Grande Incêndio de Nova Iorque (1776)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Incêndio de Nova Iorque
Quadro retratando o Grande Incêndio de Nova Iorque de 1776
Localização Nova Iorque
Data 21 de setembro de 1776
Resultado 493 estruturas destruidas

O Grande Incêndio de Nova Iorque foi uma ocorrência devastadora que afetou a cidade de Nova Iorque na madrugada de 21 de setembro de 1776, no lado oeste do que então constituía a cidade de Nova Iorque, no extremo sul da ilha de Manhattan. O Incêndio começou nos primeiros dias da ocupação militar da cidade pelas forças britânicas durante a Guerra Revolucionária Americana.

O fogo destruiu cerca de um terço da cidade, enquanto algumas partes não afectadas da cidade foram saqueadas. Muitas pessoas acreditavam ou assumiram que uma ou mais pessoas começaram deliberadamente o incêndio, por uma variedade de razões diferentes. Os líderes britânicos acusaram os revolucionários que atuavam dentro da cidade e do estado, e muitos residentes assumiram que um lado ou outro tinham começado o incêndio. O fogo teve efeitos a longo prazo sobre a ocupação britânica da cidade, que não terminou até 1783.

Estima-se que esse incêndio tenha destruído entre 10 a 25 porcento das estruturas da cidade.[1]

A ocorrência[editar | editar código-fonte]

Este mapa de 1776 mostra as áreas afetadas pelo incêndio (demarcadas em vermelho)

De acordo com relatos de testemunhas, o incêndio teria começado em uma taverna, na madrugada de 21 de setembro de 1776.[1] Alimentado pelas estruturas de madeira e intensificado pelo tempo seco e fortes ventos, as chamas iniciadas na zona oeste rapidamente se espalharam para os setores ao norte do município.[1] O fogo cruzou a Broadway nas proximidades da Beaver Street, destruindo residências e prédios comerciais.[2] O Incêndio perdurou ao longo do dia, até ser contido pela população, com auxílio de mudanças nas direções dos ventos.[1]

Dentre os prédios destruídos pelo fogo estava a Igreja da Trindade que posteriormente foi reconstruída, e atualmente é um dos pontos turísticos mais famosos da região da Wall Street.[3]

Referências

  1. a b c d «The Great New York City Fire». www.u-s-history.com. Consultado em 18 de setembro de 2021 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 22 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 13 de novembro de 2006 
  3. «History of Trinity Church Wall Street». Trinity Church Wall Street (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2021 

Leituras relacionadas[editar | editar código-fonte]