José Luiz Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
José Luiz Júnior
Vice-prefeito de Campina Grande
Período 1 de janeiro de 2005
a 31 de dezembro de 2012
Antecessor Cargo vago
Sucessor Ronaldo Filho
Deputado estadual da Paraíba
Período 1983 a 1987
e 1995 a 1999
Vereador de Campina Grande
Período 1973 a 1986
e 1993 a 1995
Dados pessoais
Nome completo José Luiz Júnior
Nascimento 9 de janeiro de 1940 (81 anos)
Bezerros, PE
Progenitores Mãe: Marta Gomes de Souza
Pai: José Gomes de Souza
Partido ARENA, PMB, PMDB, PDT, PSB, PSC
Profissão Jornalista, político e ex-futebolista

José Luiz Júnior (Bezerros, 9 de janeiro de 1940) é um jornalista, político e ex-futebolista brasileiro. Foi vice-prefeito de Campina Grande entre 2005 e 2013.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Futebol[editar | editar código-fonte]

Antes de tornar-se jornalista e político, José Luiz Júnior iniciou sua carreira no futebol, contrariando seus pais (José Gomes de Souza e Marta Gomes de Souza). Na época de jogador, era conhecido por Zé Luiz, e começou atuando nas categorias de base do Alecrim e do ABC, profissionalizando-se no Botafogo de João Pessoa. Suas atuações pelo clube da capital chamaram a atenção do Ypiranga, na época um dos grandes times do futebol baiano, juntamente com Bahia e Vitória. De volta ao futebol paraibano, foi contratado pelo Campinense, integrando o elenco que foi hexacampeão estadual (1960 a 1965).

Em 1966, assinou com o Treze, por intermédio do novo presidente Edvaldo do Ó, seu amigo pessoal. Sagraria-se campeão estadual invicto em 1966. Dois anos depois, encerrou a carreira pela primeira vez, aos 28 anos. Além de Treze e Campinense, Zé Luiz defendeu ainda Portuguesa e Ceará, antes de pendurar definitivamente as chuteiras em 1972, ano em que disputou sua primeira eleição.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Em 1972, aos 32 anos de idade, Zé Luiz realizou sua estreia eleitoral, candidatando-se a vereador pela ARENA. Durante sua campanha, o principal projeto era a construção de um novo estádio de futebol em Campina Grande. Eleito com a maior votação (4.495 sufrágios), veria o projeto de uma nova praça esportiva tornar-se realidade em 1975, com a inauguração do estádio Amigão. Foi reeleito em 1976, com 2.410 votos.

Credenciou-se a disputar a eleição para deputado estadual em 1982, desta vez pelo PMDB (foi preterido na convenção que escolheu o candidato a vice de Ronaldo Cunha Lima na eleição municipal, dando lugar a Antônio de Carvalho Sousa). Elegeu-se com 21.075 votos. Não disputou a reeleição em 1986, elegeu-se novamente vereador em 1988, pelo PMB, e ausentou-se do pleito de 1990, voltando a disputar uma eleição apenas em 1992, também disputando uma vaga na Câmara de Vereadores de Campina Grande. Filiado ao PDT, José Luiz foi o candidato mais votado, com 3.399 sufrágios. Dois anos depois, em 1994, disputou uma vaga na Assembleia Legislativa novamente pelo PDT. Elegeu-se com a oitava maior votação (16.529 votos)[1][2]

Em 1998, disputou sua única eleição para deputado federal, pelo PMDB. Embora obtivesse 40.838 votos, José Luiz não conseguiu uma vaga na Câmara dos Deputados.

Filiou-se ao PSB em 2002, quando disputou sua última eleição para deputado estadual. Angariou 11.675 votos, insuficientes para se eleger.

De volta ao PMDB em 2004, foi escolhido como candidato a vice-prefeito na chapa de Veneziano Vital, que seria eleito prefeito de Campina Grande apenas no segundo turno, com apenas 791 votos de vantagem sobre seu concorrente Rômulo Gouveia (PSDB). Ambos seriam reeleitos em 2008, quando José Luiz filiou-se ao PSC. Em abril de 2010, passou por um transplante de fígado, recebendo alta pouco depois.[3]

Em 2012, afastou-se do cargo de vice-prefeito para candidatar-se a vereador, mais uma vez pelo PMDB (sua pré-candidatura a prefeito chegou a ser cogitada, mas o partido indicou Tatiana Medeiros como a representante peemedebista no pleito). Com 2.052 votos, não conseguiu eleger-se para o cargo. Em 1 de janeiro de 2013, Veneziano e José Luiz deram lugar a Romero Rodrigues e Ronaldo Cunha Lima Filho, respectivamente.

Carreira no jornalismo[editar | editar código-fonte]

Além da política, José Luiz também teve passagens destacadas como jornalista. Comandou programas nas TVs Borborema e Correio, fazendo um jornalismo que promovia ajuda aos menos favorecidos. Seu principal bordão era "Venha comigo!", que foi usado tanto em seus programas quanto nas eleições que disputou.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Treze Futebol Clube - 80 anos de história, PB, 2005.

Referências

  1. «Ex-vice-prefeito José Luiz Junior é nomeado como assessor de Romero». PB Agora-Política. 2 de setembro de 2015. Consultado em 2 de outubro de 2015 
  2. «José Luiz Junior deve voltar à coordenação do Programa Fome Zero». Portal política na Paraiba. 2 de setembro de 2015. Consultado em 2 de outubro de 2015. Arquivado do original em 3 de outubro de 2015 
  3. Vice-prefeito de Campina Grande, José Luiz Jr, recebe alta às 10 horas - ClickPB
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.