Hate That I Love You

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Hate That I Love You"
Single de Rihanna com a participação de Ne-Yo
do álbum Good Girl Gone Bad
Lado B "Como Odio Amarte"
(com David Bisbal)
Lançamento Estados Unidos 21 de Agosto de 2007
(Veja o histórico de lançamento abaixo)
Formato(s) CD Maxi Single
Download Digital
Gravação 2007
Gênero(s) R&B, pop
Duração 03:39
Gravadora(s) Def Jam
Composição S. Shaffer, M. S. Eriksen, T. E. Hermansen
Produção StarGate
Certificação(ões) Platina (RIAA) Estados Unidos
Platina (RIANZ) Nova Zelândia
(veja abaixo a lista completa de certificações e vendas)
Cronologia de singles de Rihanna
"Don't Stop the Music"
(2007)
"Take a Bow"
(2008)
Cronologia de singles de Ne-Yo
"Can We Chill"
(2007)
"Go on Girl"
(2007)

"Hate That I Love You" é uma canção da cantora barbadiana Rihanna, para o seu terceiro álbum de estúdio, Good Girl Gone Bad. A faixa é uma colaboração com o cantor Ne-Yo, e é o quarto single do trabalho. Foi produzida por Stargate, que já tinha produzido uma canção anterior da cantora, o hit Unfaithful, presente no álbum "A Girl Like Me".

A canção foi nomeada nas categorias "Best R&B Song" e "Best R&B Performance By A Duo Or Group With Vocals" na cerimónia dos Grammy Awards de 2008.[1]

Escrita e estrutura musical[editar | editar código-fonte]

"Hate That I Love You" é um dueto de Rihanna e Ne-Yo, cujo último escreveu a faixa para o álbum da cantora. Numa entrevista, Rihanna disse:

[2]

É uma faixa moderadamente groove, numa nota música A♭. É cantada no tempo de assinatura normal.[3] O destaque da canção é marcado pelo toque de violão dedilhado usado num acorde suspenso,[3] acompanhado num refrão alongado.[4]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O director do vídeo musical foi Anthony Mandler, e foi gravado em Los Angeles a 13 de Agosto de 2007. Foi lançado oficialmente no site da cantora a 24 de Setembro de 2007, e estreou no TRL a 1 de Outubro do mesmo ano. Inclui Rihanna e Ne-Yo a cantarem em locais diferentes, sentindo saudades um do outro, fazendo pensar que estão a falar um do outro, mas no fim é mostrado que estavam a falar dos próprios amores um do outro.

Esteve durante doze dias na tabela do TRL e alcançou a primeira posição. Alcançou a segunda posição no nono dia no 106 & Park.

Foi ainda feito outro vídeo para "Hate That I Love You", com a participação de David Bisbal removendo as parte de Ne-Yo e sendo adicionadas imagens do cantor espanhol a chegar a uma sala de reprodução de películas, nas quais eram projectadas imagens das partes de Rihanna.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

"Cómo Odio Amarte", nome adaptado para a parceria com David Bispal, foi revelado na Internet a 2 de Dezembro de 2007. O cantor canta as deixas de Ne-Yo em espanhol, sendo ajustados à versão original da canção. Esta versão foi incluída no disco de bónus de David, Premonición DVD.

Rihanna e David Bisbal interpretaram “Hate That I Love You” a 8 de Julho de 2008 no programa Operación Triunfo em Espanha.[5]

Foram realizadas mais outras duas versões da música, uma por uma cantora asiática e outra por Hins Cheung de Hong Kong, cantando a parte de Ne-Yo em cantonense e mandarim, e em ambas as versões a parte em inglês de Rihanna ficou intacta.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com[4] 4 de 5 estrelas.
Digital Spy[6] 3 de 5 estrelas.

Bill Lamb da About.com disse que a canção era elegante, embora tenha ficado fora do top 10.[4] Considerou Rihanna como "génio da música", comparando "Hate That I Love You" com singles anteriores da cantora, como "SOS" e "Pon de Replay".[4] Lamb ainda intitulou a faixa como "Irreplaceable II", dizendo que o som é familiar ao da música de Beyoncé, "estilo simples e reconfortante".[4] Ainda afirmou que não tem o poder de composição de "Umbrella", no entanto tem poder vocal e "superior aos resultados obtidos".[4]

Nick Levine da Digital Spy considerou esta música uma "desilusão", justificando que Rihanna depois de lançar dois singles do ano, como mega-hit "Umbrella" e o turbo "Shut Up and Drive", esta ficou aquém das expectativas.[6] Afirmando ser uma batida de R&B, denominou-a ainda como prima de "Because of You" e "Sexy Love".[6]

Formatos e faixas[editar | editar código-fonte]

CD Single promocional nos Estados Unidos (DEFR16755-2)
N.º Título Duração
1. "Hate That I Love You" (Edição de rádio) 03:39
2. "Hate That I Love You" (Instrumental) 03:39
Duração total:
06:78
CD Single na Alemanha (602517537866)[7]
N.º Título Duração
1. "Hate That I Love You"    
2. "Hate That I Love You" (K-Klassic Remix)  
3. "Hate That I Love You" (Instrumental)  
4. "Hate That I Love You" (Vídeo musical)  
CD Single na Europa (602517513693)[8]
N.º Título Duração
1. "Hate That I Love You"    
2. "Hate That I Love You" (K-Klassic Remix)  

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"Hate That I Love You" estreou na vigésima quarta posição da Bubbling Under Hot 100 Singles tabela da revista Billboard, a 30 de Agosto de 2007,[9] subsequentemente estreou-se na Billboard Pop Songs na octogésima quinta posição e mais tarde na sexta na Billboard R&B/Hip-Hop Songs.[10] Na Billboard Hot 100 a canção estreou em #98, alcançando mais tarde a sétima posição como melhor, passadas cinco semanas no número #9.[11] Na Billboard Pop Songs alcançou a décima segunda posição na mesma semana. Foi descarregada 1.04 milhão. Também se tornou top 20 no Canadá, alcançando a décima sétima como melhor no Canadian Hot 100.[12][13]

No Reino Unido, alcançou a quinquagésima posição depois do lançamento físico da faixa, mais tarde melhorando para a décima quinta. Na Austrália, estreou em #48. Contudo, depois de outra semana a descer, subiu à décima oitava posição, subindo trinta e uma posições tornando-se um dos maiores saltos da história na tabela ARIA Charts. Mais tarde, alcançou a décima quarta posição como a melhor. Em Espanha, a versão espanhola da canção estreou na quinta posição, e alcançou o #1 durante três semanas consecutivas. Na Nova Zelândia, e no Mundo alcançou a sexta posição como melhor, e em Portugal a décima segunda.

Referências

  1. «"Grammy 2008 Winners List"» (em inglês). MTV. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  2. Shaheem Reid (2 de Maio de 2007). «"Rihanna Loses Good Girl Image, Thanks To Jay-Z, Justin, Timbaland, Ne-Yo"» (em inglês). MTV. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  3. a b «"Rihanna Digital Sheet Music: Hate That I Love You"» (em inglês). Musicnotes. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  4. a b c d e f «"Rihanna Digital Sheet Music: Hate That I Love You"» (em inglês). Musicnotes. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  5. «"Rihanna y David Bisbal juntos en OT"» (em espanhol). OT. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  6. a b c Nick Levine. «"Rihanna featuring Ne-Yo - Hate That I Love You"» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  7. «"Rihanna - Hate That I Love You"». Discogs (em inglês). Consultado em 8 de Janeiro de 2009 
  8. «"Rihanna - Hate That I Love You"». Discogs (em inglês). Consultado em 8 de Janeiro de 2009 
  9. «"Hate That I Love You" Debut Position on the Billboard Bubbling Under Hot 100 Singles"» (em inglês). Billboard. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  10. «""Hate That I Love You" Debut Position on the Billboard Pop 100"» (em inglês). Billboard. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  11. «"Hot 100 » Week 22 December 2007"» (em inglês). Billboard. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  12. «""Hate That I Love You" Debut Position on the Billboard Hot 100"» (em inglês). Billboard. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  13. «""Hate That I Love You" Current Peak Position on the Billboard Pop 100"» (em inglês). Billboard. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  14. a b c d e f g h i j k l m n o p q «"Rihanna and Ne-Yo - Hate That I Love You"» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  15. «"Rihanna Album and Song Chart History » Hot 100"» (em inglês). Billboard. Consultado em 8 de Janeiro de 2010 
  16. «"Rihanna Album and Song Chart History » Pop Songs"» (em inglês). Billboard. Consultado em 8 de Janeiro de 2010 
  17. «"Rihanna Album and Song Chart History » R&B/Hip Hop Songs"» (em inglês). Billboard. Consultado em 8 de Janeiro de 2010 
  18. «"Rihanna Album and Song Chart History » Digital Songs"» (em inglês). Billboard. Consultado em 8 de Janeiro de 2010 
  19. «"ARIA Charts - Accreditations - 2008 Singles"». ARIA (em inglês). Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  20. «"ARIA Charts - Accreditations"». ARIA (em inglês). Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  21. «"Rihanna » Todas as Mídias » Todas as Premiações » Todos os Anos » Todas as Gravadoras"». ABPD (em inglês). Consultado em 15 de Novembro de 2009 
  22. «Gold and Platinum certification » Rihanna». RIAA. Consultado em 9 de Fevereiro de 2009 
  23. «"Listas anuales » 2008"» (PDF). PROMUSICAE. Consultado em 20 de Janeiro de 2010 
  24. «"Gold / Platinum Albums "». Radioscope (em inglês). Consultado em 20 de Janeiro de 2009