.
  • Fernanda Serrano, seguríssima como Anabela Gomes, fez a sua primeira protagonista e obteve, provavelmente, o seu melhor papel em televisão.
  • A fadista Raquel Tavares teve uma pequena participação em alguns dos episódios encarnando o papel de uma prostituta.
  • Tozé Martinho disse numa entrevista, que se Amanhecer fosse uma série e não uma novela, muitos dos destinos de algumas personagens não teriam sido os que foram.
  • Sofia Alves, que na época estava no meio de uma rivalidade com Fernanda Serrano, recusou-se a participar na novela por ter de contracenar com a rival.[1]
  • No guião inicial, Anabela e Luís Carlos Semedo (João Reis) não ficariam juntos e Hipólito teria sido morto a tiro pela polícia.
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. http://www.cmjornal.xl.pt/tv_media/detalhe/sofia-sucede-a-fernanda.html