Fala-Me de Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fala-me de Amor)
Ir para: navegação, pesquisa
Fala-me de Amor
Informação geral
Formato Telenovela
Género drama, comédia, romance, suspense
Duração 60 minutos
Criador(es) Maria João Mira
Diogo Horta
País de origem  Portugal
Idioma original português
Produção
Produtor(es) NBP
Elenco Sofia Alves
Sílvia Rizzo
São José Correia
Sandra Faleiro
(ver mais)
Exibição
Emissora de televisão original Portugal TVI
Transmissão original 6 de Março de 2006 a 4 de Novembro de 2006
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 206
Cronologia
Mundo Meu
Tu e Eu

Fala-me de Amor é uma telenovela portuguesa exibida pela TVI entre 6 de março de 2006 e 4 de novembro de 2006 em 213 episódios substituindo Mundo Meu e antecedendo Tu e Eu nas noites do canal. É da autoria de Maria João Mira e Diogo Horta.

Conta com Sofia Alves,Sílvia Rizzo, São José Correia, Sandra Faleiro, Albano Jerónimo, Joaquim Horta, Pedro Lima (ator), Ricardo Carriço, Dina Félix da Costa, Nuno Homem de Sá, Sinde Filipe e Lídia Franco nos papéis principais.

Fala-me de Amor foi prolongado de 180 para 213 episódios numa primeira fase. Já mais tarde, em Agosto de 2006, a TVI encomendou aos autores mais dois episódios, devido às fugas de informação nessa altura existentes.

Foi reposta na TVI Ficção entre 31 de dezembro de 2014 e 23 de maio de 2015 substituindo Sentimentos (telenovela) e antecedendo A Outra (2008).

Foi reposta nas madrugadas da TVI entre 24 de fevereiro de 2017 e 24 de abril de 2017 em um compacto de 57 episódios substituindo Dei-te Quase Tudo e antecedendo Tempo de Viver (2006).

Obteve na sua estreia 1.800.000 espectadores. Cerca de 1.370.000 espectadores acompanharam o final desta trama.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história da novela gira à volta de quatro mulheres, os seus dramas e tristezas. Sara Botelho (Sofia Alves) é a ex-mulher de Eduardo Varela (Ricardo Carriço) e tem com ele uma filha: Beatriz Botelho Varela (Rita Lopes). Não liga aos homens, senão para os manipular, é uma mulher fria, porém, inteligente. Foi violada aos quinze anos pelo próprio pai de Joana Almada Vilar (Sílvia Rizzo), a sua melhor amiga, e passou a não ter mais capacidade de amar.

A vida prega-lhe uma partida e acaba por se apaixonar por Pedro Novais (Albano Jerónimo), amigo e colega de trabalho de Eduardo. Joana é casada com José Maria Vilar (Pedro Lima) e tem dois filhos adolescentes, mas é constantemente traída. Zé Maria acaba até por envolver-se com Sara. O filho de Joana foi raptado aos 3 anos (João Maria Maneira) e ela tem como objectivo reencontrá-lo. Joana acaba por se refugiar no álcool.

Os seus filhos Gonçalo Almada Vilar (Tomás Santos) e Clara Almada Vilar (Joana Oliveira) são amigos das filhas de Margarida Simões (São José Correia). Margarida é casada com Luís Simões (Joaquim Horta) e tem com este duas filhas, Rita Simões (Sara Barradas) que é muito rebelde, e também Filipa Simões (Sofia Costa), educada, atinada, mas muito maldosa. Determinada, põe o trabalho acima de tudo. É amiga de Sara, Joana e Leonor Moreira (Sandra Faleiro). Esta última é solteira, mas sonha em encontrar um príncipe encantado. É romântica e ingénua, e tem uma irmã que sonha ser modelo, Lara Moreira (Cláudia Vieira). O pai de Leonor é extremamente controlador. A mãe de Lara e Leonor morreu há alguns anos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Actores Convidados
Participação especial
Elenco Infantil
  • João Maria Maneira - Miguel Reis / Frederico Almada Vilar
  • Rita Lopes - Beatriz Botelho Varela
  • Beatriz Brás - Ana Cristina (Tininha) Reis Parreira
Elenco adicional

Banda Sonora[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]