Knock Knock (1940)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Knock Knock
Pica-Pau Ataca Novamente (BRA)
 Estados Unidos
1940 •  cor •  7 min 
Direção Alex Lovy(não-creditado)[1]
Walter Lantz
(não-creditado)[1]
Produção Walter Lantz
História Ben Hardaway
L.E. Elliott
Elenco Sara Berner
Mel Blanc(não-creditado)
Bernice Hansen(não-creditado)[1]
Música Frank Marsales
Companhia(s) produtora(s) Walter Lantz Productions
Distribuição Universal Pictures
Lançamento 25 de novembro de 1940
Idioma inglês
Cronologia
Crazy House (1940)
Mouse Trappers (1941)

Knock Knock (Pica-Pau Ataca Novamente em português) é um filme de curta-metragem de animação estadunidense, sendo o 5º da série Andy Panda.[2] Este desenho é marcado pela primeira aparição do mais famoso personagem criado por Walter Lantz: o Pica-Pau.[3] Foi produzido por Walter Lantz Productions, distribuído pela Universal Pictures e estreou nos cinemas dos Estados Unidos em 25 de novembro de 1940.

História[editar | editar código-fonte]

Andy Panda e seu pai, o Papai Panda, estão sossegados e tranquilos em casa, até que são perturbados pelo Pica-Pau, que está picando e fazendo buracos no telhado da casa deles, perturbando os dois pandas, aparentemente só para se divertir. Papai Panda tenta capturar o pássaro, mas todas as suas tentativas fracassam. Após vários fracassos de seu pai, Andy Panda tenta capturar o Pica-Pau colocando sal no rabo dele, para comprovar se isso é realmente possível. Para a surpresa do Pica-Pau, Andy Panda consegue capturá-lo com o sal, e este começa a desesperar-se, gritando e pedindo socorro. Neste momento, aparecem dois pica-paus vestidos de enfermeiros, dizendo ao Papai Panda que aquele pica-pau que estava perturbando eles é louco, e que havia fugido do hospício. Porém, para a surpresa de Papai Panda, os dois pica-paus que trabalham no hospício também são birutas, finalizando o desenho com um dos pica-paus batendo na cabeça de Papai Panda com uma maleta.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

  • Andy Panda: Dublado por: Bernice Hansen (Estados Unidos);[1]
  • Sr. Panda/Pica-Pau/Pica-paus enfermeiros: Dublado por: Mel Blanc (Estados Unidos);[1]

Notas de produção[editar | editar código-fonte]

Assim como a maioria dos curta-metragens de Walter Lantz feitos nos anos 40, Knock Knock não possui o nome do diretor nos créditos finais. Entretanto, Lantz afirmou que ele mesmo havia dirigido este desenho.[carece de fontes?] A animação de Knock Knock foi feita por Alex Lovy e Frank Tipper, a história por Ben Hardaway e Lowell Elliott e a música por Frank Marsales. Esta foi a última vez em que Marsales providencia a música para um desenho animado de Lantz.[3]

Knock Knock é marcado pela primeira aparição do mais famoso personagem criado por Walter Lantz Lantz: o Pica-Pau. Sendo assim, é também o primeiro curta-metragem de Lantz à utilizar a famosa risada do Pica-Pau, criada pelo dublador Mel Blanc, o qual veio aperfeiçoando a risada desde o tempo do colegial.[4]

Inicialmente, quando Walter Lantz apresentou o desenho Knock Knock à Bernie Kreisler, chefe do departamento de curta-metragens da Universal Studios, ele o rejeitou, dizendo que o Pica-Pau era a coisa mais feia que já tinha visto.[5] Porém, Lantz insistiu para que distribuissem o desenho, dizendo que estava apostando tudo no personagem. A Universal atendeu aos seus pedidos, e distribuiu o desenho Knock Knock que, para a surpresa de Kreisler, foi um sucesso estrondoso. Então, Kreisler pediu à Lantz novos desenhos do Pica-Pau, como se nada tivesse acontecido.[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Como já dito, Knock Knock foi um grande sucesso nos cinemas.[5] Devido à boa recepção do público, Lantz percebeu que possuia um bom personagem para substituir o Coelho Osvaldo, o qual estava em declínio. Com isso, o Pica-Pau passou estrelar sua própria série de filmes de curta-metragem de animação, e tornou-se o personagem mais popular da Universal Studios.

Censura[editar | editar código-fonte]

Quando este desenho é exibido na televisão, as emissoras de TV sempre "cortam" o final do desenho, bem na hora em que os dois pica-paus que trabalham no hospício aparecem para levar o Pica-Pau embora.[6] Esta censura ocorreu em vários países do mundo, incluindo o Brasil. Por causa disso, a dublagem em português deste desenho nunca foi concluída, e por isso, no final, os personagens aparecem falando em inglês.[7]

Devido a este problema na dublagem brasileira, Knock Knock não foi incluído nos DVDs do Pica-Pau lançados no Brasil.[8]

Referências

  1. a b c d e «Knock Knock (1940) Full Cast & Crew - IMDb» (em inglês). Internet Movie Database. Consultado em 3 de dezembro de 2008 
  2. «Andy Panda Theatrical Series -Walter Lantz» (em inglês). Big Cartoon DataBase. Consultado em 3 de dezembro de 2008 
  3. a b Tatay, Jack; Komorowski, Thad; Shakarian, Pietro; Cooke, Jon. «The Walter Lantz Cartune Encyclopedia: 1940» (em inglês). The Walter Lantz Cartune Encyclopedia. Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  4. «Knock Knock (1940) Biography for Mel Blanc - IMDb» (em inglês). Internet Movie Database. Consultado em 17 de agosto de 2008 
  5. a b c Tatay, Jack; Komorowski, Thad; Shakarian, Pietro; Cooke, Jon. «Cartune Profiles: Woody Woodpecker» (em inglês). The Walter Lantz Cartune Encyclopedia. Consultado em 3 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2015 
  6. «Knock Knock Production Information» (em inglês). Big Cartoon DataBase. Consultado em 3 de dezembro de 2008 
  7. Pereira, Edipo (6 de outubro de 2017). «Universal lança Pica-Pau e Seus Amigos em DVD». Cosmo Nerd. Consultado em 16 de maio de 2019 
  8. Ventura, Fernando. «Universal lança Pica-pau clássico em DVD». Animation-Animagic.com. Consultado em 16 de maio de 2019. Diferente da versão original americana, são apenas 8 ou 9 desenhos por disco e nenhum extra. Ainda assim os DVDs são imperdíveis. O motivo é que a hilária dublagem feita para a televisão nos anos 70, foi incorporada aos desenhos remasterizados dos negativos originais. Isso talvez explique a ausência de alguns desenhos originalmente editados na versão televisiva, incluindo "Pica-Pau Ataca Novamente" (Knock Knock - 1940), primeira aparição do pássaro biruta. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]