Haakon Adotado de Tore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Haakon Magnusson da Noruega)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Haakon ou Haquino[1], melhor conhecido como Haakon Adotado de Tore (em nórdico antigo: Þórisfóstra) ou Haakon filho de Magno (em nórdico antigo: Hákon Magnússon; 1068 - fevereiro de 1095), foi rei da Noruega de 1093 até fevereiro de 1095. Era neto de Haroldo III, filho de Magno I e irmão do rei Olavo, o Pacífico. Após a morte de Olavo, o Pacífico, foi coroado rei da Noruega em Trontêmio, enquanto seu irmão, Magno, o Descalço, foi coroado em Viken. Logo ele entrou em conflito com Magno. Haakon morreu em uma batalha em Dovrefjell, em 1095. Em 1090, comandou uma expedição viquingue a Biármia, no norte da Rússia.

Referências

  1. Martín 1999, p. 83.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martín, Antonio Pérez (1999). El derecho procesal del "ius commune" en España. Madri: EDITUM. ISBN 8483710870 
Precedido por
Olavo III
Rei da Noruega
1093 - 1094
Sucedido por
Magno III


Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.