Amor a la mexicana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amor a la Mexicana
Álbum de estúdio de Thalía
Lançamento 1 de julho de 1997 (1997-07-01)
Gravação 1996—97
Gênero(s)
Duração 41:17
Gravadora(s) EMI
Produção
  • Emilio Estefan
  • Jr. Kike Santander
  • Pablo Flores
Cronologia de Thalía
Nandito Ako
(1997)
Arrasando
(2000)
Singles de Amor a la Mexicana
  1. "Amor a la Mexicana"
    Lançamento: 29 de junho de 1997 (1997-06-29)
  2. "Por Amor"
    Lançamento: 7 de outubro de 1997 (1997-10-07)
  3. "Mujer latina"
    Lançamento: 11 de janeiro de 1998 (1998-01-11)
  4. "Noches sin luna"
    Lançamento: 21 de janeiro de 1998 (1998-01-21)
  5. "De dónde soy"
    Lançamento: 23 de agosto de 1998 (1998-08-23)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.[1]

Amor a la Mexicana é o quinto álbum de estúdio da cantora mexicana Thalía.[2] O álbum foi considerado como um dos melhores lançamentos da cantora, especialmente por causa do primeiro single "Amor a la Mexicana", que mostrou a evolução de Thalía como musicista.[1]

O álbum teve grande sucesso na América Latina, nos EUA, Espanha, França, Filipinas e outros países europeus.

Enquanto é assumido que a música "Echa pa'lante" foi incluída na trilha sonora do filme Dance with Me de 1998, estrelado por Vanessa L. Williams e Chayanne, a versão no filme é completamente diferente da música original, mesmo mudando sua mensagem. A música original, neste álbum, foi uma canção política de protesto contra o PRI no poder nas eleições parlamentares mexicanas de 1997.

"Es tu amor" foi lançado como single promocional do filme "Ever After" na América Latina.

Promoção[editar | editar código-fonte]

Thalía visitou muitos países para promover seu álbum. Alguns dos países que visitou foram Porto Rico, Venezuela, Itália, França, Filipinas, Alemanha, Bélgica, Equador, Argentina, Brasil, Chile, China, Reino Unido, El Salvador, Bolívia, Espanha, Portugal, Indonésia, Líbano, Finlândia, Áustria e os Estados Unidos. A EMI investiu 1,5 milhões de dólares na promoção do álbum.[3]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Amor a la Mexicana": foi lançado como primeiro single do álbum no dia 29 de junho de 1997. O videoclipe da canção mostra Thalía em um bar com vestimentos típicos do México. Amor A La Mexicana é um dos maiores sucessos de Thalía até o momento e alcançou a posição #03 da principal parada mexicana.
  • "Por Amor": lançado como o segundo single do álbum, o vídeo da música foi lançado em duas versões dirigidas por Gustavo Garzon, na versão original do álbum e na versão "Primera Vez Remix", ambas exibidas no final de 1997.
  • "Mujer Latina": lançado como o terceiro single. Na Europa foi lançado como Vengo! Vengo! (Mujer Latina). Tem dois vídeos e foi dirigido por Gustavo Garzon. Remixes oficiais das músicas são: Zero Radio Mix (3:53); Euro Mix (3:11); Spirit Mix (3:38) e Zero Club Mix (6:23). O ex- jogador de rugby Kenny Logan realizou um samba para "Mujer Latina" na popular série de TV britânica Strictly Come Dancing em 2007.[4]
  • "Noches Sin Luna": lançado como quarto single do CD, no CD brasileiro, uma versão em português da música foi incluída como faixa bônus.
  • "Ponle Remedio": lançado em 1998 e apresentado em programas de televisão e estações de rádios como propaganda.
  • "Es Tu Amor": lançado como o sexto single, foi incluído na trilha sonora do filme Ever After. Thalia apresentou a música ao vivo durante os shows e se apresentou em vários eventos.
  • "De Dónde Soy": O single foi lançado apenas na Espanha e na América Latina. Uma versão em português da música (De onde sou) também foi lançada e foi incluída na edição brasileira do álbum.
  • "Dicen Por Ahí": lançado na mesma época de "De Dónde Soy" como rádio e single físico. A música foi executada na novela de Thalia, Rosalinda.
  • "Echa Pa'lante": lançado como o último single do álbum, foi incluído na trilha sonora do filme Dance with Me, e foi apresentado na novela de Thalia, Rosalinda.

Alinhamento das faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Por Amor"  Kike Santander 3:55
2. "Noches sin luna"  Santander, Miguel Jose Velasquez 3:59
3. "Mujer latina"  Santander 3:38
4. "Amor a la Mexicana"  Mario Pupparo 4:25
5. "Rosas"  Héctor Martínez, Pupparo 4:36
6. "Echa pa'lante"  Emilio Esfefan Jr., Javier Garza, Pablo Flores, Roberto Blades 3:52
7. "Ponle remedio"  Blades 4:09
8. "Es tu amor"  Santander 4:38
9. "De dónde soy"  Karla Aponte, Cesar Lemos 3:57
10. "Dicen por ahí"  Aureo Baqueiro 3:57
Duração total:
41:17

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Chart (1997) Posição
Billboard Top Latin Albums[5] 6
Billboard Latin Pop Albums[6] 2
Espanha (Promusicae)[7] 22
Grécia (IFPI Grécia)[8] 5
Hungria (MAHASZ)[9] 7

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas/distribuição
Argentina (CAPIF)[10] 2× Platina 120,000^
Chile (IFPI Chile)[11] 3× Platina 70,000[11]^
Colombia ( ASINCOL)[12] 14,638^[13]
Espanha (Promusicae)[14] 2× Platina 200,000^
EUA (RIAA)[15] 2× Platina 200,000^
Filipinas[16] Platina 40,000[16]^
Grécia (IFPI Grécia)[17] Ouro 10,000[17]^
México (AMPROFON))[18] Ouro 140,000[16]^

^distribuições baseadas apenas na certificação

Amor a la Mexicana Tour[editar | editar código-fonte]

Amor a la Mexicana Tour
Turnê de Thalía
Locais América Latina
Álbum associado Amor a la mexicana
Data de início 24 de janeiro de 1998
Data de fim 19 de julho de 1998
N.º de apresentações 9 na América Latina
Cronologia de turnês de Thalía
En Éxtasis Tour
(1996-97)
High Voltage Tour
(2004)

Amor a la Mexicana Tour foi a terceira turnê mundial da cantora, para divulgar seu quinto álbum de inéditas em carreira solo: Amor a la Mexicana. Durante 1998, Thalía visitou diversos países da América Latina para promover seu novo disco assim como seus grandes sucessos, a turnê passou por locais como Argentina, Guatemala e Honduras. [19]

Repertório[editar | editar código-fonte]

  1. "Introdução" (contém elementos de "Un pacto entre los dos")
  2. "Mujer Latina"
  3. "Rosas"
  4. "Medley": (contém elementos de "El Baile de Los Perros y Los Gatos" e Piel morena)
    1. "Fuego cruzado"
    2. "Amarillo azul"
    3. "En la intimidad"
  5. "Gracias a Dios"
  6. "Echa pa'lante"
  7. "Noches sin luna"
  8. "Quiero hacerte el amor"
  9. "Viaje tiempo atrás" (Interpretada na América do sul)
  10. "De dónde soy" (Intro: "Chika Lang (El venao))
  11. "Te quiero tanto"
  12. "Amándote"
  13. "Juana"
  14. "Medley"
    1. "María Mercedes"
    2. "Marimar"
    3. "María la del barrio"
  15. "Ponle remedio"
  16. "Por amor"
  17. "Amor a la mexicana"
  18. "Piel morena" (Hitsmakers Remix)

Datas da Turnê[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América Latina
24 de janeiro de 1998 León México Palenque Feria León 98
30 de janeiro de 1998 Punta del Este Uruguai Casino Conrad [20]
28 de março de 1998 Texcoco México Palenque Feria Texcoco 98
15 de maio de 1998 Buenos Aires Argentina Estádio Luna Park
16 de maio de 1998
17 de maio de 1998
19 de maio de 1998 Rosário Estadio Newell's Old Boys
29 de maio de 1998 Cidade da Guatemala Guatemala Tikal Futura
30 de maio de 1998 San Salvador El Salvador Gimnasio Nacional (cancelado)[21]
31 de maio de 1998 San Pedro Sula Honduras Estádio Francisco Morazán (cancelado)[22]
19 de julho de 1998 Assunção Paraguai Estádio Manuel Ferreira

Referências

  1. a b Jason Birchmeier. «Thalia Review: Amor a La Mexicana (Allmusic)». Allmusic. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  2. «Thalia Official Website: Discography - Amor a La Mexicana». Allmusic. Consultado em 10 de Fevereiro de 2009. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2008 
  3. «Thalía se lanza a la conquista del mercado francés». El Siglo de Torreón (em Spanish). Consultado em 2 de agosto de 2017 
  4. Stuart Heritage. «Strictly Come Dancing Betting Odds: Gabby Logan Out, Who's Next?». Hecklerspray.com. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  5. «Thalia Chart History (Top Latin Albums)». www.billboard.com. Consultado em 24 de julho de 2014 
  6. «Thalia Chart History (Latin Pop Albums)». www.billboard.com. Consultado em 24 de julho de 2014 
  7. Peak positions for Greece: * En Extasis:«Greek Charts (Από 23/04/2000 έως 30/04/2000)». MAD TV (Greece). Consultado em 24 de julho de 2014 
  8. «Greek Charts (Από 23/04/2000 έως 30/04/2000)». MAD TV (Greece). Consultado em 24 de julho de 2014 [ligação inativa] 
  9. «"Top 40 album DVD és válogatáslemez-lista – 2000. 9. hét"». MAHASZ. Consultado em 24 de julho de 2014 
  10. «CAPIF Charts – Accreditations – 1997 Albums» (em espanhol). www.capif.org.ar. Consultado em 22 de outubro de 2012. Arquivado do original em 6 de julho de 2011 
  11. a b «Thalia con su disco "Arrasando" gana otro disco de platino». Consultado em 8 de abril de 2016. Arquivado do original em 13 de abril de 2013 
  12. Tiempo, Casa Editorial El (15 de maio de 1998). «THALÍA, UNA MEXICANA CON SABOR A LA COLOMBIANA». El Tiempo (em spanish). Consultado em 23 de agosto de 2019 
  13. Tiempo, Casa Editorial El (15 de maio de 1998). «THALÍA, UNA MEXICANA CON SABOR A LA COLOMBIANA». El Tiempo (em spanish). Consultado em 23 de agosto de 2019 
  14. «Solo Exitos 1959-2002 Ano A Ano: Certificados 1996-1999» (PDF). Solo Exitos 1959-2002 Ano A Ano 
  15. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Thalia – Amor a la Mexicana» (em inglês). Recording Industry Association of America  Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, e seleccione Album, e clique em SEARCH.
  16. a b c Teresa Aguilera. «Thalia- Latin America's Reigning Music Queen». Billboard Magazine 
  17. a b «Thalia bloqueó tránsito en centro de Atenas». El Mercurio (em Spanish). Chile: Empresa El Mercurio S.A.P. 
  18. «Certificações (México) (álbum) – Thalia – Amor a la Mexicana» (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas 
  19. Thalía, una mexicana con sabor a la colombiana Eltiempo.com. Consultado em 9 de janeiro de 2019.
  20. «Thalía actuará en exclusivo balneario de Punta del Este». Consultado em 18 de outubro de 2018 
  21. «Suspenden concierto de Thalía». Consultado em 18 de outubro de 2018 
  22. «Thalía deleitará a los hondureños». Consultado em 18 de outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]