Bedtime Bedlam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde fevereiro de 2016). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Bedtime Bedlam

Pica-Pau Ama-Seca
Série Pica-Pau 
 Estados Unidos

1956 ı cor ı 6 minutos e 6 segundos min

Dire[c]ção Paul J. Smith
Produção Walter Lantz
História Michael Maltese
Animação Robert Bentley
Herman Cohen
Laverne Harding
Gil Turner
Art Landy
Estúdio Walter Lantz Productions
Formato Technicolor
Distribuição Universal Pictures

Precedido por Private Eye Pooch (1955)
Seguido por Square Shootin' Square (1955)

Pica-Pau Ama-Seca (no original: Bedtime Bedlam) é o 63º curta-metragem da série Pica-Pau, produzido em 1955.

História[editar | editar código-fonte]

Pica-Pau trabalha como ama-seca na Agência de Bebês "Sossego", quando recebe uma ligação da Sra. Granaviva (no original, Sra. Moneybags), que pede ao pássaro para que cuide de um bebê, e em troca, receberia 500 cruzeiros. Pica-Pau chega apressado, e, pensando que era o bebê, segura o Sr. Granaviva. Percebendo o engano, a Sra. Granaviva diz que o bebê estava no outro lado em seu berço.

Quando o Pica-Pau assiste a um filme de faroeste, o bebê começa a chorar e o pássaro tenta acalmá-lo com a mamadeira. O pássaro fica espantado ao descobrir que o bebê, na verdade, era um gorila e tenta fugir, mas ainda pensa nos 500 cruzeiros que a Sra. Granaviva iria pagar a ele. Sua experiência como ama-seca do bebê-gorila foi praticamente infrutífera: tentou fazer o animal arrotar, trocou a fralda e brincou, mas não conseguiu. A última tentativa foi fazer o gorila dormir, soltando uma pedra em cima dele.

Quando vai novamente assistir, o Pica-Pau vê um jornalista interromper o filme para noticiar a viagem do Sr. e da Sra. Granaviva para uma jornada de 20 anos na selva africana, e o pássaro, enquanto bebe um refrigerante, fica revoltado ao saber que não receberia os 500 cruzeiros. Em seguida, atira contra a televisão, derrubando o avião em que o casal viajava. Ao ver o gorila dormir, bate contra uma panela e faz o animal chorar. O Pica-Pau dá sua risada de sorte e da cambalhotas pela casa, encerrando o episódio.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Cooke, Jon, Komorowski, Thad, Shakarian, Pietro, and Tatay, Jack. "1955". The Walter Lantz Cartune Encyclopedia.