Gearbox Software

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gearbox Software, L.L.C.
Indústria Software e Programação
Fundação Plano, Texas, EUA (1999)
Fundador(es) Randy Pitchford
Brian Martel
Stephen Bahl
Landon Montgomery
Rob Heironimus
Sede Plano, Texas, EUA
Área(s) servida(s) Mundo
Empregados 350
Website oficial gearboxsoftware.com

Gearbox Software, L.L.C. é uma empresa norte-americana de desenvolvimento de jogos, localizada em Plano, no Texas.

História[editar | editar código-fonte]

A Gearbox foi fundada por cinco membros da extinta empresa de desenvolvimento de jogos e softwares Rebel Boat Rocker, são eles: Randy Pitchford, Brian Martel, Stephen Bahl, Landon Montgomery, e Rob Heironimus. Antes da Rebel Boat Rocker, Pitchford and Martel trabalharam juntos na 3D Realms, e Montgomery tinha trabalhado na Bethesda Softworks.

A Gearbox começou desenvolvendo expansões para o game Half-Life. Depois, portando Half-Life para os consoles, dando para a empresa, uma grande experiência na área de desenvolvimento de jogos. Mais tarde, fizeram o Counter-Strike, game muito famoso, que é feito em cima da engine de Half-Life. A Valve começou a dar prioridade para Half-Life 2, então a Gearbox desenvolveu, ou ajudou no desenvolvimento e no port de alguns games como: Opposing Force, Blue Shift, Counter-Strike, Condition Zero, Half-Life para o PlayStation 2, e Half-Life para o SegaDreamcast. A Gearbox ficou famosa por 'portar' jogos do console para o PC. Mais parte, ela 'portou' mais alguns jogos, como: Tony Hawk's Pro Skater 3, e Halo: Combat Evolved, abrindo assim, relações com a Activision e com a Microsoft. Depois, portou games da franquia James Bond para o PC, como o Nightfire, para a Eletronic Arts. Tudo isso nos primeiros cinco anos da empresa.

Em 2007, anunciou a compra de novos projetos baseados em filmes, incluindo o filme policial Fogo contra Fogo[1] e o clássico de ficção científica Alien - O 8º Passageiro..[2] Em setembro, anunciaram uma noca franquia, o jogo de ficção científica Borderlands .[3] Ainda anunciaram uma nova versão do jogo Samba de Amigo para o Wii.

Em 2008 anunciaram que estavam trabalhando em um grande projeto sem nome. Surgiram rumores de que seria um Halo 4, mas logo foi desmentido.

Séries de jogos[editar | editar código-fonte]

Half-Life[editar | editar código-fonte]

A Gearbox desenvolveu seis games da série Half-Life:Half-Life: Opposing Force e Half-Life: Blue Shift (expansões); ports de Half-Life para Dreamcast (que inclui Half-Life: Blue Shift) e Half-Life para PlayStation 2 (que inclui Half-Life: Decay).; Ainda lançaram Counter-Strike e Counter-Strike: Condition Zero.

Brothers in Arms[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Brothers in Arms: Road to Hill 30
Ver artigo principal: Brothers in Arms: Earned in Blood
Ver artigo principal: Brothers in Arms: Hell's Highway

Durante quatro anos, a Gearbox trabalhou em um game secreto: Brothers in Arms: Road to Hill 30, desenvolvido para PC e para Xbox, utilizando a Unreal Engine 2. Esse jogo foi lançado em março de 2005. A seqüencia, Brothers in Arms: Earned in Blood, veio sete meses depois. A série foi publicada pela Ubisoft, que lançou o game para Playstation 2.

Em 2005, a Gearbox adquiriu a licença da Unreal Engine 3, para substituir a Unreal Engine 2 e lanço um jogo para a nova geração, o Brothers in Arms: Hell's Highway.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

A Gearbox usa muitas engines, como: GoldSrc, RenderWare, Bungie's Halo, Unreal 2 e Unreal 3. E desenvolve games para muitas plataformas, como: Dreamcast, PlayStation 2, Xbox, PlayStation Portable, Nintendo DS, Wii e Microsoft Windows.

Lista de jogos desenvolvidos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Gearbox turning up Heat on next-gen consoles». Consultado em 20 de dezembro de 2008. 
  2. «Aliens anunciado». Consultado em 20 de dezembro de 2008. 
  3. «Borderlands anunciado». Consultado em 20 de dezembro de 2008.