Munhoz & Mariano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Munhoz & Mariano
Munhoz & Mariano em 2013.
Informação geral
Origem Campo Grande (Mato Grosso do Sul)
País  Brasil
Gênero(s) Sertanejo universitário, sertanejo romântico e arrocha, ocasionalmente moda de viola e funk nos shows.[1]
Período em atividade 2006 - presente
Gravadora(s) Som Livre
Integrantes Raphael Calux Munhoz Pinheiro (Munhoz)
Ricardo Mariano Bijos Gomes (Mariano)
Página oficial munhozemariano.com.br

Munhoz & Mariano é uma dupla sertaneja brasileira de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul,[2] formada em 2006 pelos amigos de infância Raphael Calux Munhoz Pinheiro (20 de abril de 1986), mais conhecido como Munhoz,[3] e Ricardo Mariano Bijos Gomes, (15 de outubro de 1986), nome artístico Mariano.[4]

Em 2011, a dupla lançou seu primeiro dvd ao vivo, em uma casa de shows de Campo Grande. Em 2012 foi lançado o segundo álbum da dupla, em CD e DVD nomeado Ao vivo em Campo Grande Vol. 2. Seu single "Camaro Amarelo" atingiu a primeira posição da tabela brasileira compilada pela Crowley Broadcast Analysis.[5]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Início da Carreira[editar | editar código-fonte]

A dupla Munhoz & Mariano, começou após Munhoz que era violinista de uma dupla sertaneja de Campo Grande chamar seu amigo Mariano para ajudar a dupla, após um tempo Frango & Toiço como eram conhecidos, decidem formar sua propria dupla, e os amigos que se conheciam desde os 6 anos, finalmente se juntam na carreira artística.[6]

Assim, Mariano como primeira voz e Munhoz como segunda voz, além de empresário, técnico de som e produtor musical da dupla, seguem seu sonho, a já que ambos faziam faculdades e já trabalhavam.[7] A dupla começou com o nome de Ricardo & Raphael, porém já existia uma dupla com esse nome, e após insistência de Munhoz, finalmente a dupla define seu nome artístico como Munhoz & Mariano, o sobrenome da dupla.[8]

  • Os músicos que começaram se apresentando em postos de gasolina e casas de shows, com salários que variavam de 150 a 350 reais por show, ou apenas 6 latinhas de cervejas, sofreram preconceito devido ao nome pesado Munhoz & Mariano e ao timbre grave de Mariano, em contraste com a conhecida voz aguda, predominante na música sertaneja, além do fato da dupla abusar da sexualidade em suas coreografias. [9]

Garagem do Faustão[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2010, a dupla Munhoz & Mariano ganhou o concurso Garagem do Faustão do programa Domingão do Faustão. Com a vitória, eles tocaram no Festival Pop Sertanejo. A música "Sonho Bom" venceu com 35% dos votos, numa votação realizada pela internet. Foi a primeira aparição da dupla do Mato Grosso do Sul em rede nacional.[10] Depois do programa, muitas portas se abriram para dupla que antes fazia entre dez e doze shows por mês, e hoje faz entre 22 a 25 shows.[11]

Ao Vivo em Campo Grande I e II[editar | editar código-fonte]

Em 2011, Munhoz & Mariano escolhem Campo Grande como sede do seu primeiro DVD, o repertório foi escolhido a dedo pela dupla, pelo empresário e pelo produtor musical.[12] Com canções animadas e letras despojadas, a dupla animou 3 mil pessoas em 2 horas de show. O CD ao vivo teve 16 faixas e canções de sucesso como "Zé Goré", "Putaiada" e "Beberrão". Após a gravação, a dupla escolheu mais uma vez a cidade natal para o lançamento do CD onde novamente surpreenderam: sucesso de público e quase 5 mil pessoas em um clube fechado da cidade.[13]

Em 6 de maio de 2012, cerca de 90 mil pessoas prestigiaram a gravação do segundo DVD de Munhoz e Mariano. O evento aconteceu no Parque das Nações Indígenas, também em Campo Grande, e contou com participações especiais de Maria Cecília e Rodolfo, João Neto & Frederico e Fred & Gustavo.[14] Com a megaestrutura, orçada em R$ 2 milhões, os dois foram recebidos por show pirotécnico e fogos de artifícios. Com gritos histéricos dos fãs, a estrutura, helicóptero e câmera de aeromodelismo sobrevoam para registrar imagens aéreas, com aparelhos de última geração. No repertorio, músicas de sucessos como "Final de Semana", "Te Quero Bem", "Eu Vou Pegar Você e Tãe", "Eu Te Avisei" e "Sonho Bom". Das canções novas, destaque para "Nuvem Negra" e "Camaro Amarelo". Os convidados deram o tom em "Casa Amarela" com Fred & Gustavo, "Dois Mundos" com Maria Cecília e Rodolfo e "Balada Louca" com João Neto e Frederico.[15]

Características da Dupla[editar | editar código-fonte]

A dupla acabou ficando famosa por promover uma dança cheia de rebolados como parte da coreografia das músicas, a ideia de investir em coreografias sensuais foi incentivada inicialmente pela mãe de Mariano, dona Valentina, que segundo o vocalista, teria dito "vocês têm que usar o sexo, mexer com a mulherada".[16]

Apesar do sucesso atual, a dupla sofreu preconceito devido ao fato da dupla abusar dos rebolados e da sexualidade em suas coreografias e devido ao timbre grave da voz do Mariano.[17]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2010: "Sonho Bom"
  • 2011: "Comendo Água"
  • 2011: "Te Quero Bem"
  • 2011: "Eu Vou Pegar Você e Tãe"
  • 2012: "Camaro Amarelo"
  • 2012: "Balada Louca" (Part. João Neto & Frederico)
  • 2013: "A Bela e o Fera"
  • 2013: "Pantera Cor de Rosa"
  • 2014: "Copo na Mão"
  • 2014: "Longe Daqui" (Part. Luan Santana)
  • 2014: "Bote Quente"
  • 2014: "Seu Bombeiro"
  • 2015: "Se Quer Ir Então Vai"
  • 2015: "Ela Não Pode Saber"
  • 2016: "Amor a 3"
  • 2016: "Pen Drive de Modão" (Part. Zé Neto & Cristiano)

Referências

  1. «"Funk do Mariano" - Munhoz e Mariano Show na Flórida, EUA - USA Tour». webtvbrasileira.com. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  2. Instituto Cultural Cravo Albin. «Munhoz e Mariano». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 25 de maio de 2012 
  3. «Histórico - Munhoz». Site Oficial. Consultado em 25 de maio de 2012 
  4. «Histórico - Mariano». Site Oficial. Consultado em 25 de maio de 2012 
  5. «Top 5 Brasil: Música (Semanal), 05/11/2012 a 09/11/2012». Crowley Broadcast Analysis. Cópia arquivada desde o original em 16 de novembro de 2012 
  6. Munhoz & Mariano (24 de março de 2013). De Frente com Gabi (entrevista). Entrevista com Marília Gabriela. Marília Gabriela. São Paulo: SBT  Verifique data em: |access-date= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda);
  7. «Entrevista: Munhoz & Mariano». kboing.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  8. Munhoz & Mariano (13 de julho de 2013). Estrelas (entrevista). Entrevista com Angélica. Angélica. Rede Globo  Verifique data em: |access-date= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda);
  9. «Dupla Munhoz e Mariano é destaque no G 1 da Globo». agazetanews.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  10. «Para recordar: Quando Munhoz e Mariano venceram o "Garagem do Faustão"». tudosobresertanejo.com. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  11. «Vencedores do "Garagem do Faustão" comemoram mudanças na carreira». gente.ig.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  12. «Entrevista com a dupla Munhoz & Mariano.». ingressonaweb.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  13. «Biografia da dupla». munhozemariano.provisorio.ws. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  14. «Munhoz e Mariano fazem grande festa em Campo Grande para gravação do segundo DVD». universosertanejo.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  15. «Biografia da dupla». munhozemariano.provisorio.ws. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  16. «Munhoz e Mariano contam como decidiram investir no rebolado nos palcos». revistaquem.globo.com. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  17. «Dupla Munhoz e Mariano é destaque no G 1 da Globo». agazetanews.com.br. Consultado em 01 de outubro de 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Munhoz & Mariano