Liga Jovem da UEFA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UEFA Youth League
Liga Jovem da UEFA
UEFA Youth League.svg
Logótipo da Liga Jovem da UEFA
Dados gerais
Organização UEFA
Edições 8
Local de disputa Europa
Sistema Grupos e Eliminatórias
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

A Liga Jovem da UEFA[1] é uma competição de futebol disputada pelas equipas sub-19 dos clubes apurados para a Fase de Grupos da Liga dos Campeões da UEFA, juntando-se a estes os campeões nacionais sub-19 dos 32 países melhor posicionados no ranking da UEFA, que não se encontrem representados na Fase de Grupos da "principal" Liga dos Campeões.[2]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A UEFA Youth League é a primeira competição jovem a nível de clubes e foi criada na sequência de pedidos de vários emblemas, através da Associação Europeia de Clubes. A época 2013/14 assinala a sua primeira edição.

As equipas participantes na 1ª edição, Liga Jovem da UEFA de 2013–14, disputaram uma fase de grupos com a mesma composição da Liga dos Campeões da UEFA de 2013–14.[3]

Os 2 clubes mais bem classificados de cada um dos grupos disputará a fase de eliminatórias. Ao contrário da Liga dos Campeões da UEFA a fase de eliminatórias será disputada a uma só mão, com as meias finais e final disputadas em campo neutro.[3]

Fase de grupos

O acesso à competição é reservado às equipas jovens dos 32 clubes participantes na fase de grupos da UEFA Champions League. As equipas disputarão uma fase de grupos idêntica e com o mesmo calendário da UEFA Champions League.

Fase a eliminar e final

A fase a eliminar será constituída por eliminatórias a um só jogo, o que significa um máximo de dez partidas para qualquer equipa, com as meias-finais e a final a disputarem-se sob a forma de uma fase final, em terreno neutro. Não existirá jogo de atribuição do terceiro e quarto lugar.

Mais informação pode ser consultada nos regulamentos oficiais (em inglês) da competição.

História[editar | editar código-fonte]

A imprensa britânica comentou que esta competição teria sido formada para "limitar a crescente influência da NextGen series",[4] sendo que o ano de estreia da competição, coincidiu com o fim da NextGen series, anunciado a 16 de Agosto de 2013 pelos seus promotores, devido a problemas de financiamento da competição.[5]

O Barcelona foi o primeiro campeão do torneio vencendo na final o Benfica por 3 a 0. As duas edições seguintes foram conquistadas pelo Chelsea. A quarta edição do torneio foi vencida pelo RB Salzburg que na final venceu o Benfica por 2 a 1. Na edição 2017–18 o Barcelona voltaria a ser campeão batendo na final o Chelsea por 3 a 0. Na edição 2018–19 o FC Porto derrotou o Chelsea por 3 a 1 tornando-se o primeiro clube português a conquistar a prova. Na edição 2019–20 o Real Madrid Club de Fútbol derrotou o Benfica por 3 a 2, conquistando o primeiro título da competição.

Em 2022, com o acordo entre a CONMEBOL e a UEFA, o vencedor passou a disputar a Copa Intercontinental Sub-20 contra o vencedor da Copa Libertadores da América Sub-20.[6]

Aproveitamento por clube[editar | editar código-fonte]

Ano Final Semifinalistas Estádio da Final
Campeão Result Vice-campeão
2013–14
Detalhes
Espanha
FC Barcelona
3 – 0
Portugal
Benfica
Espanha
Real Madrid
Alemanha
Schalke 04
Suíça
Estádio Colovray, Nyon
2014–15
Detalhes
Inglaterra
Chelsea
3 – 2
Ucrânia
Shakhtar Donetsk
Bélgica
Anderlecht
Itália
AS Roma
2015–16
Detalhes
Inglaterra
Chelsea
2 – 1 França
Paris Saint-Germain
Bélgica
Anderlecht
Espanha
Real Madrid
2016–17
Detalhes
Áustria
RB Salzburgo
2 – 1 Portugal
Benfica
Espanha
Real Madrid
Espanha
FC Barcelona
2017–18
Detalhes
Espanha
FC Barcelona
3 – 0
Inglaterra
Chelsea
Inglaterra
Manchester City
Portugal
FC Porto
2018–19
Detalhes
Portugal
FC Porto
3 – 1
Inglaterra
Chelsea
Espanha
FC Barcelona
Alemanha
TSG Hoffenheim
2019–20
Detalhes
Espanha
Real Madrid
3 – 2
Portugal
Benfica
Países Baixos
Ajax
Áustria
RB Salzburgo
2021-22
Detalhes
Portugal
Benfica
6 – 0
Áustria
RB Salzburgo
Espanha
Atlético de Madrid
Itália
Juventus
Clube Nº de Títulos Nº de Vices Aproveitamento
Inglaterra Chelsea 2 2 50%
Espanha FC Barcelona 2 0 100%
Portugal Benfica 1 3 25%
Áustria RB Salzburg 1 1 50%
Portugal FC Porto 1 0 100%
Espanha Real Madrid 1 0 100%
Ucrânia Shakhtar Donetsk 0 1 0%
França Paris Saint-Germain 0 1 0%

Aproveitamento por país[editar | editar código-fonte]

País Nº de Títulos Nº de Vices Aproveitamento
Flag of Spain.svg Espanha 3 0 100%
Portugal Portugal 2 3 40%
 Inglaterra 2 2 50%
 Áustria 1 1 50%
 Ucrânia 0 1 0%
 França 0 1 0%

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Edição Jogador Clube Gols
2013–14 Espanha Munir El Haddadi FC Barcelona 11
2014–15 Inglaterra Dominic Solanke Chelsea 12
2015–16 Espanha Roberto Núñez Mañas Atlético de Madrid 9
2016–17 Espanha Jordi Mboula
Países Baixos Kaj Sierhuis
FC Barcelona
Ajax
8
2017–18 Rússia Ivan Ignatyev Krasnodar 10
2018–19 Inglaterra Charlie Brown Chelsea 12
2019–20 Itália Roberto Piccoli
Portugal Gonçalo Ramos
Atalanta
SL Benfica
8
2021-22 Dinamarca Mads Hansen
Dinamarca Aral Simsir
Midtjylland
Midtjylland
7

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «UEFA EURO 2020 to be held across continent». UEFA.com. 7 de dezembro de 2012. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  2. «UEFA EURO 2020, UEFA Super Cup decisions». UEFA.com. 30 de junho de 2012. Consultado em 2 de julho de 2012 
  3. a b «UEFA Youth League club competition launched». UEFA.com. 7 de dezembro de 2012. Consultado em 7 de dezembro de 2012 
  4. «UEFA to launch U19 shadow Champions League from 2013 to curtail NextGen series». Daily Mail. Consultado em 2 de julho de 2012 
  5. http://www.independent.co.uk/sport/football/news-and-comment/nextgen-series-cancelled-amid-funding-shortage-8770347.html
  6. «Conmebol e Uefa anunciam versão feminina da Finalíssima e Intercontinental Sub-20». ge. Consultado em 15 de julho de 2022