Força Aérea do Iraque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Força Aérea do Iraque
Iraqi Air Force Emblem.svg
Emblema da Força Aérea do Iraque
País  Iraque
Corporação Força Aérea
Subordinação Forças Armadas do Iraque
Sigla IQAF
Criação 1931
Logística
Efetivo 14 000 militares
Insígnias
Cocar Iraqi Air Force roundel.svg
Um antigo helicóptero Mi-24 iraquiano durante o período da Guerra do Golfo.

A Força Aérea do Iraque (IqAF) (em árabe: القوة الجوية العراقية; Al Quwwa al Jawwiya al Iraqiya) é o ramo aéreo das Forças Armadas do Iraque responsável pela vigilância das fronteiras e operações aéreas no território iraquiano. O suporte logístico ao Exército e Marinha também faz parte de suas funções.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 1931, durante o domínio britânico no Iraque, com apenas alguns pilotos. Com exceção de um breve período durante a Segunda Guerra Mundial, a força aérea iraquiana operou principalmente aviões britânicos até a Revolução de 14 de Julho, em 1958, quando o novo governo iraquiano iniciou um aumento das relações diplomáticas com a União Soviética. A força aérea utilizou ambas as aeronaves soviéticas e britânicas ao longo dos anos 1950 e 1960.[1]

Quando Saddam Hussein chegou ao poder em 1979, a força aérea cresceu muito rapidamente quando o Iraque ordenou mais aeronaves soviéticas e francesas. O seu auge ocorreu poucos anos após a longa e sangrenta guerra contra o Irã, em 1988, quando ela consistia de mais de 950 aeronaves, tornando-se uma das maiores forças aéreas da região.

A sua queda aconteceu durante a Guerra do Golfo, e continuou, enquanto as forças de coalizão impuseram zonas de exclusão aérea. O restante da força aérea foi destruído durante a invasão do Iraque, em 2003.

Atualmente, está sendo reconstruída e recebe a maior parte de seu treinamento e aeronaves dos Estados Unidos.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências