Lebkuchen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2012)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Lebkuchen tradicional com glacê de açúcar enfeitado com amêndoas

Lebkuchen, ou também Pfefferkuchen, é um tipo de pastel ou doce típico natalino, conhecido desde a Idade Média, consumido principalmente nos países europeus com inverno rigoroso, como por exemplo Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Polônia e Suíça. O Lebkuchen pode ser comparado com o Pão de Mel no Brasil devido à sua consistência e sabor, assim como com o bolo de mel da Ilha da Madeira.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Lebkuchen em formato de coração coberto de chocolate
Obreia, sob a qual é colocada a massa do doce

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

Formato e aparência[editar | editar código-fonte]

  • O Lebkuchen é achatado com no máximo 2 cm de altura. Tradicionalmente o doce é fabricado em formato redondo, quadrado como também em forma de coração. Porém, também existem Lebkuchen relembrando no formato o papai Noel.
  • A massa do doce, antes de entrar no forno, é colocada em obreias. Uma obreia é similar a hóstia, feita de farinha e água, com aproximadamente um milímetro de espessura.
  • O doce pode receber uma cobertura de chocolate ou de glacê de açúcar, como também é possível enfeitá-lo simplesmente com amêndoas.

História[editar | editar código-fonte]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Lebkuchen

A origem da palavra Lebkuchen até hoje é incerta. Aparentemente o termo significa "bolo da vida", pois Leb é oriundo de Leben (em alemão: vida) e Kuchen (em alemão: bolo). Porém, o termo pode ter origens na língua germânica como também no latim:

  • Laib (em germânico: corpo, como por exemplo a hóstia representando o Corpo de Cristo na liturgia cristã)
  • Libum (em latim: bolo, pão achatado (tipo pão sírio) ou oferenda)

Pfefferkuchen (em alemão: bolo de pimenta) como também é chamado o Lebkuchen, tem suas origens no fato de que pimenta, como termo coletâneo, referia-se às especiarias raras, em geral provenientes do Oriente.

Origem[editar | editar código-fonte]

As primeiras escrituras sobre bolinhos a base de mel descobertos em túmulos egípcios datam de 350 a. C.. Também os romanos conheciam o panus mellitus, o qual era consumido não só durante a época do natal, como também durante a Páscoa ou a Quaresma, servidos com cerveja de alto teor alcoólico.

O Lebkuchen, como é conhecido hoje em dia, foi inventado em Dinant na Bélgica. O doce a seguir apareceu na cidade de Aachen, originando o doce conhecido sob o nome de Aachener Printen. Em seguida, as freiras nos conventos francônios adotaram o doce como sobremesa. O doce é documentado pela primeira vez pelo nome Pfefferkuchen em 1296 em Ulm, em seguida 1370 em Munique e em Nuremberga no ano 1395.

Como os ingredientes principais, as especiarias, provinham do Oriente; consequentemente, as cidades situadas nas intersecções das vias comerciais durante a Idade Média desenvolveram uma tradição no fabrico do Lebkuchen, como por exemplo as cidades Colônia, Munique, Nuremberga, Ulm e Basileia.

(Fonte do trecho História: Tradução da wikipedia alemã)

Casinha de Lebkuchen
Corações de Lebkuchen
Formas para fabricar Aachener Printen (por volta de 1850)
Basler Leckerli, doce da cidade de Basileia, na Suíça
Pain d´épices, bolo de especiarias francês

Especialidades e variedades[editar | editar código-fonte]

Casinha de Lebkuchen[editar | editar código-fonte]

Muito populares são as casinhas feitas com massa de Lebkuchen, relembrando a casinha da bruxa do conto infantil João e Maria dos Irmãos Grimm.

Corações de Lebkuchen[editar | editar código-fonte]

Lebkuchen em formato de coração é uma especialidade muito apreciada nas feiras tradicionais na Alemanha. A massa deste doce é bastante dura, pois normalmente os corações não são consumidos, mas sim, comprados como lembrança. As bordas dos corações são enfeitadas com glacê de açúcar e com este mesmo glacê escrevem-se mensagens no centro, do tipo „Eu te amo“ ou „Ao meu grande amor“.

Elisenlebkuchen[editar | editar código-fonte]

É uma especialidade entre os Lebkuchen conhecida desde 1808. O doce só pode ser considerado do tipo Elisenlebkuchen, quando pelo menos 25 % da massa é constituída por nozes, avelãs e amêndoas e só 11 % da massa deve ser de farinha.

Lebkuchen do tipo Nuremberga[editar | editar código-fonte]

Desde 1996 o termo Nürnberger Lebkuchen é uma denominação de origem protegida. As várias companhias situadas na região da cidade de Nuremberga são mundialmente conhecidas e só elas tem o direito de denominar seus produtos de Lebkuchen do tipo Nuremberga.

Outras variações[editar | editar código-fonte]

  • Aachener Printen, doce similar ao Lebkuchen proveniente da cidade alemã Aachen. O termo Aachener Printen é uma denominação de origem protegida.
  • Arzberger Lebkuchen, tipo de Lebkuchen proveniente da cidade alemã Arzberg.
  • Basler Leckerli, tipo de Lebkuchen proveniente da cidade suíça de Basileia e conhecido desde o século XIV.
  • Pulsnitzer Pfefferkuchen, é uma variação do Lebkuchen proveniente da cidade alemã Pulsnitz na Saxônia. O termo Pulsnitzer Pfefferkuchen é uma denominação de origem protegida. O doce não contém manteiga ou qualquer outro tipo de gordura. Como é feito em pequenas padarias familiares até hoje, os ingredientes exatos não são conhecidos, mantidos em segredo, passando de geração para geração.

Termos análogos[editar | editar código-fonte]

O que difere o Lebkuchen do pão de mel, do ginger bread (em inglês: pão de gengibre) ou também do pain d´épices (em francês: bolo de especiarias) são tanto os ingredientes, como o modo de preparo e também o formato em si:

Diferenciação

(em alemão) Ingwerbrot = (em inglês) Ginger bread = (em espanhol) pan de jengibre = (em português) Pão de gengibre

(em alemão) Honigkuchen = (em inglês) Honey cake = (em francês) Pain d´épices = (em português) Pão de mel

(em dinamarquês) Pebernødder = (em alemão) Lebkuchen ou Pfefferkuchen = (em norueguês) Pepperkake

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Lebkuchen

(em inglês) Site sobre Lebkuchen do tipo Nuremberga