Medusa (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Medusa (Marvel Comics)
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Fantastic Four vol. 1 #36, (Março de 1965)
Criado por Stan Lee
Jack Kirby
Características do personagem
Alter ego Medusalith Amaquelin Boltagon
Espécie Inumana
Afiliações Inumanos
Quarteto Fantástico
Quarteto Terrível
Codinomes conhecidos Madame Medusa, Rainha Medusa, Medusa dos Inumanos, Medusa à Rainha.
Habilidades
  • Manipulação capilar.
  • Força, resistência, velocidade, durabilidade, agilidade e reflexos comuns entre os Inumanos.
  • Visão petrificadora.
  • Grande intelecto.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Medusa (alter ego de Medusalith Amaquelin Boltagon) é uma personagem do Universo Marvel. Sua primeira aventura foi em Fantastic Four vol. 1 #36, criada por Stan Lee and Jack Kirby. É conhecida por ser à rainha dos Inumanos e também, por ser a Inumana mais famosa ao lado de seu marido Raio Negro. É constantemente vista como a verdadeira soberana dos Inumanos.

História[editar | editar código-fonte]

Medusa faz parte da raça dos Inumanos, que seriam humanos há muito tempo geneticamente modificados pelos alienígenas conhecidos como Krees. Medusa nasceu na ilha de Attilan, tendo como pais Quelin e Ambur, ambos inumanos. Quelin era irmão de Rynda, esposa do rei Agon. Devido a essa ligação familiar, Medusa foi considerada como membro da família real de Attilan.

Medusa apareceu pela primeira vez na edição americana de número 36 da revista Fantastic Four como Madame Medusa. Naquela ocasião ela estava acometida de amnésia, como resultado de um acidente de avião. Aproveitando-se disso, o Mago, membro do Quarteto Terrível conseguiu fazer com que ela se juntasse ao seu grupo para enfrentar o Quarteto Fantástico. Depois de algumas batalhas, Medusa finalmente recuperou suas memórias, reencontrou-se com seu marido Raio Negro, que estava à sua procura e retornou para Attilan.

Ela voltaria a aparecer nas histórias do Quarteto Fantástico e até mesmo a se tornar um de seus membros, como substituta temporária de Susan Richards, a Mulher Invisível. Inclusive, atráves de suas relações com o Quarteto Fantástico, Medusa e Raio Negro puderam alcançar um certo entendimento entre as raças humana e inumana. Contudo, não o suficiente para evitar que alguns conflitos viessem a ocorrer.

Após a morte de seus pais Raio Negro se tornou o rei dos Inumanos e a cidade de Attilan foi movida para a Área Azul da Lua. Raio Negro então se casou com Medusa e quando esta ficou grávida o Conselho Genético de Attilan recomendou que a gravidez deveria ser interrompida devido à possibilidade de a criança sofrer do mesmo tipo de insanidade de Maximus, irmão de Raio Negro. Medusa então desafiou o Conselho e fugiu para a Terra a fim de evitar um aborto forçado, vivendo no anonimato até que a criança nascesse, chamando-o de Ahura.

Depois de um certo tempo, ela se tornou grande amiga da Mulher Invisível e foi chamada pelo marido da Mesma (Reed Richards) para integrar na Fundação Futuro, junto de Miss Coisa, She Hulk e Homem Formiga. Enquanto seu marido estava junto dos Illuminatis, ela tanto partia em missões com a Fundação como também reinava como rainha regente na cidade dos Inumanos. Mais tarde, durante a saga Infinito, onde Thanos invadiu a terra e matou milhares de Inumanos para que seu filho Thane (que também é um Inumano) morresse e não tomasse seu trono, Medusa viu um novo dilema em sua vida: Se tornar a verdadeira rainha de Attilan, uma vez que seu marido desapareceu junto de seu filho e a raça estava agora ameaçada e sem um líder. Como membro da família real, ela tomou posse do poder e recriou a base no Rio Hudson, intitulada como Nova Attilan, onde reina como rainha suprema dos Inumanos. Capitão América e Thor apoiaram sua coroação e lhe ofereceu ajuda para seu reinado, mas então a saga EIXO aconteceu e Medusa foi invertida por um feitiço de Wanda Maximoff (Feiticeira Escarlate) se tornando uma tirana arrogante e maléfica que queria transformar o império Inumano no maior do planeta, porém graças a Dr. Voodoo, e Dr. Doom, Medusa voltou ao normal e continuou regendo o trono, só que desta vez, seu marido Raio Negro tinha voltado do seu repentino sumiço, querendo o trono de volta, mas Medusa não iria ceder a coroa para um Rei que abandonasse seu povo no momento mais crítico, fazendo que o casal então, entrasse numa guerra interna.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Medusa pode controlar individualmente todo o seu cabelo, podendo esticá-lo para tamanhos surreais, além de ser maleável, dando ao mesmo várias formas que desejar. O seu cabelo é mais duro que metal, mais pesado que titânio e mais resistente que aço, servindo tanto para ataque quanto defesa. Seu cabelo também pode queimar a pessoa com queimaduras de terceiro grau, gerando calor capilar através de um amontoado em volta do inimigo. Ela também possui agilidade, força e reflexos sobre humano, por ser uma Inumana da família real, grande estrategista em batalha, intelecto superior e assim como à Medusa da mitologia, ela também pode transformar as pessoas em pedra através do olhar.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Na serie 1602, Medusa aparece na historia do "Quarteto Fantástico", como membro do Quarteto Terrivel. Assim como sua versão das atuais historias da Marvel ela pode usar seus cabelos como armas, a diferença é que nesse mundo seu cabelo tem o formato de cobras. Outra peculiaridade desta versão da Medusa é que assim como a da mitologia grega, quando alguém fita seus olhos, esta pessoas se transformam em pedra, tanto que ela usa este artificio para derrotar um leviatã na série.

Já no Universo Ultimate ela é uma rainha Leal ao seu povo e acredita que Humanos e Inumanos nunca se darão bem (totalmente diferente do que pensa sua versão original) e procura sempre fazer o que seu marido lhe pede, mas, possui uma grande tristeza e arrependimento de ter se casado com um homem que não pode expressar seus sentimentos.

Durante a Dinastia M, ela é uma rainha que não gosta de lutas, como também não liga para interesses políticos, pretendendo ficar longe dos conflitos entre Humanos e Mutantes.