Nu metalcore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nu metalcore
Origens estilísticas Metalcore, nu metal
Contexto cultural De pouco antes da metade da década de 2010 aos dias atuais, em lugares como Austrália, Estados Unidos da América (principalmente) e Inglaterra
Instrumentos típicos Vocal, Guitarra, Baixo, Bateria, Teclado, algumas vezes samplers
Popularidade Média em lugares como Austrália, Estados Unidos da América (principalmente) e Inglaterra
Formas regionais
Entornos e Região Nordeste dos Estados Unidos e Sudoeste dos Estados Unidos

Nu metalcore (às vezes chamado como new nu metal ou nu metal revival),[1] é uma fusão entre o metalcore com o nu metal[2] que começou em 2010, sendo algumas bandas influenciadas pelo post-hardcore, deathcore, pop[1] e R&B.[2] A fusão é caracterizada por vocais limpos e guturais típicos do metalcore e deathcore, com o rap e o spoken word (típicos do nu metal), guitarras e baixos com afinações baixas, além do uso de samples e turntables (também típicos do nu metal).

História[editar | editar código-fonte]

A banda Emmure em 2013, uma das primeiras bandas responsáveis por resgatar o nu metal, ainda no final da década de 2000


Ainda no começo da década de 2000 a banda Demon Hunter fez combinações sonoras entre o metalcore e o nu metal, bem como algumas outras bandas dessa mesma época, sendo algumas bandas de nu metal que incorporaram os elementos do metalcore (estilo em ascensão daquele momento), e sendo outras bandas de metalcore que incorporaram os elementos do nu metal (o estilo em alta daquele mesmo momento), ou seja, em uma época de transição de estilo mainstream, do nu metal da década de 90 para o metalcore da década de 2000, foram ambos os gêneros influenciados, um pelo outro. No entanto, a ideia atual de nu metalcore começou a se formar perto do final da década de 2000 e início da década de 2010, quando algumas bandas de deathcore, como Attila, Dr. Acula, Upon a Burning Body e principalmente o Emmure[3][4][5] (a mais influente advinda do deathcore), começaram a irem em direção ao nu metal, além da banda de metalcore Of Mice & Men,[6][7][8] que desde o seu começo contém forte influencia do nu metal, fazendo assim, dessa combinação do deathcore e ou do metalcore com o nu metal, o início do desenvolvimento de mais uma forma de metal, o nu metalcore. Posteriormente a isso, começam a surgirem bandas já dentro dessa concepção e estética de nu metalcore, bandas como Gemini Syndrome, Islander, Issues, King 810 e Sworn In, bem como houve algumas bandas que faziam parte do deathcore ou do metalcore e que aderiram ao nu metalcore, como o Suicide Silence,[9][10] o Stray from the Path, Capture e em algum grau, o Bring Me the Horizon.

Influências das bandas[editar | editar código-fonte]

Em relação a influência e resgate do nu metal dentro do nu metalcore, é mais perceptível a influência e o resgate das bandas Deftones, Korn, Limp Bizkit, Linkin Park, P.O.D. e Slipknot, e às vezes mesmo do Alice in Chains, Faith no More, Rage Against the Machine e Soundgarden, ainda sendo muitas vezes percebível uma inclinação simultânea para mais de uma banda do nu metal. Em resumo, dependendo da inspiração da banda do nu metalcore, a sonoridade pode ser mais próxima ou mais distante de uma banda do nu metal.

Lista de bandas principais[editar | editar código-fonte]

A banda Of Mice & Men em performance em 2017, banda advinda do metalcore e responsável por resgatar o nu metal no começo da década de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k «The Nu Metal Revival Is Officially Upon Us». NuMetalMessiah.net - The Number One Resource For All Things Nu Metal. 21 de abril de 2017. Consultado em 18 de julho de 2017 
  2. a b c d «Thrash Hits - Nu metalcore» 
  3. a b «Eternal Enemies - Emmure». Allmusic 
  4. a b «Guest Insider: Mike Gitter Reviews Emmure's 'Felony'». Metal Insider. 10 de setembro de 2009. Consultado em 27 de junho de 2014 
  5. a b «Emmure - Slave to the Game Review». DecoyMusic.com. Consultado em 27 de junho de 2014 
  6. a b «Of Mice & Men - Restoring Force (Album review)». Crypticrock.com 
  7. a b «Of Mice & Men - Restoring Force (2014)». Megusta Reviews 
  8. a b «Review: Of Mice & Men - Restoring Force». The Monolith 
  9. a b «Is Nu-Dethcore The Next Big Thing?». MetalSucks. Consultado em 27 de junho de 2014 
  10. «Interviews: Suicide Silence - Alex Lopez». Live-Metal.Net. Consultado em 27 de junho de 2014 
  11. «Alpha Wolf - Mono Review». Kill Your Stereo. 10 de julho de 2017. Consultado em 17 de agosto de 2017 
  12. «[ALBUM REVIEW] ALPHA WOLF 'Mono'». HEAVY. Consultado em 17 de agosto de 2017 
  13. «Attila - About That Life Review». Alternative Press. 3 de junho de 2013. Consultado em 4 de abril de 2014 
  14. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome theguardian
  15. «[Album Review] Bullet For My Valentine – Gravity». AltWire. Consultado em 27 de junho de 2018 
  16. thesoundboardreviews (23 de outubro de 2015). «EP REVIEW: 'Cane Hill' by Cane Hill». The Soundboard. Consultado em 18 de julho de 2017 
  17. http://zombiesharkrecords.com/noself-signs-to-zombie-shark-records/
  18. http://bringthenoise.com/blog/nu-metal-newcomers-ded-team-up-with-fred-durst-for
  19. «Artists :: DEMON HUNTER». MusicMight. 27 de janeiro de 2009. Consultado em 8 de fevereiro de 2012 
  20. Freeman, Phil (9 de março de 2010). «FILE UNDER: Jesuscore». Alternative Press. Consultado em 12 de maio de 2012 
  21. Sarah Murphy (19 de fevereiro de 2016). «From Ashes to New 'Day One' (album stream)». Exclaim! 
  22. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome :6
  23. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome :7
  24. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Alternative Nation - Nu Metal Revival
  25. Teitelman, Bram. «Interview: Motionless in White's Chris Motionless talks, new label, nu-metal, death of Scranton scene». Metal Insider. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  26. «My Enemies & I – Fiends: A Video Breakdown – The Toilet Ov Hell». www.toiletovhell.com. Consultado em 21 de outubro de 2017 
  27. «Ocean Grove Adds to a Long (and Somehow Lasting) Legacy of Nu Metal - Mind Equals Blown». mindequalsblown.net. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  28. «ALBUM REVIEW: 'The Rhapsody Tapes' by Ocean Grove». 6 de fevereiro de 2017. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  29. «Ocean Grove Subvert Expectations With 'The Rhapsody Tapes'». Consultado em 6 de setembro de 2017 
  30. «Vice - Nu Metalcore» 
  31. http://www.themonolith.com/music/live-report-martyr-defiled-album-release-show-upstairs-garage-london-23rd-april-2014/