Filme snuff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cannibal Holocaust: produção que foi acusada de ser um Filme Snuff.

Filmes snuff são filmes que mostram mortes ou assassinatos reais de uma ou mais pessoas, sem a ajuda de efeitos especiais, para o propósito de distribuição e entretenimento ou exploração financeira. Embora existam muitos filmes que de fato mostram mortes reais, a existência de uma indústria financeira em torno deste tipo de filme geralmente é vista como uma lenda urbana.[1]

Vídeos reais[editar | editar código-fonte]

Alguns casos de filmagens de assassinato reais:

Cinema, música e televisão[editar | editar código-fonte]

O tema já foi explorado no cinema, na música e na televisão.

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • Pânico 4 (Scream 4), de 2011, última parte da franquia, trata do assunto.
  • Hostel: Part III (O Albergue 3) de Scott Spiegel, em 2011 . Quatro amigos, acabam sendo vitimas de um jogo perverso de tortura, onde os membros do Clube de Caça Elite estão organizando o show mais sádico na cidade.

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • No episódio Snuff (pt. Morte em Cena) da 3ª temporada série CSI: Crime Scene Investigation, um caso de filme snuff é investigado.[7]
  • No episódio "Edward Mordrake - da 4° temporada da série American Horror Story, é mostrado que a personagem Elsa Mars perdeu suas pernas durante a gravação de um filme snuff.[8]
  • No episódio "Home Invasion - da 1º temporada da série American Horror Story, é mostrada uma invasão na atual casa da família Harmon, onde os invasores tentam refazer uma cena no passado a partir do assassinato de duas enfermeiras, onde gravariam o vídeo e lançariam como uma curta Snuff. Mas o assassinato fora impedido por Tate Langdon e as outras duas enfermeiras mortas. O espírito dos invasores permanecem na casa.
  • No episódio "Welcome to Briarcliff - da 2º temporada da série American Horror Story, é mostrada um casal em lua de mel, onde frequentavam os lugares mais assombrados dos Estados Unidos da América para suas noites de núpcias, o casal acaba parando no famoso hospício Briarcliff, onde havia a lenda do temível assassino Bloody Face (Cara Sangrenta), três admiradores de tal assassino voltariam para o hospício afim de gravar uma Snuff onde representariam Bloody Face, a trama começa quando o homem (interpretado por Adam Levine), parte do casal, tentaria descobrir o que havia atrás de uma porta trancada, mas ao enfiar seu braço na portinhola, acaba tendo-o arrancado por um dos garotos amadores. Depois de caos para o casal e a morte deles, os três aspirantes a Bloody Face se encontram, retirando as máscaras e elogiando o suposto filme que teriam gravado, até então, o verdadeiro filho de Oliver, o Bloody Face, aparecer ali e enforcar os três garotos que estariam manchando a imagem de seu pai.
  • No episódio "Boy Parts - da 3º temporada da série American Horror Story, é mostrado uma festa, a mesma onde Kyle e Zoe se conheceram. Madison Montgomery, atriz, chega na festa chamando boa parte da atenção, inclusive a dos garotos da fraternidade  Kappa Lambda Gamma. Ao doparem a atriz, os garotos da KLG a levam para o quarto, onde com seus celulares, gravam membro por membro presente ali estuprando Madison. O término do filme não foi possível graças a chegada de Kyle, que impedira o resto e mandaria todos os irmãos para o ônibus. Zoe iria ajudar Madison, mas quando as duas vão para a rua e vêem o ônibus da KLG partindo, Zoe se desespera a Madison com desejo de vingança usa seu poder de Telekinesis para revirar o ônibus, causando a morte de 7 dos 9 membros ali, incluindo Kyle.
  • O episódio Does Snuff Exist da 2ª temporada da série britânica The Dark Side of Porn, investiga se filmes snuff realmente existem.

Música[editar | editar código-fonte]

A banda Slipknot gravou a música Snuff para o álbum All Hope Is Gone.

A banda Slayer gravou em 2009 a música Snuff para o álbum World Painted Blood.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • David Kerekes and David Slater. Killing for Culture: Death Film from Mondo to Snuff (Creation Cinema Collection). Londres: Creation Books, 1996.

Referências

  1. "A Pinch of Snuff" (em inglês). snopes.com. Consult. 25 de janeiro de 2010. 
  2. IMDB (em português) Hardcore - No Submundo do Sexo. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  3. Zonanegradvd (em português) Hardcore - No Submundo do Sexo. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  4. Bocadoinferno (em português) - Cannibal Holocaust: Um clássico que poderia ser obra-prima. Página visitada em 2 de dezembro de 2010.
  5. IMDB - Strange Days (1995). Página visitada em 31 de Dezembro de 2015.
  6. IMDB (em inglês). Vacancy (Temos Vagas, 2007). Página visitada em 13 de Outubro de 2012.
  7. IMDB (em inglês) CSI: Crime Scene Investigation. Season 3, Episode 8, Snuff, (21 Nov. 2002). Página visitada em 4 de Outubro de 2012.
  8. Lenika Cruz (30/10/2014). "American Horror Story: FreakShow gets a new villain". The Atlantic. Consult. 31/10/2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]