Lauro Müller (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o político catarinense Lauro Severiano Müller, veja Lauro Müller.
Município de Lauro Müller
Bandeira de Lauro Müller
Brasão de Lauro Müller
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 20 de janeiro de 1957 (62 anos)
Gentílico lauromülense ou lauro-milense[1]
Prefeito(a) Valdir Fontanella (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Lauro Müller
Localização de Lauro Müller em Santa Catarina
Lauro Müller está localizado em: Brasil
Lauro Müller
Localização de Lauro Müller no Brasil
28° 23' 34" S 49° 23' 49" O28° 23' 34" S 49° 23' 49" O
Unidade federativa Santa Catarina
Mesorregião Sul Catarinense IBGE/2008 [2]
Microrregião Criciúma IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Orleans, Urussanga, Treviso e Bom Jardim da Serra.
Distância até a capital 188 km
Características geográficas
Área 270,508 km² [3]
População 15 000 hab. Estimativa populacional - IBGE/2017[4][5]
Densidade 55,45 hab./km²
Altitude 220 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,735 alto PNUD/2010 [6]
PIB R$ 189 322,799 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 13 397,69 IBGE/2008[7]

Lauro Müller é um município brasileiro do estado de Santa Catarina.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 28º23'34" sul e a uma longitude 49º23'48" oeste, estando a uma altitude de 220 metros.

A cidade possui dois distritos: Barro Branco, onde inciaram as primeiras minas de carvão no início do século XX, e Guatá, que fica ao pé da famosa estrada da Serra do Rio do Rastro.[8]

Possui uma área de 270,5 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2016 era de 15.073 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Estação Ferroviária de Lauro Müller, desativada após a enchente de março de 1974
Estação Ferroviária de Lauro Müller, desativada após a enchente de março de 1974

Apesar do nome em alemão, o município foi colonizado por italianos no final do século XIX. Em 1827 se deu o início da exploração do carvão mineral, sendo até hoje uma das maiores geradoras de emprego do município, porém essa economia só se desenvolveu com a chegada dos imigrantes italianos no final do século.

João Leonir Dall'Alba registra:[9] "Retirado, fora do caminho das tropas, os primeiros mineiros acamparam, à margem do rio, na foz do Passa Dois, e chamaram ao lugar Bom Retiro. Chamou-se também Arraial da Mina. Quando os ingleses deram em trabalhar, portanto depois de 1885, deu-se-lhe o nome de Minas dos Ingleses. Mais comumente, o topônimo era mesmo Minas. Em 25 de setembro de 1905 a estação das Minas recebe o nome do estadista Lauro Müller, nome dado pelo engenheiro Álvaro Marcondes dos Reis." "Talvez a primeira construção no local da cidade atual tenha sido a estação ferroviária, construída de pedras pelo imigrante italiano Uliano Batista, em 1883, mas inaugurada em 1 de outubro de 1885."

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

A Serra do Rio do Rastro é o local mais visitado do município.[10]

Outros locais bastante visitados são o Castelo Henrique Lage[11] e a mina de carvão modelo, em frente à Capela de Santa Bárbara no distrito de Barro Branco.

Referências

  1. História de Lauro Müller no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Estimativa Populacional 2011». Estimativa Populacional 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2011. Consultado em 30 de maio de 2012 
  5. «Censo 2010 – São Paulo» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 30 de junho de 2014 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  8. Prefeitura Municipal de Lauro Müller.
  9. Dall'Alba, João Leonir: Colonos e Mineiros no Grande Orleans, 1986, página 371
  10. Prefeitura de Lauro Müller > Turismo > Atrativos > Serra do Rio do Rastro Acessado em 9 de abril de 2017
  11. Prefeitura de Lauro Müller > Turismo > Atrativos > Castelo Acessado em 9 de abril de 2017

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.