Icaraíma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Icaraíma
  Município do Brasil  
Símbolos
Hino
Lema Terra Abençoada
Gentílico icaraimense
Localização
Localização de Icaraíma no Paraná
Localização de Icaraíma no Paraná
Mapa de Icaraíma
Coordenadas 23° 23' 45" S 53° 36' 50" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Região metropolitana Umuarama
Municípios limítrofes Ivaté, Alto Paraíso, Querência do Norte, Umuarama, Naviraí (MS)
Distância até a capital 650 km
História
Fundação 25 de julho de 1961 (60 anos)
Aniversário 25 de julho
Administração
Prefeito(a) Marcos Alex de Oliveira[1] (PL, 2021 – 2024)
Vereadores 9
Características geográficas
Área total IBGE/2020[2] 675,240 km²
População total (estimativa IBGE/2020[3]) 7 786 hab.
Densidade 11,5 hab./km²
Clima subtropical
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[4]) 0,741 alto
PIB (IBGE/2018[5]) R$ 232 809,28 mil
PIB per capita (IBGE/2018[5]) R$ 29 010,50
Sítio www.icaraima.pr.gov.br (Prefeitura)
www.icaraima.pr.leg.br (Câmara)

Icaraíma é um município do estado do Paraná, no Brasil. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2020, era de 7 786 habitantes.[3]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O nome "Icaraíma" é originário da língua tupi. Existem duas versões para seu significado:

  • 'y , "água, rio" + akará, "espécie de peixe" + e'yma, "sem" = "rio sem peixes"
  • Icaraíma = "Terra abençoada"

História[editar | editar código-fonte]

Toda a região do noroeste do estado do Paraná era ocupada, até meados do século XX, pela etnia indígena dos xetás. Com os projetos de colonização da região levados a cabo a partir dessa época, os xetás foram praticamente exterminados, seja através da perda de suas terras, através de doenças trazidas pelos brancos ou através do assassínio puro e simples. A colonização da região teve início no ano de 1956, quando a Companhia Colonizadora do Norte do Paraná, tendo à sua frente, Hermes Vissotto, iniciou a venda de imóveis no território do município.

Através da Lei Estadual 4 245, de 25 de julho de 1960, foi criado o Município de Icaraíma, desmembrado de Cruzeiro do Oeste, então integrante da Comarca de Peabiru. Icaraíma é comarca desde 26 de Janeiro de 1991.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município é rico em rios e riachos. Os principais são: Rio Paraná, Rio Ivaí, Rio 215, Rio do Veado. O município possui três portos fluviais: Porto Camargo, Porto Novo e Porto Jundiá no Rio Ivaí.

Distritos[editar | editar código-fonte]

  • Vila Rica Do Ivaí
  • Porto Camargo

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima do município de Icaraíma é subtropical úmido mesotérmico, o verão é quente e no inverno ocorrem geadas com pouca frequência. A temperatura média anual é de 22,1 °C, sendo a temperatura mais baixa registrada de -1,6 °C em julho de 1975 e a mais alta de 39,8 °C em março de 2005.

Turismo[editar | editar código-fonte]

  • Prainha do Porto Camargo
  • Parque Nacional de Ilha Grande

Pesca esportiva[editar | editar código-fonte]

A cidade realiza a tradicional festa da Pesca ao Pacu na beira do Rio Paraná, com a duração de três dias, que atrai centenas de turistas de várias regiões do Brasil.

Referências

  1. Prefeito e vereadores de Icaraíma tomam posse Portal G1 - acessado em 10 de março de 2021
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2020). «Área da unidade territorial - 2020». Consultado em 10 de março de 2021 
  3. a b «Estimativa populacional 2020 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2020. Consultado em 10 de março de 2021 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2018». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2018. Consultado em 10 de março de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.