Mundo de Cristal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mundo De Cristal
Álbum de estúdio de Thalía
Lançamento 26 de setembro de 1991 (1991-09-26)
Gravação 1990—91
Gênero(s)
Duração 47:30
Idioma(s) Espanhol
Formato(s) LP, K7 e CD
Gravadora(s) Melody
Produção Alfredo Diaz Ordaz
Cronologia de Thalía
Thalía
(1990)
Love
(1992)
Singles de Mundo de Cristal
  1. "Sudor"
    Lançamento: 20 de agosto de 1991
  2. "En La Intimidad"
    Lançamento: 29 de outubro de 1991
  3. "Te Necesito"
    Lançamento: 20 de janeiro de 1992
  4. "Madrid (Promocional)"
    Lançamento: 1991
  5. "Fuego Cruzado"
    Lançamento: 30 de março de 1992

Mundo de Cristal é o segundo álbum de estúdio da cantora mexicana Thalía. Lançado apenas no México pelo selo Melody/Fonovisa em 1991.[1][2] Foi o último álbum de Thalia a ser produzido por Alfredo Díaz Ordaz, que foi o primeiro namorado de Thalia e morreu de hepatite em 1992.[3] O álbum foi certificado 2x Platina no México para embarques de 200.000.[4]

Para celebrar o 25º aniversário de Thalía como artista solo, em dezembro de 2014, este álbum está disponível nas plataformas digitais iTunes e Spotify.

Antecedentes e produção[editar | editar código-fonte]

Após o sucesso de seu primeiro álbum de estúdio, que rendeu à artista um certificado de 2× ouro, por mais de 200.000 cópias vendidas em menos de um ano,[5][6] a cantora estava exausta com a promoção do álbum.[7] Além disso, sua insatisfação com as inúmeras críticas recebidas por sua nova imagem rebelde e sensual era notável.[7] A cantora entrou em depressão e começou a pensar em parar de cantar..[7] Sua mãe Yolanda e seu namorado Alfredo Díaz a convenceram a tirar férias em Los Angeles e, nessa época, Alfredo a propôs em casamento.[7] A cantora recusa o pedido, mas sente que está pronta para continuar com sua carreira musical.[7]

As doze canções deste álbum foram produzidas por Alfredo Díaz Ordaz, que também produziu o álbum de 1990, Thalía. Quatro canções de Mundo de Cristal foram originalmente escritas para o álbum de estreia de Thalía: "Sudor", "Me Matas", "Jollie Madame" e "En La Intimidad". O álbum inclui canções de pop rock como "En La Intimidad", "Me Matas" e "Jollie Madame" e baladas como "Fuego Cruzado" e "Te Necesito".[8] "Jollie Madame" é a primeira canção de autoria de Thalía, e é mencionada nos créditos do álbum como seu "primeiro pacto com a música, em 5 de maio". "En Silencio" é uma dedicatória à memória de seu pai, que morreu quando Thalía era criança.[9]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Sudor: o primeiro single do segundo álbum de estúdio, lançado em agosto de 1991.[10] A música foi incluída na turnê promocional que passou por cidades mexicanas como Acapulco[4] e também na turnê de seu álbum Love, de 1993.[11] A música não recebeu um videoclipe oficial, mas um videoclipe foi feito para o programa de TV de Raúl Velasco Siempre en Domingo,[5] uma apresentação ao vivo foi feita para o especial de TV Love Thalía y Otras Fantasias, da Televisa.[12] De acordo com o jornal El Siglo de Torreón, Sudor foi uma das canções mais tocadas no México entre 1991 e 1992.[13] A canção alcançou o número três na Cidade do México,[14] o número seis em Los Angeles[15] e o número oito em San Salvador.[16] Na parada Notitas Musicales, Sudor alcançou a posição #9 no México.[17]
  • En La Intimidad: segundo single do álbum, foi lançada em outubro de 1991.[18] Para a divulgação do single foi gravado um videoclipe dirigido por Carlos Somonte.[19] O vídeo e a letra da música causaram polêmica no México devido ao seu conteúdo sexual, em resposta à polêmica a cantora disse: “Eu faço as coisas com muita sensualidade mas com muita qualidade, não faço vulgaridades e deixo as coisas nas entrelinhas para que as pessoas percebam e nada mais e assim deixo tudo para a imaginação."[20] O videoclipe foi incluído no boxset de Thalía La Historia lançado pela Universal Music, em 2010.[21] Outro videoclipe foi feito com exclusividade para o programa Siempre en Domingo apresentado por Raúl Velasco, do canal Televisa.[22] Em 1993, durante a promoção do terceiro álbum da cantora, intitulado Love, uma performance ao vivo foi adicionada ao especial Love y Otras Fantasias, a performance foi gravada pela Televisa em San Ángel.[23] Apesar da polêmica, a canção provou ser um sucesso, alcançando a posição #4 nas paradas do jornal El Siglo de Terreon, em Lima e San Salvador.[24][25]
  • Te Necesito: terceiro single do álbum, a música foi lançada em janeiro de 1992, não tem nenhum videoclipe oficial, Thalía divulgou o single em apresentações em programas de TV.
  • Fuego Cruzado: o quarto e último single do álbum, lançado em março de 1992, um videoclipe foi lançado para promover a música, sob a direção de L. Hernández. Nele, Thalía aparece cantando a música em vários lugares de Madrid como o parque El Retiro. O videoclipe foi incluído no boxset de Thalía, La Historia, lançado pela Universal Music em 2010, que incluiu os três primeiros álbuns da cantora e um DVD com seus videoclipes da era Fonovisa.[26] A canção alcançou a posição #2 em San Salvador na lista do jornal El Siglo de Torreón.[27] A canção também apareceu na parada da revista Notitas Musicales, que listava as canções mais tocadas no México semanalmente, e alcançou a posição #12 nela.[28] Em maio de 1992, para comemorar o sucesso do álbum Mundo De Cristal, que foi um dos mais vendidos de 1991, no México, e o sucesso dos singles "Sudor", "Te Necessito" e Fuego Cruzado ", a cantora apareceu na premiação Galardon a los Grandes, na qual interpretou a música e ganhou o prêmio que foi entregue por sua irmã Laura Zapata.[29][30]
  • Madrid (Promocional): foi lançado apenas promocionalmente, Thalía divulgou a música apresentando-se em programas de TV.

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Assim como seu antecessor, Mundo de Cristal fez sucesso no país natal de Thalía, vendeu mais de 100.000 cópias após seis semanas de lançamento e para celebrar o sucesso, um disco de ouro foi dado à cantora enquanto ela estava em turnê no México.[31] O álbum foi um dos álbuns mais vendidos no México na primeira metade de 1992.[30] Eventualmente, a cantora recebeu dois discos de ouro pelas vendas de mais de 200.000 cópias no México, que foi dado enquanto ela se apresentava em Acapulco.[4]

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Título Escritor(es) Duração
1 "Cristal (Instrumental)" Alfredo Díaz Ordaz 1:24
2 "Sudor (Parte I y II)" Alfredo Díaz Ordaz 5:04
3 "El Bombo de tu Corazón" Aureo Baqueiro 4:38
4 "Te Necesito" Alfredo Díaz Ordaz 4:58
5 "Madrid" Alfredo Díaz Ordaz 4:46
6 "Fuego Cruzado" Luis Cabañas Agudo, Pablo Pinilla 4:36
7 "Jollie Madame" Thalía Sodi 3:51
8 "Mundo de Cristal" Alfredo Díaz Ordaz 5:05
9 "En La Intimidad" Fernando Riba, Kiko Campos 5:06
10 "Me Matas" Pablo Pinilla 3:11
11 "En Silencio" Alfredo Díaz Ordaz 4:59
12 "Blues Jam" Thalía Sodi, Alfredo Díaz Ordaz 2:32

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Região Providor Certificação Vendas
México AMPROFON 2× Ouro 200,000+[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Thalía-Official Site». www.thalia.com. 2012. Consultado em 17 de outubro de 2012. Arquivado do original em 1 de novembro de 2012 
  2. «Allmusic:Thalía- Mundo de Cristal». www.allmusic.com. 2012. Consultado em 17 de outubro de 2012 
  3. «Billboard:Thalía Biography». www.billboard.com. 2012. Consultado em 17 de outubro de 2012 
  4. a b c d «Acapulco bailó y cantó con Thalía». Consultado em 17 de outubro de 2012 
  5. a b Velasco, Raúl (15 de setembro de 1993). Thalía en Siempre en Domingo. Siempre en Domingo. Televisa. YouTube title: Thalia Doble disco de oro Jul 1991 
  6. «Thalía mantiene su brillo y triunfa con "Valiente"». El Sol Latino (em espanhol). El Coquí Media Group, LLC. 2 de março de 2019. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  7. a b c d e Andrade, Nelson Theodoro (1999). «Biografia não autorizada». Brazil: Escala. p. 26 
  8. Mundo De Cristal (Notas de mídia). Discos America. 1991. TDD-037 
  9. «Thalía reconocida internacionalmente». El Siglo de Torreón. 4 de janeiro de 1992. Consultado em 9 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2016 
  10. Sudor (Notas de mídia). Discos America. 1991. PE/4897 
  11. «Thalía debuta en centro... Viene de la uno». El Siglo de Torreón. 19 de junho de 1993. Consultado em 19 de outubro de 2020 
  12. Thalia – Sudor – Especial “Love y Sus Fantasías” 1994. Univision. Televisa. 1993 
  13. «Raul Velasco entrega el "Galardon a los Grandes"». El Siglo de Torreón. 4 de dezembro de 1992. Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2020 
  14. «El Elepé de Vilo». El Siglo de Torreón. 8 de outubro de 1991. Consultado em 14 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 19 de março de 2016 .
  15. «Los discos más populares de EU». El Siglo de Torreón. 24 de janeiro de 1992. Consultado em 14 de dezembro de 2017 
  16. «Los discos más populares de Latinoamérica». El Siglo de Torreón. 8 de novembro de 1991. Consultado em 14 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 19 de março de 2016 
  17. «Los discos más populares». Notitas Musicales (em Spanish). 1 de outubro de 1991. Consultado em 4 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 20 de outubro de 2020 
  18. En La Intimidad (Notas de mídia). FonoVisa. 1991. PE/4938 
  19. Thalía. Thalia - En La Intimidad - Video Oficial 1991. Fonovisa. YouTube. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  20. Infante, Gustavo Adolfo (1991). Entrevista con Thalía. Rim Bom Video. Televisa. Youtube title: THALIA HABLA DE SU POLEMICO VIDEO EN LA INTIMIDAD EN 1991 
  21. La Historia (Notas de mídia). Universal Music Mexico. 2010. 60252759860 
  22. Velasco, Raúl (1993). En la Intimidad video. Siempre en Domingo. Televisa. Youtube title: Thalía "En la intimidad" en bikini - buena calidad 
  23. Thalía. Thalia - En La Intimidad - Especial "Love y Sus Fantasías" 1994. Televisa. YouTube. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  24. «Discos más populares en Latino America». El Siglo de Torreón. 27 de março de 1992. p. 52. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  25. «Discos más populares en Latino America». El Siglo de Torreón. 13 de março de 1992. p. 57. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  26. La Historia (Notas de mídia). Universal Music Mexico. 2010. 60252759860 
  27. «Discos más populares en Mexico». 24 de maio de 1992. p. 56. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2020 
  28. «Los discos más populares». Notitas Musicales (em Spanish). 15 de maio de 1992. p. 7. Consultado em 7 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
  29. Velasco, Raúl (1992). Galardon a los Grandes. Siempre en Domingo. Televisa. Youtube title: Thalia "Fuego Cruzado" (Galardon) 
  30. a b «Raúl Velasco entrega el "Galardon a los Grandes"». 4 de dezembro de 1992. p. 54. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2020 
  31. Thalía. Noticias ECO. Televisa. Novembro de 1991. YouTube title: Thalia Disco de Oro por Mundo de Cristal 
  32. Mundo De Cristal (Notas de mídia). Discos America. 1991. TDD-037 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Thalía é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.