São José Correia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria José Correia da Silva
Outros nomes São José Correia
Nascimento 13 de setembro de 1974 (42 anos)
Madeira, Portugal
Ocupação Actriz, modelo

Maria José Correia da Silva, conhecida artisticamente como São José Correia (Madeira, 13 de setembro de 1974), é uma actriz e dobradora portuguesa.

Dados Pessoais[editar | editar código-fonte]

Nascida na Ilha da Madeira na freguesia da Ponta do Sol (freguesia), iniciou a sua carreira no teatro e aos 19 anos começou a trabalhar profissionalmente na Companhia de Teatro de Almada em 1998. Apesar do seu reconhecimento no teatro, tem-se destacado mais em telenovelas portuguesas. O seu papel em Ninguém Como Tu (2005) como Leonor, deu início ao seu reconhecimento televisivo. Seguiu-se como uma das protagonistas em Fala-me de Amor (2006), fez parte do elenco de Paixões Proibidas (2007) da RTP, regressando de seguida à TVI, participando em Olhos nos Olhos (2008), Sentimentos (2009), Sedução (2010), Doce Tentação (2012), entre outras, incluindo a sequela Jardins Proibidos (2014).[1][2] Em 2015, abandona a produção de Jardins Proibidos após um convite para ingressar o elenco principal de Santa Bárbara, adaptada do original mexicano La Patrona, onde interpretou a vilã Antónia Vidal.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Projeto Personagem Notas
1995 Os Trapalhões em Portugal participação especial
2002-03 O Último Beijo Rita Montez
2003 A Minha Sogra é uma Bruxa Dalila pequena participação
2003-04 Queridas Feras Liliana Caroço
2004 Inspector Max Ana Rita participação especial
2005 Ninguém como Tu Leonor Esteves
Até Amanhã, Camaradas Conceição
Amores e Desamores Conceição pequena participação
2006 Fala-me de Amor Margarida Simões
2006-07 Paixões Proibidas Elisa de Mandeville
2007-08 Deixa-me Amar Isabel Faial
2008 Casos da Vida (vários) participação especial
2008-09 Olhos nos Olhos Susana Bastos Protagonista
2009 Equador Pilar Protagonista
Ele é Ela Maria Emília pequena participação
2009-10 Sentimentos Isabel Gomes Protagonista
2010-11 Sedução Flor Pires
2011 Mistérios de Lisboa Anacleta dos Remédios pequena participação
Tempo Final Gabriela pequena participação
2012-13 Doce Tentação Dora Nobre
2013 Maternidade Érica pequena participação
Sinais de Vida Simone Martins Protagonista
Mundo ao Contrário Amélia Silva Quintino Co-Protagonista
2014-15 Jardins Proibidos Vanda Barroso Co-Protagonista
2015-16 Santa Bárbara Antónia Vidal Antognista
2017 O Sábio Manuela Pinheiro
Sim, Chef! 2ª Temporada

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • 2007: Dora (curta-metragem)
  • 2007: Má Fila (curta-metragem)
  • 2006: O Inimigo sem Rosto - No papel de Paula
  • 2003: Os Imortais - No papel de Inês
  • 2003: I'll See you in my dreams (curta-metragem) - No papel de Nancy
  • 2003: A Mulher que Acreditava ser Presidente dos Estados Unidos da América - No papel de Empregada Suzete
  • 2002: A Curiosidade Matou O Gato
  • 2001: Um Homem Não É um Gato (telefilme) - No papel de Cristina
  • 2001: 2º Direito (curta-metragem)

Dobragens[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Voz da personagem Madame Suliman na versão portuguesa do filme anime: O Castelo Andante - Hauru no ugoku shiro, de Hayao Miyazaki.

Teatro[editar | editar código-fonte]

Memóra da Água (2006)

Peça escrita por Shelagh Stephenson e encenada por José Martins. Contracenou com Manuela Couto, Dalila Carmo, Filipe Ferrer, Joaquim Horta e Maria José Paschoal.

O Último Episódio

Nesta peça, encenada por Adriano Luz, São José Correia encarnou a personagem Susana. Em palco, contracenou com António Pedro Cerdeira (Luís), Augusto Portela (Castro), Custódia Gallego (Helena), Joaquim Horta (Guilherme), Manuel Cavaco (Máximo) e Vera Alves (Verónica).

Luz na Cidade

Peça escrita por Conon Mcpherson e encenada por João Lourenço. Nesta peça, São José Correia contracenou com Marco Delgado, Rui Mendes e Nuno Gil. Interpretou a personagem Elisa.

Marcas de Sangue (2005)

Nesta peça, São José Correia interpretou a personagem Filomena. Marcas de Sangue foi encenada por Isabel Medina, produzida pela Escola de Mulheres e esteve em cena no Teatro da Comuna. Juntamente com São José Correia, faziam parte do elenco Albano Jerónimo (Jaime), Leonor Seixas (Cristina), José Wallenstein (Daniel) e Lucinda Loureiro (Marta).

Dentadas (2007)

Peça da autoria de Kay Adshead e encenação de Isabel Medina. Juntamente com São José Correia, o elenco é constituído por Albano Jerónimo, José Wallenstein, Leonor Seixas e Lucinda Loureiro. Interpreta a personagem Angélica.

Os Monólogos da Vagina (Maio/09)

Com encenação de Isabel Medina e participação das atrizes Ana Brito e Cunha e Guida Maria.

Agora a Sério (Maio/Junho 2010)

Com encenação de Pedro Mexia, no Teatro Aberto.

Fez parte, também, de outras peças como:

  • O Carteiro de Neruda (de Joaquim Benite) - 2003, Companhia de Teatro de Almada
  • Esse tal alguém (de Rogério de Carvalho) - 2003, Companhia de Teatro de Almada
  • O Jogador (de Fiodor Dostoiewsky) - 2004, Companhia de Teatro de Almada
  • A verdadeira história de Andreia Belchior (de Fernando Rebelo) - Companhia de Teatro de Almada
  • Mãe Coragem (nesta peça encarnou a prostituta Ivete)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências