Juliano Medeiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ivan Valente (E) e Juliano Medeiros (D) durante o VI Congresso Nacional do PSOL, em 2017.

Juliano Medeiros (Sapucaia do Sul, 17 de setembro de 1983) é um jovem dirigente político da esquerda brasileira e desde janeiro de 2018 ocupa a presidência do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).[1]

Historiador e Mestre em História pela Universidade de Brasília (UnB), é doutorando em Ciências Políticas pela mesma instituição. Co-autor e organizador de Um Mundo a Ganhar e Outros Ensaios (Multifoco, 2013), Um Partido Necessário - 10 anos do PSOL (Fundação Lauro Campos, 2015) e Cinco Mil Dias: o Brasil na era do lulismo (Boitempo, 2017), colabora com sites, jornais e revistas no Brasil e exterior.

Em 2018 coordenou a campanha de Guilherme Boulos à Presidência da República pelo PSOL e, desde a vitória de Jair Bolsonaro, participa do Fórum dos Presidentes de Partidos de Oposição.

Referências