Mulheres Ricas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mulheres Ricas
Informação geral
Formato Reality show
Duração 1 hora
Criador(es) Argentina Diego Guebel
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) Eyeworks
Diego Guebel
Elenco Valdirene Marchiori
Narcisa Tamborindeguy
Débora Rodrigues
Lydia Sayeg
Brunete Fraccaroli
Cozete Gomes
Mariana Mesquita
Aeileen Varejão
Andréa de Nóbrega
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Bandeirantes
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 2 de janeiro de 2012 - 11 de março de 2013
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 10
Cronologia
Último
Mulheres Ricas 2
Próximo

Mulheres Ricas foi um reality show brasileiro que relata a vida de mulheres brasileiras com alto poder aquisitivo. O formato foi criado por Diego Guebel,[1] e é produzido pela produtora Eyeworks e exibido na Band. O primeiro episódio foi exibido em 2 de janeiro de 2012.[2] A primeira temporada encerrou em 5 de março de 2012,[3] e a segunda temporada começou em janeiro de 2013.[4] Apesar de não ter os motivos declarados, o reality teve seu fim anunciado no último trimestre de 2013, podendo ser o corte de custos o motivo para tal ato.[5]

Formato

Mulheres Ricas acompanha a vida extravagante de cinco poderosas socialites e suas famílias, incluindo maratonas de compras, festas, planejamento de viagens exóticas, e outros elementos da vida no luxo.

Participantes

Temporada Participantes Estreia Final Destino Internacional
1
Brunete Fraccaroli
Lydia Sayeg
Narcisa Tamborindeguy
Débora Rodrigues
Val Marchiori
2 de janeiro de 2012
5 de março de 2012
Argentina
Buenos Aires
2
Aeileen Varejão
Andréa de Nóbrega
Cozete Gomes
Mariana Mesquita
Narcisa Tamborindeguy
Regina Manssur
Val Marchiori
7 de janeiro de 2013
11 de março de 2013
Portugal
Lisboa, Cascais, Sintra e Douro
França
Paris

Repercussão

O programa estreou no dia 2 de janeiro de 2012 substituindo o Custe o Que Custar no período de férias, entre as 22:20 e 23:30. A estreia foi um sucesso, atingindo 4,5 pontos de média e 6 pontos de pico na medição do Ibope[6] , além de ter ocupado 6 dos 10 trending topics brasileiros do Twitter durante a exibição.[7] Na mesma semana, a Band começou a negociar uma segunda temporada.[8] O programa teve repercussão negativa em jornais estrangeiros como Daily Mail[9] e The Guardian[10] por representar um deboche das desigualdades sociais do Brasil, além de simbolizar o momento de crescimento econômico pelo qual o país passa. O programa repercutiu negativamente também no Observatório da Imprensa, que o considerou uma afronta aos pobres brasileiros.[11]

Apesar das críticas, o sucesso continuou no segundo episódio, que marcou 5 pontos de média, impulsionado pela atenção dada pela imprensa.[12]

No terceiro episódio, a audiência caiu para 3 pontos. A exibição coincidiu pela primeira vez com um episódio do Big Brother Brasil, na Rede Globo, que na ocasião exibiu a eliminação de um participante acusado de estupro, levando o programa ao recorde da temporada. Além disso, no mesmo horário também foi apresentada a estreia de uma nova temporada de Astros, no SBT.[13] Até o final da temporada manteve os níveis baixos, marcando 3 pontos no último episódio.[14]

Referências

  1. Diego Guebel, o argentino que revolucionou a Band
  2. Jussara Soares (2 de janeiro de 2012). «'Mulheres Ricas' estreia hoje (2) na Band». Diário de S. Paulo. Consultado em 2 de janeiro de 2012. 
  3. Tony Goes (29 de fevereiro de 2012). «Adeus, "Mulheres Ricas", adeus». Folha.com. Consultado em 29 de fevereiro de 2012. 
  4. Os Paparazzi (6 de março de 2012). «Mulheres Ricas termina com brilho de Val Marchiori». Os Paparazzi. Consultado em 6 de março de 2012. 
  5. A Band cancelou o 'Mulheres Ricas'. Uma pena... Hello! - Com Val Marchiori (24/10/2013). Página visitada em 20/12/2013.
  6. «Jornal: 'Mulheres Ricas' fica em terceiro lugar na audiência». Terra. 4/1/2012. Consultado em 9/1/2012. 
  7. «"Mulheres Ricas" faz sucesso no Twitter». Band. 2/1/2012. Consultado em 9/1/2012. 
  8. «'Mulheres Ricas': 'Band' já negocia segunda temporada». SRZD. 5/1/2012. Consultado em 9/1/2012. 
  9. «Made in Rio: Reality show exposes the champagne and Chanel lifestyles of Brazil's new millionaires». Daily Mail. 4/1/2012. Consultado em 9/1/2012. 
  10. «Mulheres Ricas: Brazil's Rich Women brings lives of super-rich to TV». The Guardian. 3/1/2012. Consultado em 9/1/2012. 
  11. «Mulheres ricas, a ostentação na TV». Observatório da Imprensa. 10/1/2012. Consultado em 10/1/2012. 
  12. «"Mulheres Ricas" mantém bom Ibope mas perde para o SBT». Na Telinha. 10/1/2012. Consultado em 10/1/2012. 
  13. «Crescimento do "BBB12" derruba ibope do "Mulheres Ricas"». fatimanews. 18/1/2012. Consultado em 18/1/2012. 
  14. Na Telinha (6 de março de 2012). «Reality show "Mulheres Ricas" se despede em baixa na Band». Na Telinha. Consultado em 6 de março de 2012. 

Ligações externas

Ícone de esboço Este artigo sobre programas da Rede Bandeirantes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.