Kleiton Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kleiton Lima
Informações pessoais
Nome completo Kleiton Barbosa de Oliveira Lima
Data de nasc. 5 de maio de 1974 (44 anos)
Local de nasc. Santos (SP),  Brasil
Apelido Espião
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Santos B
Posição Treinador de futebol
Clubes de juventude
Brasil Santos
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1992
19931995
Brasil Comercial-SP
Estados Unidos San Francisco Seals
Times/Equipas que treinou
19972010
20082011
2011
2011
2012
2012
20122013
2013
2014
2015
Brasil Santos feminino
Brasil Brasil feminino
Brasil Vitória-PE feminino
Brasil Red Bull Brasil (assistente)
Brasil São Caetano (assistente)
Brasil Sport (assistente)
Brasil XV de Piracicaba (assistente)
Brasil Sport (assistente)
Brasil Grêmio Barueri
Brasil Santos B

Kleiton Barbosa de Oliveira Lima, mais conhecido como Kleiton Lima (Santos, 5 de maio de 1974), é um ex-futebolista e treinador brasileiro. Atualmente, é técnico do Santos B.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após jogar nas categorias de base do Santos e se profissionalizar como jogador de futebol, Kleiton Lima aceitou o desafio em 1994 de, aos 20 anos, fazer parte de uma equipe de futebol na cidade de São Francisco nos EUA, no momento em que se buscava popularizar o esporte nos Estados Unidos. Campeão californiano, o time foi selecionado para treinar contra a Rússia, que fez parte o grupo do Brasil na Copa do Mundo, ao lado de Camarões e Suécia.

A equipe de Kleiton Lima realizou uma semana de treinamentos com os russos, além de dois jogos-treinos. O brasileiro também foi muitas vezes selecionado para completar alguns trabalhos com a seleção, o que deu a ele um bom conhecimento da tática daquele que seria o primeiro adversário do Brasil no Mundial.

Após um dos treinamentos, ele foi descoberto pela imprensa brasileira que tentava conversar com a delegação russa. Depois de conceder entrevistas e falar sobre os adversários do Brasil, foi convidado por Zagallo para uma reunião. O objetivo era transmitir a Carlos Alberto Parreira tudo o que vinha sendo trabalhado, além da maneira de atuar dos jogadores da Rússia. Ficou então conhecido como "espião" daquela Copa do Mundo que o Brasil foi Tetra Campeão. No ano seguinte retornou ao Brasil e fundou uma escolinha de futebol chamada Spy Soccer Club, percebendo que nos Estados Unidos da América a procura pelo futebol feminino e a maneira como a modalidade era tratada, resolveu implantar e fundar a primeira escolinha especializada em futebol feminino da baixada santista.

Após várias conquistas, foi convidado em 1997 pelo Santos a trabalhar no clube, permaneceu dirigindo a equipe como treinador por 14 anos, onde conquistou vários títulos nacionais e internacionais.

Trabalhou também nas categorias de base masculina, onde dirigiu atletas renomados, como: Robinho, Diego, Paulo Almeida, William, Alex e outros. No fim de 2007 assumiu a Seleção Brasileira Sub-20 de Futebol Feminino, e no final de 2008 foi promovido como técnico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, onde permaneceu até o fim de 2011.

Após revelar várias jogadoras para o cenário nacional e ter inúmeras conquistas na modalidade, colocando o futebol feminino brasileiro no mais alto patamar, em 2012 aceitou o desafio te trabalhar na equipe profissional masculina de futebol do Red Bull Brasil durante o Campeonato Paulista da Série A2, no São Caetano Campeonato Brasileiro da Série B e no Sport Campeonato Brasileiro da Série A.

Em 2013 trabalhou no XV de Piracicaba durante o Campeonato Paulista da Série A1 e no Sport Campeonato Pernambucano.

Em 2014, comandou o Grêmio Barueri, no Campeonato Paulista da Série A2.

Em 2015, acertou seu retorno com o Santos para comandar o time sub-23, que posteriormente passou a ser chamado de Santos B.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Santos
Vitória-PE
Seleção Feminina
Individuais
Honrarias

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Jorge Barcellos
Técnico da Seleção Feminina do Brasil
2008-2011
Sucedido por
Jorge Barcellos