Lunada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lunada
Álbum de estúdio de Thalía
Lançamento 24 de junho de 2008 (2008-06-24)
(Ver abaixo o histórico de lançamento)
Gravação 2008, em Crescent Moon Studios e Chaff Chicks Island Studios (México)
Fugdat Studios e Bicoastal Music (Estados Unidos)
Gênero(s)
Duração 39:03
Idioma(s) (em espanhol)
Formato(s)
Gravadora(s) EMI
Produção
  • Thalía (exex.)
  • Emilio Estefan
Cronologia de Thalía
El Sexto Sentido
(2005)
Primera Fila
(2009)
Singles de Lunada
  1. "Ten Paciencia"
    Lançamento: 7 de maio de 2008 (2008-05-07)
  2. "Será Porque te Amo"
    Lançamento: 21 de julho de 2008 (2008-07-21)

Lunada é o décimo álbum de estúdio da cantora mexicana Thalía, lançado em 24 de Junho de 2008 nos Estados Unidos, pela EMI. Lunada foi produzido por Emilio Estefan, o quarto álbum de Thalía com o produtor, depois de En Éxtasis (1994), Amor a la Mexicana (1997) e Arrasando (2000). O estilo musical principal do álbum é o pop latino, mas também apresenta reggae, cumbia e baladas. Thalía, falando sobre o álbum, declarou: "É um álbum sobre o verão totalmente de pensamentos. É um álbum sincero… nosso melhor trabalho juntos [com Estefan]".[1]

O álbum conta com cinco canções novas, incluindo um cover da canção "Sara perché ti amo", cantada pelo grupo Ricchi e Poveri,[2] e uma canção escrita por Thalía, chamada "Bendita", dedicada a sua filha, Sabrina Sakaë. O primeiro single lançado do álbum, foi "Ten Paciencia", lançada em 12 de Maio de 2008, e o segundo, "Será Porque te Amo", lançada em 21 de Julho de 2008. Mais dois singles iriam ser lançados, "Sangre Caliente" e "Aventurero", mas não foi possível devido à doença de Lyme, que a afastou de seu trabalho. O álbum recebeu críticas favoráveis, mas não teve as vendas esperadas, uma vez que não recebeu qualquer promoção, por parte da gravadora de Thalía, a EMI. Por esta razão, ela terminou seu contrato com a gravadora, após 14 anos de sucesso internacional. O álbum é considerado o menos bem sucedido na carreira de Thalía sendo o motivo à doença de Lyme, que a afastou de seu trabalho e da baixa divulgação da EMI que optou por abandonar as vendas deixando o álbum em péssima situação.

Contexto e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A ideia de elaboração do álbum veio quando Thalía estava grávida de sua filha. A artista estava ansiosa para colocar seu biquini na praia, porque ela não podia fazer algumas coisas, tais como exposição ao sol.[3] "Quando eu comecei a preparar esse disco na minha gravidez, ninguém pensou que pensava no verão. Era o desejo de voltar à praia e aproveitar o calor do verão. O calor ardente, ouvir música ao luar, enquanto, via um festival real da lua".[4] O processamento de músicas, incluindo "Será Porque te Amo", são enquadrados principalmente na década de 1980, em memória a inspiração de quando ela era adolescente.[5] Uma conferência de imprensa foi feita em 17 de Junho de 2008 em Nova Iorque, onde declarou:

"Este é sem dúvida um dos momentos mais importante da minha vida, vem da renovação, a alegria, o poder no momento, estou satisfeita com tudo que está acontecendo ao meu redor. Assim, este álbum traz celebração, relaxamento. […] Quando estava com oito meses de gravidez, apenas a obsessão pela praia, biquíni, sol, e quando as pessoas não podem ter o que querem […] Então eu pensei nos melhores verões e as experiências de férias à beira-mar, e eu disse: uau, tantas músicas maravilhosas, por que não fazê-los? […] Em um mundo onde todos os programas de computador e máquina de sons tão próximas de aceitar o que é real, sons orgânicos, embora seja bem vinda, canções ao vivo […] Neste caso, eu, eu queria fazer algo totalmente tropical, por do sol, palmeiras, algo havaiano, uma ligação latina."[6]

A preparação do álbum começou em 2007, depois do nascimento da filha da cantora Sabrina Sakaë, em Outubro. Thalía disse que o álbum foi muito fácil de preparar e gravar e toda a produção foi agradável e fácil, e ocorreu durante a preparação um sentimento muito livre. As gravações foram feitas em Miami, em apenas três dias. O jornal El Universal, informou que Tommy Mottola determinou a Emilio Estefan que a cantora gravaria o álbum em Miami, para não ficar muito tempo longe da filha,[7] que a acompanhou durante as gravações, em espírito: "Minha filha faz parte do disco, este álbum é para mim. A gravidez é uma grande coisa para ser mãe, e substituir completamente a sua alma e mudar sua vida. Eu re-descobri o mundo de sons, cores. Sinto-me renascida, Eu gosto de tudo novo. Eu me sinto no melhor momento da minha vida. É por isso que eu escrevi uma canção para minha filha. "Bendita" é tudo o que eu sinto esta pequena criatura quem entrou na minha vida."[5] Sempre houve rumores de que Thalía é perfeccionista, então, declarou: "Sim, eu sou perfeccionista, muito! Eu não acho que isso vai passar e, de fato, este é o disco que eu dei 100% de mim mesma. Eu gosto de ser um mestre no que eu faço, a qualidade do trabalho executado".[5]

Arte da capa[editar | editar código-fonte]

A arte da capa apresenta o rosto de Thalía com um óculos de sol, que reflete a imagem de uma ilha tropical. A imprensa e parte dos fãs, no entanto, provocaram disputas acirradas dizendo que a imagem é muito semelhante a da capa do álbum de estreia da banda australiana Cut Copy, Bright Like Neon Love (2004).[8] Thalía se recusa a dizer que uma capa de álbum diferente deu-lhe a ideia, e que ela apenas "se formou". Ela rebateu as críticas da revista Ocean Drive en Español: "E por que tantas discussões do nada? Eu acredito que tudo inspira a todos, e todos são inspirados por algo… Até mesmo Madonna é há muitos anos, inspirada por Marilyn Monroe."[9]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas.[10]

Lunada recebeu críticas favoráveis, entre elas, de Jason Birchmeier, do Allmusic, disse: "Lunada, infelizmente, não significa um grande retorno como Amor a la Mexicana (1997) marcado pelo sucesso, o álbum divertido com algumas grandes canções, o que é especialmente valorizado por causa do estilo. O primeiro single, "Ten Paciencia" abre o álbum, o ritmo da pista de dança é quase feito sob medida para ele. […] No final, Lunada é ajudado pelo espaço de tempo em execução (menos de 40 minutos). Fãs de longa data de Thalía que esperavam Lunada para rivalizar com a cantora do final dos anos 90 têm certeza que se decepcionaram. A comparação seria mais perto para o último álbum de Thalía com Estefan (Thalía), ou o seu álbum de 2005 com o compositor/produtor Estéfano, El Sexto Sentido."[11]

Desempenho nas paradas de sucesso[editar | editar código-fonte]

O álbum de volta após um hiato de três anos, não produziu o esperado para o sucesso, mesmo no México, o álbum em comparação aos anteriores foi bem mal nas tabelas, conseguindo a quarta posição no Billboard Latin Pop Albums, e a décima no Top Latin Albums, mantendo estas posições por apenas uma semana. O primeiro single alcançou a posição 39 no Billboard Top Latin Songs.[12] Para muitos fãs, o álbum tem sido criticado por ter uma música em quase metade do tratamento, mas a cantora não lhe deu nenhum significado particular.[13] Numa votação da revista ¡Hola!, Lunada foi eleito o melhor álbum de 2008, com 8.750 votos populares.[14]

Alinhamento de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Ten Paciencia"  Decemer Bueno, Magilee Álvarez, Cynthia Salazar 3:30
2. "Sangre Caliente"  Marcelo Delgado, Darío Húngaro 4:15
3. "Será Porque te Amo"  Dario Farina, Daniele Pace, Luis Gómez Escolar, Enzo Ghinazzi 2:41
4. "Con Este Amor"  Ximena Muñoz, Max Di Carlo 2:59
5. "Bendita"  Thalía 3:25
6. "Desolvidándote"  Thalía, Jodi Marr, Dave Thomson 4:11
7. "Isla Para Dos"  Nano Cabrera 4:25
8. "Insensible"  Juan Gabriel 2:57
9. "Aventurero" (com Nubawn)Claudia Brant, Jean-Yves Ducomet 3:18
10. "Yo No Sé Vivir"  Decemer Bueno, Magilee Álvarez, Cynthia Salazar 4:08
11. "Sólo Se Vive Una Vez"  Thalía, Drop Dead Beats 3:10

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Chart (2005) Posição
Billboard Latin Pop Albums[15] 4
Billboard Top Latin Albums[16] 10
México (AMPROFON)[17] 8

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do site Allmusic.[11]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora Ref.
Estados Unidos 24 de junho de 2008 (2008-06-24) CD EMI Latin, EMI Televisa Music [18]
Porto Rico
Polônia 10 de julho de 2008 (2008-07-10) [19]
Áustria 11 de julho de 2008 (2008-07-11) [20]
Alemanha
Suíça
Espanha 15 de julho de 2008 (2008-07-15) [21]
Grécia
Itália
Japão 23 de julho de 2008 (2008-07-23) [22]
Brasil 24 de julho de 2008 (2008-07-24) [23]

Referências

  1. AP. «Presenta Thalía su nuevo disco Lunada». El Universal. Consultado em 17 de junho de 2008. 
  2. Szó szerint, egész pontosan: ’Azért lesz/lehet, mert szeretlek’
  3. Cristina show, Univision, 2008. július 28.
  4. EMI Televisa Music. «La superestrella latina lanza su nuevo álbum de estudio producido por Emilio Estefan». Emitelevisa.com. Consultado em 16 de agosto de 2008. 
  5. a b c Sky View magazin, Mexikó, 2008. szeptember, p. 28.
  6. «Thalía de fiesta por "Lunada"». CadenaGlobal.com. Consultado em 24 de junho de 2008. 
  7. El Universal. «¡No te pases! – Thalía grabará con Estefan». Eluniversal.com.mx. Consultado em 16 de agosto de 2008. 
  8. «Cut Copy: Bright Like Neon Love (AMG)» (em inglês). allmusic 
  9. El Gordo y la Flaca, Univision, 2008. június 5.
  10. http://www.allmusic.com/album/r1390382
  11. a b «Lunada - Thalía» (em inglês). Allmusic. Consultado em 1 de Novembro de 2011. 
  12. «Billboard singles» (em inglês). allmusic. Consultado em 26 de julho de 2008. 
  13. Ruth E. Hernández Beltrán (EFE). «Thalía presenta su nuevo disco "Lunada" en Nueva York». Billboard. Consultado em 21 de agosto de 2008. 
  14. «'Lunada', de Thalía, elegido mejor disco de 2008 por nuestros internautas». Hola.com. Consultado em 16 de dezembro de 2008. 
  15. «Thalia Chart History (Latin Pop Albums)». www.billboard.com. Consultado em 24 de julho de 2014. 
  16. «Thalia Chart History (Top Latin Albums)». www.billboard.com. Consultado em 24 de julho de 2014. 
  17. «Mexican Charts - Lunada». mexicancharts.com. Consultado em 24 de julho de 2014. 
  18. «Official release info». emimusic.com.mx. Consultado em 26 de janeiro de 2018. 
  19. release info Arquivado em 2011-10-08 no Wayback Machine. (insert 'Lunada' in the search field)
  20. «Austrian, German & Swiss release info». web.archive.org. Consultado em 26 de janeiro de 2018. 
  21. Spanish release info (search 'Thalía' or 'Lunada')
  22. «Japanese release info». emimusic.jp. Consultado em 26 de janeiro de 2018. 
  23. «Temos mais de 4.693.050 títulos esperando por você». Livraria Cultura. Consultado em 26 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Lunada (em inglês) no Discogs
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Thalía é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.