Chew-Chew Baby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chew-Chew Baby

Uma Dama Muito Fina
Série Woody Woodpecker 
 Estados Unidos

1945 ı colorido ı 7 min

Dire[c]ção James Culhane
Produção Walter Lantz
História Ben Hardaway
Milt Schaffer
Vozes Ben Hardaway
Música Darrell Calker
Animação Paul Smith
Grim Natwick
Leiautes Art Heinemann
Cenários Philip DeGuard
Estúdio Walter Lantz Productions
Formato Technicolor
Distribuição Universal Studios

Precedido por Esqui Para Dois
Seguido por O Pica-Pau Come Fora

Chew-Chew Baby, ou Uma Dama Muito Fina é o 13º desenho animado cinematográfico da série animada Pica-Pau. Foi produzido no dia 5 de Fevereiro de 1945.

História[editar | editar código-fonte]

O desenho abre com a fachada da pensão de Leôncio. De repente, do topo da pensão até o térreo, as luzes se acendem. Segundo Leôncio, Pica-Pau só come e não lhe paga nada. Daí, ele chuta o pássaro para o lixo lhe chamando de "vagabundo". Logo depois, Pica-Pau descobre através de um anúncio de jornal que Leôncio busca uma mulher para se casar. Daí, o pássaro se veste de mulher tendo passado a se chamar Clementina e ao visitar Leôncio na pensão começa a devorar a comida dele.

Então, Leôncio se senta com tanta força no sofá em que Clementina está sentada que esta pula, se transformando novamente em pleno ar no Pica-Pau. A peruca dela cai em Leôncio, e o pássaro, ainda no ar, se livra do resto da fantasia. Ao cair de novo sentado no mesmo sofá, Pica-Pau joga Leôncio para cima, e o fura com um garfo. Quando Leôncio reconhece o pássaro, este diz que ele é Clementina e o joga no piano.

Depois, começa os sucessivos ataques de comilança:

  1. O pássaro come maçãs na geladeira. Leôncio tenta socar a cabeça dele, que mais do que de repente fecha a porta da geladeira e foge deixando a morsa com uma mão bem perto do ombro e outra bem longe do ombro.
  2. O pássaro come tortas deixadas em uma mesa de madeira. Enquanto isso, já pode-se ver um pedaço de madeira em cima do Pica-Pau. Leôncio tenta bater nele com uma ripa, mas o pássaro bica a ripa e a morsa recebe a famosa "torta na cara".
  3. O pássaro assalta outra mesa de madeira com vários tipos de frutas. Por debaixo do assoalho onde está o pássaro, Leôncio corta um círculo. Esperto, Pica-Pau deixa um cofre no seu lugar, que, quando cai em cima da morsa, ela fica negra de alcatrão.
  4. O pássaro come um balde cheio de sorvete, quando a morsa coloca uma dinamite perto do pássaro, que o empurra e puxa uma porta corta-incêndio. Durante essa cena, Pica-Pau pede aos telespectadores que se segurem nas cadeiras, pois iriam ouvir a maior explosão da história. Este tapa os ouvidos, e a dinamite explode.

Então, ele entra no rombo da porta e aparece com uma esteira de ambulância. No meio dela, o pássaro está rodeado de frutas. No fim, ele diz à morsa que faz o trabalho de três pica-paus.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]