Lúcia Nóbrega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lúcia Nóbrega é uma roteirista de quadrinhos brasileira. Trabalhou nos Estúdios Mauricio de Sousa e na Abril Jovem, onde desenvolveu roteiros para revistas em quadrinhos da Disney e dos Trapalhões. Lúcia também foi responsável pelos roteiros das edições 7 a 9 da HQ Misty, licenciada pela Marvel Comics para a Abril Jovem nos anos 1980. A revista original, com roteiros de Trina Robbins foi publicada apenas até a sexta edição nos Estados Unidos e, para dar continuidade à série no Brasil, os roteiros foram assumidos por Lúcia e os desenhos, por Watson Portela. Em 1996, Lúcia ganhou o Prêmio Angelo Agostini na categoria "melhor roteirista".[1][2][3][4][5]

Referências

  1. «Dado Selvagem 2». Omelete. 13 de setembro de 2001 
  2. Marcus Ramone (1 de julho de 2004). «HQs Disney no Brasil: criadores e criaturas». Universo HQ 
  3. Worney Almeida de Souza (16 de dezembro de 2005). «Tudo sobre o Dia do Quadrinho Nacional e o Troféu Angelo Agostini». Bigorna.net 
  4. Jéssica Chayanna da Costa, Rafael Jose Bona e Roberta Del-Vechio (4 de junho de 2015). «Transposição de narrativa audiovisual para a mídia impressa: A paródia da telenovela Pantanal para os quadrinhos» (PDF). XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul 
  5. Daniela Marino (18 de agosto de 2015). «A representado feminina em Misty nas publicações produzidas no Brasil e nos Estados Unidos» (PDF). Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.