Ibirarema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ibirarema
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Ibirarema
Bandeira
Brasão de armas de Ibirarema
Brasão de armas
Hino
Gentílico ibiraremense
Localização
Localização de Ibirarema em São Paulo
Localização de Ibirarema em São Paulo
Ibirarema está localizado em: Brasil
Ibirarema
Localização de Ibirarema no Brasil
Mapa de Ibirarema
Coordenadas 22° 49' 04" S 50° 04' 22" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Ao norte, Campos Novos Paulista; Ao Sul, Paraná; A Leste, Salto Grande e Ribeirão do Sul; A Oeste, Palmital e Platina
Distância até a capital 407 km
História
Fundação 1 de dezembro de 1948 (71 anos)
Administração
Prefeito(a) Thiago Brigano[1] (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 228,453 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 6 725 hab.
Densidade 29,44 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 483 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,775 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 88 133,960 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 12 418,48

Ibirarema é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 22º49'03" sul e a uma longitude 50º04'21" oeste, estando a uma altitude de 483 metros. Sua população é de 7.235 habitantes.

Possui uma área de 228,5 km².

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Ibirarema, segundo Silveira Bueno, é vocábulo indígena que significa "madeira fétida": pau-d'alho. Do tupi ybyrá: madeira ou árvore; e rema (por nema): fedido, fedorento.

História[editar | editar código-fonte]

O município, teve início numa pequena povoação denominada Pau D'Alho, que se estendia ao longo da margem direita de um pequeno rio com esse nome, ao meio de exuberantes e fertilíssimas terras onde havia abundância de pau d' alho que talvez emprestasse o nome ao rio que as banhava e à povoação que surgia.

Em 1913 quando as primeiras explorações para a futura passagem da Estrada de Ferro Sorocabana, que acompanhando o Rio Paranapanema rumava para o estado do Mato Grosso, naturalmente teve que passar pelas terras que circundavam a pequena povoação de Pau D' Alho, os moradores da região, eles João Correa e Nadario Marana transferiram-se junto à picada da futura ferrovia, abandonando o povoado e formando um outro com o nome de Ibirarema.

Em 12 de fevereiro de 1914, foi inaugurado a Estrada de Ferro Sorocabana e o novo povoado começou a progredir extraordinariamente, até que em 1922, pela Lei nº 1.889, de 11 de dezembro de 1922, foi elevado a distrito de Pau D'Álho (atual Ibirarema), e como tal instalado no dia 3 de maio de 1923, no Município e Comarca de Salto Grande. Foi elevado a Município com o nome de Ibirarema pelo Decreto-Lei nº 14.334, de 30 de novembro de 1944 e instalado a 1 de janeiro de 1945 e incorporado à Comarca de Palmital. Como Município ficou constituído dos Distritos de Paz de Ibirarema e Nuretama (atual Campos Novos Paulista). Em 1948, Nuretama foi desanexado pela Lei nº 233, de 24 de dezembro. Consta atualmente de um único Distrito de Paz, o da sede do Município.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População total: 5.701

  • Urbana: 5.093
  • Rural: 608
  • Homens: 2.882
  • Mulheres: 2.819

Densidade demográfica (hab./km²): 24,95

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 16,72

Expectativa de vida (anos): 70,77

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,95

Taxa de alfabetização: 89,36%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,775

  • IDH-M Renda: 0,711
  • IDH-M Longevidade: 0,763
  • IDH-M Educação: 0,852

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rio Paranapanema

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[7], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[8] para suas operações de telefonia fixa.

Referências

  1. «Thiago Briganó - Eleito». Portal G1. Consultado em 13 de janeiro de 2012 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  8. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]