PagSeguro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PagSeguro
Universo Online S/A
Nomes anteriores BrPay
País de origem  Brasil
Idiomas Português
Lançamento 2007
Proprietário UOL
Página oficial pagseguro.uol.com.br

PagSeguro é uma solução de comércio eletrônico para transações comerciais através de pagamentos onlines ou móveis. Com o PagSeguro lojas ou pessoas podem fazer compras e vendas seguras na internet ou receber pagamentos através do leitor de cartão de débito e crédito para celular e tablet. O PagSeguro faz parte do grupo Universo Online UOL.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O UOL adquiriu a BrPay, empresa brasileira de pagamento eletrônico em janeiro de 2007. Em julho do mesmo ano, a empresa mudou o nome para PagSeguro. Em novembro de 2008, o PagSeguro foi eleito o melhor site do ano na categoria comércio eletrônico pelos leitores da Info Exame.

Em 2010, o PagSeguro contava com mais de 12 milhões de usuários cadastrados.[2] Dois anos depois, em 2012, fez parceria com a Horus, empresa de prevenção a fraudes em meios eletrônicos de pagamentos para garantir a segurança de suas transações.[3]

No mesmo ano, fez parceria com a Nokia para processar pagamento via Near Field Communication (NFC), tecnologia que permite a transmissão dos dados de forma segura através da aproximação de dois celulares. O PagSeguro foi a primeira empresa a implantar a tecnologia NFC no Brasil.[4]

Em 2013, o PagSeguro lançou o leitor de cartão de crédito para recebimento de pagamentos através de aplicativos móveis. No mesmo ano, fez parcerias com o Cartão Mais![5] e com o iPAGARE Magento. Os lojistas que possuem uma loja Magento com a tecnologia do iPAGARE podem utilizar o PagSeguro no checkout.[5]

Em 2013, recebeu a certificação PCI-DSS (Padrão de Segurança de Dados para a Indústria de Cartões de Pagamento) e também lançou o Envio Fácil, um serviço de frete com descontos para os lojistas no envio de encomendas, sem limite de peso para todo o país. O Envio Fácil faz o rastreio das entregas através do site do PagSeguro.[6] [7]

Em 2014, o PagSeguro lançou o aplicativo Carteira PagSeguro, o aplicativo armazena os dados do cartão de crédito e permite fazer o pagamento em estabelecimentos através do celular.[8]

Compras e pagamentos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

O Pagseguro é uma solução de comércio eletrônico que intermédia o pagamento entre o vendedor e o comprador.[9] [10]

O comprador escolhe o produto ou serviço que quer comprar em um dos sites que utilizam o PagSeguro, ao finalizar a compra é direcionado para o site do PagSeguro e escolhe a forma de pagamento, podendo ser via cartão de crédito, transferência eletrônica ou boleto bancário.[11]

Vendas eletrônicas[editar | editar código-fonte]

O cadastro e utilização do PagSeguro para o vendedor é gratuito. O vendedor paga taxas somente quando faz uma venda através da solução.

O PagSeguro tem convênio com diversas instituições bancárias para que o vendedor possa oferecer diversos tipos de pagamento aos compradores. A solução recebe o pagamento e repassa ao vendedor em 14 dias após certificar-se de que não houve fraude na operação.[11]

Resoluções de Disputa[editar | editar código-fonte]

Para o comprador que não recebeu o produto ou o recebeu de forma não acordada é possível abrir uma disputa (reclamação). O PagSeguro faz a mediação da disputa para ajudar o comprador a receber o produto ou o dinheiro de volta, e o vendedor receber o dinheiro da transação ou o devolvê-lo ao comprador. O dinheiro pago pela transação fica retido no PagSeguro durante 14 dias e o comprador dispõe desse período para efetuar a abertura de uma disputa para receber o dinheiro de volta. Após este período, o comprador ainda tem 31 dias para iniciar uma disputa, porém sem garantia de receber o dinheiro de volta.[12] [13]

Presencial[editar | editar código-fonte]

Leitor de cartão de débito e crédito[editar | editar código-fonte]

O PagSeguro lançou o leitor de cartão de crédito para vendas a prazo em até 12 vezes em 2013. O leitor se acopla ao smartphone e tablet pela entrada do fone de ouvido e precisa estar conectado à internet. O aparelho é compatível com iOS, Android, Symbian OS, MeeGoe Windows Phone. O leitor tem a mesma função de uma máquina de cartão de crédito tradicional, porém não tem custo de mensalidade para o vendedor, o único custo é a taxa cobrada por transação efetuada. A versão crédito do PagSeguro é uma opção de recebimento para qualquer profissional autônomo ou comerciante.[14] [15] [16] [17]

Em fevereiro de 2014, o PagSeguro lançou o novo leitor que aceita débito e crédito para transações via mobile. O leitor se conecta com o smartphone ou tablet através do bluetooth e aceita compras com cartão de débito e crédito em até 12 vezes. O leitor não tem custo mensal para o vendedor, os únicos custos são valor do aparelho que é de propriedade do vendedor e a taxa cobrada por venda efetuada. As informações trafegam criptografadas durante o fluxo de comunicação, portanto nenhum dado do cliente fica armazenado no aparelho. Em setembro do mesmo ano, lançou o a versão Mini do leitor de Débito e Crédito, com visual diferente, mas com as mesmas funcionalidades.[18] [19]

Já no final de 2014 lançou uma maquina que aceita cartões chamada de Moderninha que não precisa de celular e vem com chip e plano de dados incluso. A Moderninha aceita Debito e credito e tem como benefícios: sem aluguel ou taxa de adesão, Parcela em 12 vezes e tem envio de e-mail gratuito.

Em agosto de 2015 lançou o cartão pré-pago com foco no microempreendedor com chip e bandeira MasterCard.[20]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Rede é solução segura e confiável" (em português). Valor Econômico. 29 Outubro 2014. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  2. Rafael Cabral (20 Setembro 2010). "Quer pagar como?" (em português). Estadão. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  3. "Horus e PagSeguro comemoram aumento da segurança no e-commerce" (em português). E-Commerce News. 3 Abril 2012. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  4. "PagSeguro e Nokia firman parceria para pagamento móvel" (em português). Exame.com. 13 de Abril de 2014. Consultado em 7 de Dezembro 2014. 
  5. a b E-Commerce News (15 Fevereiro 2013). "PagSeguro firma parceria com iPAGARE Magento" (em português). E-Commerce News. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  6. E-Commerce News (6 Junho 2013). "PagSeguro recebe certificação PCI-DSS" (em português). E-Commerce News. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  7. "PagSeguro lança serviço chamado Envio Fácil" (em português). E-Commerce News. 31 Outubro 2014. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  8. Redação Adnews (14 Agosto 2014). "PagSeguro lança app de pagamentos via celular" (em português). adNEWS. Consultado em 7 de Dezembro 2014. 
  9. "PagSeguro lança site sobre doações com cartão" (em português). Jornal do Brasil. 24 Agosto 2010. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  10. "Empresas de pagamento virtual querem facilitar a compra na internet" (em português). Valor Econômico. 30 Novembro 2011. Consultado em 3 Novembro 2014. 
  11. a b Cecília Abbati (18 Dezembro 2014). "Quer cobrar como?" (em português). Exame. Consultado em 7 Dezembro 2014. 
  12. "Perguntas Frequentes" (em português). UOL PagSeguro. 3 Dezembro 2014. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  13. Rafael Cabral (20 Setembro 2010). "Quer pagar como?" (em português). Estadão. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  14. "PagSeguro lança leitor de cartão de crédito para smartphones" (em português). Extra Globo. 1 Abril 2013. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  15. Wilian Miron (9 Agosto 2012). "PagSeguro quer lançar aplicativo para pagamento móvel" (em português). Exame Notícias. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  16. Guigo Oliva (7 Outubro 2013). "Africa divulga leitor de cartões mobile do PagSeguro" (em português). Exame Abril. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  17. "PagSeguro lança leitor de cartão de crédito para smartphones" (em português). O Globo. 1 Abril 2013. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  18. Escrito por redação (19 de Setembro de 2014). "PagSeguro lança leitor de cartão de débito e crédito MINI" (em português). iPNews. Consultado em 8 de Dezembro de 2014. 
  19. "Leitor de cartões transforma smartphones em ponto de venda" (em português). Exame Tecnologia. 2 Abril 2012. Consultado em 8 Dezembro 2014. 
  20. Escrito por redação (19 de Setembro de 2014). "PagSeguro lança cartão pré-pago com foco no microempreendedo" (em português). iPNews. Consultado em 13 de novembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]