Pandemia de COVID-19 na Bélgica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Europa
Pandemia de COVID-19 na Bélgica
Casos confirmados por 100 000 habitantes, por província (23 de maio de 2020)
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Wuhan, Hubei, China
Local Bélgica
Início 4 de fevereiro de 2020
(4 meses e 28 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 60 550
Mortes 9 696
Casos que recuperaram 16 771

Este artigo documenta os impactos da pandemia de COVID-19 na Bélgica pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

O primeiro caso de COVID-19 na Bélgica foi confirmado em 4 de fevereiro de 2020. Um cidadão belga que retornou de Wuhan, China no dia 2 de fevereiro.[1]

No dia 5 de abril, pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Bélgica teve um número de altas médicas maior do que o de internações por COVID-19 em 24 horas, segundo informou o instituto de saúde Sciensano.[2]

No dia 11 de abril, a Bélgica ultrapassou a China em mortes pela doença COVID-19.[3]

Diferente da maioria dos países, a Bélgica inclui no total de mortos que divulga não só aqueles que faleceram em hospitais, mas também os que morreram em casa, nas comunidades, além também das mortes suspeitas, com sintomas fortes de coronavirus, mesmo que a pessoa não tenha sido testada. Isso seria um dos motivos do acentuado número de mortos, desproporcional com os totais dos países vizinhos.[4]


Casos[editar | editar código-fonte]

Dados[editar | editar código-fonte]

Por divisões administrativas[editar | editar código-fonte]

Casos confirmados por província
Província

+ Região da Capital Bruxelas

Casos Hosp.
 Antuérpia 6,302 2,298
 Flandres Oriental 5,743 1,825
 Flandres Ocidental 5,294 1,787
 Brabante Flamengo 4,730 897
 Limburgo 5,447 1,776
Região da Capital Bruxelas 5,126 2,293
 Hainaut 5,687 2,030
 Liège 6,123 1,587
 Namur 1,904 534
 Brabante Valão 1,253 209
 Luxemburgo (Bélgica) 1,272 357
Desconhecida 1,025 -
Fontes:
Casos e Mortes por Região
Região Casos Mortes Mort.

(%)

# % # %
 Flandres 31,879 56.12 4,605 49.85 14.45
Região da Capital Bruxelas 5,762 10.14 1,418 15.35 24.61
 Valônia 18,117 31.89 3,214 34.79 17.74
Desconhecida 1,052 1.85 - - -
 Bélgica 56,810 100.0 9,237 100.0 16.26
Fonte: Sciensano, 2020/05/23.[5]

Por género e idade[editar | editar código-fonte]

Casos Confirmados de COVID-19 na Bélgica por género e idade
Idade Masculino Feminino n/d Total
90+ 1,241 4,050 7 5,298
80–89 3,505 6,656 20 10,181
70–79 2,964 2,821 6 5,791
60–69 2,765 2,164 5 4,934
50–59 2,968 4,365 16 7,349
40–49 2,044 4,227 15 6,286
30–39 1,376 3,637 9 5,022
20–29 1,062 3,165 9 4,236
10–19 174 257 3 434
0–9 137 119 7 263
n/d 36 48 28 112
Total 18,272 31,509 125 49,906
Fonte: Sciensano,2020/05/02.


Mortes por COVID-19 na Bélgica por género e idade
Idade Masculino Feminino n/d Total
85+ 1,102 1,572 7 2,681
75–84 957 766 1 1,724
65–74 480 260 4 744
45–64 253 106 359
25–44 13 9 22
0–24 1 1
n/d 2 1 2,310 2,313
Total 2,807 2,715 2,322 7,844
Fonte: Sciensano, 2020/05/02.
Casos Confirmados de COVID-19 na Bélgica por género
Classificação Casos Mortes Letalidade
%
Number % Number %
Sexo Masculino 18,272 36.61 2,807 35.79 15.36
Feminino 31,509 63.14 2,715 34.61 8.62
n/d 125 0.25 2,322 29.60 n/d
Todos 49,906 (100.0) 7,844 (100.0) 15.72
Fonte: dados coletados por Sciensano, em 2020/05/02.

Por dia e região[editar | editar código-fonte]

Casos confirmados de COVID-19 na Bélgica por dia e região
Data  Flandres Região da Capital Bruxelas  Valônia Desconhecido Casos Mortes Ativos Hospitalizações Altas Testes
Novos Total Novos Total UCI Total Novos Total Total % pos. Novos Total
Desconhecida 25 11 25 1 62
2020-03-01 9 6 2 17 17 30.36% 56 56
2020-03-02 12 4 1 17 34 5.15% 274 330
2020-03-03 21 2 13 36 70 4.48% 474 804
2020-03-04 31 5 13 6 55 125 3.78% 652 1,456
2020-03-05 59 2 20 81 206 3.75% 705 2,161
2020-03-06 77 9 23 1 110 316 3.45% 1,028 3,189
2020-03-07 16 5 6 27 343 0.75% 405 3,594
2020-03-08 38 7 19 1 65 408 1.62% 417 4,011
2020-03-09 37 12 42 3 94 502 2.08% 519 4,530
2020-03-10 57 13 22 7 99 601 1 1 1.89% 695 5,225
2020-03-11 107 17 47 1 172 773 3 4 2.79% 931 6,156
2020-03-12 141 37 69 5 252 1,025 1 5 3.38% 1,306 7,462
2020-03-13 167 39 113 19 338 1,363 3 8 3.51% 2,166 9,628
2020-03-14 76 30 66 7 179 1,542 4 12 1.57% 1,794 11,422
2020-03-15 123 27 53 10 213 1,755 6 18 54 266 71 71 18 18 1.71% 1,064 12,486
2020-03-16 200 61 116 9 386 2,141 11 29 79 370 90 161 14 32 2.76% 1,493 13,979
2020-03-17 256 24 127 10 417 2,558 11 40 100 497 123 284 31 63 2.64% 1,830 15,809
2020-03-18 285 58 185 6 534 3,092 21 61 131 650 183 467 48 111 2.97% 2,149 17,958
2020-03-19 381 55 245 32 713 3,805 27 88 165 844 212 679 49 160 3.47% 2,591 20,549
2020-03-20 393 70 189 11 663 4,468 31 119 228 1,099 295 974 55 215 2.87% 2,521 23,070
2020-03-21 248 44 164 14 470 4,938 39 158 290 1,384 332 1,306 74 289 1.89% 1,802 24,872
2020-03-22 234 64 175 14 487 5,425 41 199 322 1,646 290 1,596 61 350 1.87% 1,104 25,976
2020-03-23 807 116 394 12 1,329 6,754 78 277 385 1,883 278 1,874 82 432 4.67% 2,494 28,470
2020-03-24 686 122 379 9 1,196 7,950 74 351 474 2,140 434 2,308 115 547 3.80% 3,033 31,503
2020-03-25 716 142 328 12 1,198 9,148 98 449 612 2,721 540 2,848 128 675 3.44% 3,340 34,843
2020-03-26 821 149 376 17 1,363 10,511 101 550 690 3,077 490 3,338 183 858 3.58% 3,207 38,050
2020-03-27 938 186 371 24 1,519 12,030 123 673 789 3,650 575 3,913 205 1,063 3.63% 3,770 41,820
2020-03-28 478 147 206 13 844 12,874 133 806 867 4,089 629 4,542 296 1,359 1.88% 2,973 44,793
2020-03-29 364 93 213 13 683 13,557 138 944 942 4,480 545 5,087 169 1,528 1.46% 1,873 46,666
2020-03-30 1,034 138 539 28 1,739 15,296 168 1,112 1,021 4,897 478 5,565 168 1,696 3.50% 3,077 49,743
2020-03-31 880 178 606 18 1,682 16,978 185 1,297 1,088 4,989 553 6,118 436 2,132 3.09% 4,755 54,498
2020-04-01 840 146 493 24 1,503 18,481 247 1,544 1,144 5,220 584 6,702 363 2,495 2.56% 4,198 58,696
2020-04-02 799 155 477 29 1,460 19,941 210 1,754 1,205 5,383 568 7,270 377 2,872 2.32% 4,323 63,019
2020-04-03 951 167 547 26 1,691 21,632 232 1,986 1,245 5,513 504 7,774 375 3,247 2.50% 4,606 67,625
2020-04-04 543 102 256 24 925 22,557 274 2,260 1,261 5,531 499 8,273 504 3,751 1.29% 3,824 71,449
2020-04-05 321 82 239 23 665 23,222 233 2,493 1,267 5,620 358 8,631 235 3,986 0.90% 2,335 73,784
2020-04-06 1,137 169 577 39 1,922 25,144 275 2,768 1,260 5,759 314 8,945 171 4,157 2.47% 3,899 77,683
2020-04-07 830 141 498 32 1,501 26,645 304 3,072 1,276 5,715 490 9,435 524 4,681 1.81% 5,145 82,828
2020-04-08 913 172 464 34 1,583 28,228 319 3,391 1,285 5,616 459 9,894 483 5,164 1.80% 5,193 88,021
2020-04-09 1,375 162 641 43 2,221 30,449 273 3,664 1,278 5,636 462 10,356 404 5,568 2.38% 5,205 93,226
2020-04-10 1,561 141 571 48 2,321 32,770 320 3,984 1,262 5,663 421 10,777 418 5,986 2.34% 5,752 98,978
2020-04-11 669 74 262 18 1,023 33,793 290 4,274 1,232 5,437 393 11,170 482 6,468 0.98% 5,937 104,915
2020-04-12 292 60 147 18 517 34,310 344 4,618 1,234 5,441 270 11,440 239 6,707 0.47% 5,590 110,505
2020-04-13 307 73 142 10 532 34,842 283 4,901 1,226 5,554 242 11,682 161 6,868 0.46% 5,222 115,727
2020-04-14 701 181 577 102 1,561 36,403 277 5,178 1,204 5,532 250 11,932 239 7,107 1.29% 5,672 121,399
2020-04-15 650 136 782 51 1,619 38,022 275 5,453 1,182 5,331 310 12,242 455 7,562 1.26% 7,228 128,627
2020-04-16 886 191 547 34 1,658 39,680 254 5,707 1,150 5,181 320 12,562 399 7,961 1.22% 6,998 135,625
2020-04-17 681 191 476 31 1,379 41,059 202 5,909 1,119 5,088 303 12,865 387 8,348 0.96% 8,059 143,684
2020-04-18 240 47 404 10 701 41,760 211 6,120 1,081 4,892 265 13,130 409 8,757 0.46% 8,024 151,708
2020-04-19 161 36 244 7 448 42,208 214 6,334 1,071 4,940 232 13,362 138 8,895 0.28% 5,687 157,395
2020-04-20 600 151 482 32 1,265 43,473 199 6,533 1,079 4,996 172 13,534 106 9,001 0.76% 8,814 166,209
2020-04-21 594 115 525 23 1,257 44,730 202 6,735 1,020 4,765 263 13,797 432 9,433 0.72% 7,296 173,505
2020-04-22 417 64 274 13 768 45,498 191 6,926 993 4,527 211 14,008 367 9,800 0.41% 12,461 185,966
2020-04-23 434 90 428 13 965 46,463 173 7,099 970 4,355 210 14,218 322 10,122 0.48% 13,696 199,662
2020-04-24 398 160 218 17 793 47,256 147 7,246 934 4,195 217 14,435 295 10,417 0.37% 15,496 215,158
2020-04-25 133 32 215 7 387 47,643 155 7,401 901 3,957 202 14,637 368 10,785 0.17% 14,429 229,587
2020-04-26 111 13 76 3 203 47,846 176 7,577 903 3,968 127 14,764 93 10,878 0.08% 12,019 241,606
2020-04-27 446 88 199 11 744 48,590 125 7,702 876 3,976 123 14,887 65 10,943 0.29% 14,691 256,297
2020-04-28 361 41 149 14 565 49,155 114 7,816 797 3,733 174 15,061 340 11,283 0.21% 16,764 273,061
2020-04-29 310 66 128 8 512 49,667 98 7,914 769 3,609 178 15,239 293 11,576 0.17% 19,791 292,852
2020-04-30 357 62 137 23 579 50,246 84 7,998 749 3,386 152 15,391 316 11,892 0.18% 21,483 314,335
2020-05-01 160 11 60 5 236 50,482 96 8,094 690 3,109 128 15,519 319 12,211 0.07% 21,521 335,856
2020-05-02 172 18 87 5 282 50,764 73 8,167 684 3,080 77 15,596 98 12,309 0.08% 14,889 350,745
2020-05-03 82 15 36 6 139 50,903 96 8,263 655 3,044 59 15,655 69 12,378 0.04% 12,095 362,840
2020-05-04 451 59 136 10 656 51,559 97 8,360 646 3,082 84 15,739 63 12,441 0.17% 20,712 383,552
2020-05-05 340 59 121 5 525 52,084 81 8,441 582 2,868 116 15,855 295 12,736 0.13% 17,679 401,231
2020-05-06 344 44 140 17 545 52,629 75 8,516 542 2,699 98 15,953 244 12,980 0.13% 17,207 418,438
2020-05-07 251 26 131 8 416 53,045 78 8,594 508 2,555 108 16,061 221 13,201 0.10% 18,213 436,651
2020-05-08 245 33 145 36 459 53,504 70 8,664 502 2,381 75 16,136 210 13,411 0.10% 22,027 458,678
2020-05-09 110 28 74 4 216 53,720 69 8,733 476 2,222 83 16,219 231 13,642 0.05% 18,044 476,722
2020-05-10 56 11 38 5 110 53,830 73 8,806 478 2,222 60 16,279 55 13,697 0.02% 10,472 487,194
2020-05-11 219 26 77 5 327 54,157 61 8,867 465 2,230 43 16,322 35 13,732 0.07% 7,566 494,760
2020-05-12 38 7 24 69 54,226 29 8,896 427 2,085 70 16,392 206 13,938 0.01% 13,937 508,697
2020-05-13 7 8,903 407 1,966 81 16,473 173 14,111 2,414 511,111
Total 27,516 5,126 16,239 1,025 - 49,906 - 7,844 - - - 15,593 - 12,308 14.17 - 352,134
 Flandres Região da Capital Bruxelas  Valônia Desconhecido Novos Total Novos Total UCI Total Novos Total Novos Total % pos. Novos Total
Casos Mortes Ativos Hospitalizações Altas Testes
Nota: Alguns dados podem aparecer inclompletos devido à falta de divulgação, à data, dos mesmos.
Fonte: Sciensano, 2020/05/13.[5]

Gráficos[editar | editar código-fonte]

Por género e idade[editar | editar código-fonte]



Evolução total nacional[editar | editar código-fonte]

Evolução da pandemia de COVID-19 na Bélgica ()
     Mortos      Casos ativos

Fev. Fev. Mar. Mar. Abr. Abr. Mai. Mai. Jun. Jun. Últimos 15 dias Últimos 15 dias

Data
# de casos
# de mortes
04-02-2020
1(n.a.)
1(=)
01-03-2020
2(+100%)
02-03-2020
8(+300%)
03-03-2020
13(+62%)
04-03-2020
23(+77%)
05-03-2020
50(+117%)
06-03-2020
109(+118%)
07-03-2020
169(+55%)
08-03-2020
200(+18%)
09-03-2020
239(+20%)
10-03-2020
267(+12%) 1(n.a.)
11-03-2020
314(+18%) 3(+200%)
12-03-2020
399(+27%) 3(=)
13-03-2020
559(+40%) 3(=)
14-03-2020
689(+23%) 4(+33%)
15-03-2020
886(+29%) 4(=)
16-03-2020
1.058(+19%) 5(+25%)
17-03-2020
1.243(+17%) 10(+100%)
18-03-2020
1.486(+20%) 14(+40%)
19-03-2020
1.795(+21%) 21(+50%)
20-03-2020
2.257(+26%) 37(+76%)
21-03-2020
2.815(+25%) 67(+81%)
22-03-2020
3.401(+21%) 75(+12%)
23-03-2020
3.743(+10%) 88(+17%)
24-03-2020
4.269(+14%) 122(+39%)
25-03-2020
4.937(+16%) 178(+46%)
26-03-2020
6.235(+26%) 220(+24%)
27-03-2020
7.284(+17%) 289(+31%)
28-03-2020
9.134(+25%) 353(+22%)
29-03-2020
10.386(+14%) 431(+22%)
30-03-2020
11.899(+15%) 513(+19%)
31-03-2020
12.775(+7,4%) 705(+37%)
01-04-2020
13.964(+9,3%) 828(+17%)
02-04-2020
15.348(+9,9%) 1.011(+22%)
03-04-2020
16.770(+9,3%) 1.143(+13%)
04-04-2020
18.431(+9,9%) 1.283(+12%)
05-04-2020
19.691(+6,8%) 1.447(+13%)
06-04-2020
20.814(+5,7%) 1.632(+13%)
07-04-2020
22.194(+6,6%) 2.035(+25%)
08-04-2020
23.403(+5,4%) 2.240(+10%)
09-04-2020
24.983(+6,8%) 2.523(+13%)
10-04-2020
26.667(+6,7%) 3.019(+20%)
11-04-2020
28.018(+5,1%) 3.346(+11%)
12-04-2020
29.647(+5,8%) 3.600(+7,6%)
13-04-2020
30.589(+3,2%) 3.903(+8,4%)
14-04-2020
31.119(+1,7%) 4.157(+6,5%)
15-04-2020
33.573(+7,9%) 4.440(+6,8%)
16-04-2020
34.809(+3,7%) 4.857(+9,4%)
17-04-2020
36.138(+3,8%) 5.163(+6,3%)
18-04-2020
37.183(+2,9%) 5.453(+5,6%)
19-04-2020
38.496(+3,5%) 5.683(+4,2%)
20-04-2020
39.983(+3,9%) 5.828(+2,6%)
21-04-2020
40.956(+2,4%) 5.998(+2,9%)
22-04-2020
41.889(+2,3%) 6.262(+4,4%)
23-04-2020
42.797(+2,2%) 6.490(+3,6%)
24-04-2020
44.293(+3,5%) 6.679(+2,9%)
25-04-2020
45.325(+2,3%) 6.917(+3,6%)
26-04-2020
46.134(+1,8%) 7.094(+2,6%)
27-04-2020
46.687(+1,2%) 7.207(+1,6%)
28-04-2020
47.334(+1,4%) 7.331(+1,7%)
29-04-2020
47.859(+1,1%) 7.501(+2,3%)
30-04-2020
48.519(+1,4%) 7.594(+1,2%)
01-05-2020
49.032(+1,1%) 7.703(+1,4%)
02-05-2020
49.517(+0,99%) 7.765(+0,8%)
03-05-2020
49.906(+0,79%) 7.844(+1%)
04-05-2020
50.267(+0,72%) 7.924(+1%)
05-05-2020
50.509(+0,48%) 8.016(+1,2%)
06-05-2020
50.781(+0,54%) 8.339(+4%)
07-05-2020
51.420(+1,3%) 8.415(+0,91%)
08-05-2020
52.011(+1,1%) 8.521(+1,3%)
09-05-2020
52.596(+1,1%) 8.581(+0,7%)
10-05-2020
53.081(+0,92%) 8.656(+0,87%)
11-05-2020
53.449(+0,69%) 8.707(+0,59%)
12-05-2020
53.779(+0,62%) 8.761(+0,62%)
13-05-2020
53.981(+0,38%) 8.843(+0,94%)
14-05-2020
54.288(+0,57%) 8.924(+0,92%)
15-05-2020
54.644(+0,66%) 8.959(+0,39%)
16-05-2020
54.989(+0,63%) 9.005(+0,51%)
17-05-2020
55.280(+0,53%) 9.052(+0,52%)
18-05-2020
55.559(+0,5%) 9.080(+0,31%)
19-05-2020
55.791(+0,42%) 9.108(+0,31%)
20-05-2020
55.983(+0,34%) 9.150(+0,46%)
21-05-2020
56.235(+0,45%) 9.186(+0,39%)
22-05-2020
56.511(+0,49%) 9.212(+0,28%)
23-05-2020
56.810(+0,53%) 9.237(+0,27%)
24-05-2020
57.092(+0,5%) 9.280(+0,47%)
25-05-2020
57.342(+0,44%) 9.312(+0,34%)
26-05-2020
57.455(+0,2%) 9.334(+0,24%)
27-05-2020
57.592(+0,24%) 9.364(+0,32%)
28-05-2020
57.849(+0,45%) 9.388(+0,26%)
29-05-2020
58.061(+0,37%) 9.430(+0,45%)
30-05-2020
58.186(+0,22%) 9.453(+0,24%)
31-05-2020
58.381(+0,34%) 9.467(+0,15%)
01-06-2020
58.517(+0,23%) 9.486(+0,2%)
02-06-2020
58.615(+0,17%) 9.505(+0,2%)
03-06-2020
58.685(+0,12%) 9.522(+0,18%)
04-06-2020
58.767(+0,14%) 9.548(+0,27%)
05-06-2020
58.907(+0,24%) 9.566(+0,19%)
06-06-2020
59.072(+0,28%) 9.580(+0,15%)
07-06-2020
59.226(+0,26%) 9.595(+0,16%)
08-06-2020
59.348(+0,21%) 9.606(+0,11%)
09-06-2020
59.437(+0,15%) 9.619(+0,14%)
10-06-2020
59.569(+0,22%) 9.629(+0,1%)
11-06-2020
59.711(+0,24%) 9.636(+0,07%)
12-06-2020
59.819(+0,18%) 9.646(+0,1%)
13-06-2020
59.918(+0,17%) 9.650(+0,04%)
14-06-2020
60.029(+0,19%) 9.655(+0,05%)
15-06-2020
60.100(+0,12%) 9.661(+0,06%)
16-06-2020
60.155(+0,09%) 9.663(+0,02%)
17-06-2020
60.244(+0,15%) 9.675(+0,12%)
18-06-2020
60.348(+0,17%) 9.683(+0,08%)
19-06-2020
60.476(+0,21%) 9.695(+0,12%)
20-06-2020
60.550(+0,12%) 9.696(+0,01%)
23-06-2020
60.810(+0,43%) 9.713(+0,18%)
24-06-2020
60.898(+0,14%) 9.722(+0,09%)
25-06-2020
61.007(+0,18%) 9.726(+0,04%)
26-06-2020
61.106(+0,16%) 9.731(+0,05%)
27-06-2020
61.209(+0,17%) 9.732(+0,01%)

Nota:

  • As datas acima indicadas, são as datas da confirmação dos números. Estas podem ser diferentes das verdadeiras datas de diagnóstico ou morte.

Fontes:


Evolução do número de novos casos confirmados por dia e por região[editar | editar código-fonte]

Novos casos confirmados por região

Nota :

Evolução diária das hospitalizações[editar | editar código-fonte]

Notas:

  • Cerca de metade das mortes relatadas foram observadas num ambiente extra-hospitalar (lares de repouso na maior parte), essas mortes estão ligadas a uma suspeita de COVID-19 sem que um teste de confirmação tenha sido realizado sistematicamente.
  • Em 6 de maio de 2020, 47,6% das mortes ocorreram em ambiente hospitalar e 52,4% em ambiente extra-hospitalar. Isto é, 8 339 mortos (3 969 em hospital e 4 370 extra-hospital).

Evolução cumulativa das hospitalizações[editar | editar código-fonte]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Fevereiro de 2020 – Surgimento do primeiro caso[editar | editar código-fonte]

2 de fevereiro[editar | editar código-fonte]

Os belgas que vivem em Hubei foram repatriados num voo de evacuação que aterrou na base aérea de Melsbroek, perto de Bruxelas, antes de serem transferidos para o Hospital Militar de Neder-over-Heembeek onde permaneceram numa quarentena de 14 dias e foram testados.[6][7]

4 de fevereiro[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado que um dos repatriados estava infetado com o novo coronavírus,[8] este foi o primeiro caso no país.[9] O paciente, um assintomático de 54 anos, foi depois transferido para o Hospital de S. Pedro em Bruxelas, um dos dois hospitais de referência.

21 de fevereiro[editar | editar código-fonte]

Um grupo de 10 belgas foi autorizado a regressar ao país depois de ter estado no cruzeiro MS Westerdam por vários dias.[10]

24 de fevereiro[editar | editar código-fonte]

Após o alastrar do surto de COVID-19 no norte de Itália, uma centena de belgas foi posto de quarentena no hotel H10 Costa Adeje Palace em Tenerife, que foi isolado.[11][12] 15 deles foram autorizados a regressar à Bélgica em 28 de Fevereiro e os restantes em 5 de Março, não tendo sido testados à chegada.[13]

Março de 2020[editar | editar código-fonte]

1 de março[editar | editar código-fonte]

O segundo caso de COVID-19 foi confirmado, uma falante de neerlandês que tinha regressado de Crépy-en-Valois, região afetada em França.[14]

2 de março[editar | editar código-fonte]

Mais 6 casos são reportados, prefazendo um total de 8. Desses novos casos 5 são na Flandres e um em Bruxelas, todos tinham regressado do norte de Itália.[15]

3 de março[editar | editar código-fonte]

6 novos casos são confirmados outra vez, totalizando 14 casos. Entre os novos casos encontra-se um jovem de 17 anos de Tienen[16] e uma pessoa de Sint-Niklaas[17] regressado dumas férias de esqui no norte de Itália, uma pessoa fe Verviers,[18] duas de Couthuin[19] e um homem de 65 anos de Eupen, que apresentou sintomas relativamente severos e não tinha estado em nenhuma região com risco elevado de infeção.[20][21]

4 de março[editar | editar código-fonte]

10 novos casos são confirmados, perfazendo um total de 23. 9 tinham regressado de Itália e o outro tinha tido contacto com um caso anterior.[22] 4 casos eram na área de Leuven,[23] um em Hasselt,[24] e um em Pelt.[25] Em Wevelgem, uma família e uma professora primária foram diagnosticados com o novo coronavírus, após terem regressado do norte de Itália.[26] As autoridades sanitárias não encerraram a escola.[27] Um lar em Gooik parou de receber visitas após um dos seus empregados ter estado em contacto com um infetado, as autoridades sanitárias consideraram inapropriada esta medida de precaução.[28][29]

A Agência Europeia de Defesa (AED) confirmou que um dos seus funcionários estava infetado, tendo sido esse o primeiro caso em instituições da União Europeia.[30] Tinha retornado de Itália na semana anterior e ainda compareceu a uma reunião antes de se ter começado a sentir doente.[30] Um militar do European External Action Service que se encontrava na mesma reunião também começou a demonstrar alguns sintomas.[30] A AED cancelou todas as reuniões até 13 de março, outras instituições da UE também tomaram precauções.[30][31]

5 de março[editar | editar código-fonte]

27 novos casos confirmados (16 na Flandres, 9 em Valônia e 2 em Bruxelas), elevando o total para 50.[32] Das 50 pessoas, 1 paciente recuperou, 48 estão em isolamento profilático domiciliário e 1 está internado em Sint-Pietersziekenhuis.[33] Os novos casos são em Knokke-Heist, Zonhoven, Ruiselede e Vlierzele (parte de Sint-Lievens-Houtem).[34]

6 de março[editar | editar código-fonte]

59 novos casos são reportados pelo governo, totalizando 109 (65 na Flandres, 12 em Bruxelas, 31 em Valônia e, também, um recuperado). Os novos casos foram reportados em Oosterzele e Sint-Katelijinw-Waver.[35]

7 de março[editar | editar código-fonte]

Mais 60 casos confirmados (40 na Flandrrs, 5 em Bruxelas e 15 em Valônia), elevando o total para 169 (105 na Flanders, 17 em Bruxelas, 46 em Valônia e 1 recuperado). Os novos casos foram reportados em Houthalen, Melle, Lokeren, Mere, Lede, Tildonk and Poppel.[36] As autoridades de saúde mencionaram que "cada vez mais e mais infeções estão a ser contraídas localmente” mas não referiram quantas.[37]

8 de março[editar | editar código-fonte]

Das 422 amostras analisadas em 7 de março, 31 deram positivo em 8 de março (16 na Flandres, 8 em Bruxelas e 7 em Valônia), elevando os casos para 200. Foi confirmada a transmissão local do vírus em algumas partes do país.[38]

10 de março[editar | editar código-fonte]

O número total de casos confirmados era 267.[39]

11 de março[editar | editar código-fonte]

A primeira morte na Bélgica por COVID-19 foi relatada,[40] uma mulher de 90 anos de Bruxelas, internada em Etterbeek.[41] Mais duas pessoas faleceram nesse dia com 73 e 86 anos.[42]

12 de março[editar | editar código-fonte]

Duas novas infeções detetadas e 32 casos suspeitos no lar Ter Kameren in Watermaal-Bosvoorde, um dos maiores na região de Bruxelas.[43] O total número de casos era 399. Aproximadamente 20 pacientes dos 399 estavam a ser tratados numa unidade de cuidados intensivos.[44] A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen informou toda a equipa que 7 dos seus colegas tinham testado positivo, 6 deles na Bélgica. Ela deu ordens para que "todos os colegas em funções não essenciais" trabalhassem a partir de casa até 5 de abril.[45]

14 de março[editar | editar código-fonte]

689 casos estavam confirmados e 4 mortes.[46]

21 de março[editar | editar código-fonte]

Observou-se que mais de metade dos pacientes no hospital Oost-Limburg em Genk eram de origem turca. O secretário de estado, Zuhal Demir, solicitou à comunidade turca em Limburgo para tomarem medidas de contenção.[47]

26 março[editar | editar código-fonte]

Sciensano publicou um mapa que mostrava que a maior concentração de casos era observada em Alken e Sint-Truiden (Limburgo) e Quévy e Honnelles (Hainaut). A concentração em Alken é tida como causada por dois partido que foram autorizados a continuar na semana de 7 de março.[48] A presidente da câmara municipal de Sint-Truiden, ela própria infetada, mencionou que não entendia a razão da alta incidência na sua cidade.[49] A grande concentração de casos no município de Bonheiden é tida como conectada à grande quantidade de famílias que regressaram de resorts de esqui no norte de Itália, no início de março.[50] Por outro lado a alta incidência em Honnelles pode estar ligada com um surto num centro para deficientes, a presidente da câmara de Quévy, não fazia ideia do que poderia ter causado os elevados números no seu município e criticou a falta de comunicação e equipamentos de proteção individual.[51][52]

27 de março[editar | editar código-fonte]

Na conferência de imprensa diária, Steven Van Gucht anunciou que um gato tinha sido infetado pelo dono. Trata-se de uma ocorrência rara, tendo sido apenas a terceira vez que uma infeção num animal de estimação foi detetada. O gato desenvolveu problemas respiratórios e digestivos.[53]

28 de março[editar | editar código-fonte]

O número de pessoas infetadas em relação ao dia anterior cresceu bastante, porque mais pessoas estão a ser tratadas e porque um grande laboratório em Valônia não reportou mais casos até à data e anunciou 500 novos casos dos últimos dias, com delay.[54]

29 de março[editar | editar código-fonte]

Perto de 20000 Belgas estavam presos no estrangeiro devido às medidas de contenção aéreas, muitos no Peru, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia.[55]

30 de março[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado que, por causa da carga sobre alguns hospitais nas províncias de Limburgo e Hainaut, o plano de distribuição de pacientes em cuidados intensivos tinha sido ativado.[56]

31 de março[editar | editar código-fonte]

Uma menina de 12 anos morre, tendo sido declarada como a vítima mais jovem do novo coronavírus na Europa, A polícia começou a investigar um pedido de socorro em inglês feito pelos pais da vítima, que não foi seguido por uma hospitalização de emergência.[57]

Abril de 2020[editar | editar código-fonte]

2 de abril[editar | editar código-fonte]

O monarca belga telefonou ao presidente da China Xi Jinping para pedir material médico, o monarca disse, ainda, "Vou preservar para sempre a nossa amizade".[58]

A primeira-ministra Sophie Wilmès reafirma que as medidas de contenção do vírus continuam em vigor e que, apesar dos resultados encorajadores e do bom tempo, não é hora de relaxar os esforços e ainda afirmou que iria criar um comité para preparar um decréscimo gradual das medidas.[59]

5 de abril[editar | editar código-fonte]

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o número de altas hospitalares é maior que o número de novas hospitalizações.[60]

7 de abril[editar | editar código-fonte]

Um grupo de peritos, liderado por Erika Vlieghe e composto por 10 cientistas, economistas e gestores, foi constituído para aconselhar o Conselho Nacional de Segurança sobre o regresso do país à normalidade.[61]

15 de abril[editar | editar código-fonte]

O Conselho de Segurança Nacional decide estender as medidas de confinamento e distanciamento social até 3 de maio. Contudo, creches e lojas de bricolage podem reabrir.[62]

17 de abril[editar | editar código-fonte]

São interditadas as visitas a lares de idosos.[63]

Maio de 2020[editar | editar código-fonte]

4 de maio[editar | editar código-fonte]

Fase 1 do plano de desconfinamento progressivo é implementada.[64]

6 de maio[editar | editar código-fonte]

Anúncio da implementação da Fase 1B em 11 de maio. Essa fase prevê a ampliação para quatro do número de indivíduos permitidos para uma visita familiar, a reabertura de todas as lojas com a condição de respeitar as distâncias sociais e usar a máscara (forte recomendação). Nos transportes públicos, essa recomendação permanece em estrita aplicação.[65]

13 de maio[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado que a Fase 2 entrará em vigor em 18 de maio. Prevê a reabertura de serviços como cabeleireiros e esteticistas, mas também o aumento do número de pessoas presentes em funerais ou casamentos, a retoma dos treinos em clubes desportivos, sob certas condições. Essas novas regras contribuem para o relaxamento das medidas anteriores, porém, ao contrário do que havia sido previsto, o aumento do número de pessoas presentes nas reuniões familiares não é revisto.[65]

Reações governamentais[editar | editar código-fonte]

Os esforços para combater o surto de coronavírus na Bélgica são geridos pelos ministros de saúde federais e regionais, Maggie De Block (VLD aberto, governo federal), Wouter Beke (CD&V, comunidade flamenga), Christine Morreale (PS, Comunidade Francesa), Antonios Antoniadis (SP, Comunidade Germanófona), Bénédicte Linard (Ecolo, Comunidade Francesa), Valérie Glatigny (MR, Comunidade Francesa), Alain Maron (Ecolo, Bruxelas), Elke Van den Brandt (Groen, Bruxelas) e Barbara Trachte (Ecolo, Bruxelas),[66] com o apoio de:

  • o Centro Nacional de Crise (NCCN)[67]  liderado por Bart Raeymaekers;
  • o Instituto Nacional de Saúde Pública da Bélgica ( Sciensano );
  • o Grupo de Avaliação de Risco (RAG) presidido pelo Sciensano;
  • o Grupo de Gestão de Risco (RMG) liderado pelo Dr. Paul Pardon;
  • o Comité Científico para o Coronavírus (Steven Van Gucht, Marc Van Ranst , Nathalie Bossuyt, Erika Vlieghe e Charlotte Martin);
  • outras agências regionais, como a Agência de Cuidados e Saúde da Flandres, a Agência da Valônia para uma Vida de Qualidade (AViQ) e a Comissão da Comunidade Comum em Bruxelas.[68]
Contêineres pré-fabricados para hospitais construídos ao lado do departamento de emergência da crise COVID-19 no Hospital Universitário de Antuérpia, em 14 de março de 2020.

Medidas de contenção e apoio à população[editar | editar código-fonte]

Em 29 de janeiro, a Bélgica emitiu um aviso de viagem aconselhando contra voos não essenciais para a China, excluindo Hong Kong, com algumas empresas de viagens cancelando todos os voos para a China.[69]

Em 1 de março, como um segundo caso de coronavírus foi confirmado na Bélgica, a fase 2 da estratégia de contenção de riscos à saúde foi ativada.[70] O prefeito de Sint-Lambrechts-Woluwe, Olivier Maingain, foi um dos únicos prefeitos a tomar medidas para impedir a propagação do novo coronavírus, restringindo o acesso a escolas, instalações desportivas e locais públicos para pessoas retornadas de áreas em risco.[71] Apenas algumas escolas, como a International School Ghent , colocaram alunos em quarentena que retornaram de áreas em risco, como o norte da Itália.[72]

Em 10 de março, o governo aconselhou o cancelamento de todos os eventos internos programados para a participação de mais de 1000 pessoas no mês de março. A primeira-ministra Wilmès enfatizou que isso não era uma interdição, mas sim uma recomendação.[73] As escolas permaneceram abertas, mas foram aconselhadas a cancelar viagens ao exterior e excursões de vários dias no geral. Recomendou-se às empresas que os seus funcionários trabalhassem em casa, o máximo possível, e que permitissem horários de trabalho flexíveis para uma melhor disseminação do uso de transporte público ao longo do dia. As autoridades chamaram a isso fase 2 reforçada.[74]

No final da noite de 12 de março, após uma reunião do Conselho de Segurança Nacional, o governo belga entrou na fase federal de gestão de crises e ordenou o encerramento de escolas, discotecas, cafés e restaurantes, e o cancelamento de todas as reuniões públicas para fins desportivos, culturais ou festivos a partir de sexta-feira, 13 de março, à meia-noite.[75] Salientou-se que as medidas tomadas não eram um bloqueio, uma vez que as pessoas não são obrigadas a ficar em casa.[76]

Em 17 de março, o Conselho de Segurança Nacional decidiu tomar medidas adicionais, com base na evolução da disseminação da COVID-19 na Bélgica e nas recomendações de especialistas. Medidas mais rígidas de distanciamento social foram impostas a partir do meio-dia do dia seguinte até 5 de abril, com viagens não essenciais proibidas, encerramento de lojas não essenciais, reuniões proibidas e multas para forçar empresas e indivíduos a cumprirem as regras.[77]

Em 20 de março, a partir das 15 horas, a Bélgica fechou todas as suas fronteiras para todas as viagens não essenciais.[78] Anteriormente, o governador da Flandres Ocidental havia reclamado que cidadãos holandeses e franceses vinham à Bélgica para fazer turismo ou fazer compras,[79] enquanto prefeitos de municípios próximos à fronteira com a Holanda, como Paul Van Miert, da Turnhout, pediam aos seus colegas holandeses para solicitar às autoridades nacionais dos Países Baixos que implementassem medidas semelhantes às da Bélgica, a fim de impedir que cidadãos belgas frequentem cafés ou restaurantes holandeses.[80]  A partir de 25 de março, as pessoas que chegaram ao aeroporto de Bruxelas receberam um folheto aconcelhando-os a colocarem-se em quarentena por duas semanas.[81]

Em 27 de março, o Conselho de Segurança Nacional e os governos decidiram estender as medidas adotadas até o dia 19 de abril (final das férias da Páscoa), com a opção de estender o período por duas semanas até 3 de maio.[82]

O governo belga estuda a possibilidade de conceder um bônus aos profissionais da saúde pelo esforço extraordinário feito durante a crise, com um pagamento de 1.000 a 1.450 euros.[83]

Material médico e estratégia de testes[editar | editar código-fonte]

Em 6 de março, a Ministra Federal da Saúde Pública Maggie De Block criticou os governos da UE por impedirem a exportação de máscaras médicas num momento em que os stocks globais estavam a diminuir, afirmando que estavam a agir contra o espírito da União Europeia.[84] Em 19 de março, chegou um carregamento de 100 000 respiradores FFP2.[85] Em 16 de março, o grupo chinês Alibaba doou meio milhão de máscaras cirúrgicas e 30.000 kits de teste, graças à intervenção do rei Filipe e com o apoio da Agência de Exportação e Investimento Estrangeiro da Valônia (AWEX).[86]  O ministro Philippe De Backer foi encarregado de coordenar os esforços das autoridades para fornecer máscaras e respiradores.[87]

Embora o número de testes tenha atingido 3.500 e 4.500 por dia, um aumento no stock dos materiais necessários foi anunciado no início de abril pelo ministro federal Philippe De Backer, a fim de melhorar a capacidade de teste para 10.000 testes por dia.[88]

Num esforço para apoiar a pesquisa internacional, a Bélgica disponibilizou 5 milhões de euros à Coalizão de Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI), que pretende desenvolver uma vacina COVID-19.[89]

Comunicação[editar | editar código-fonte]

No início, as autoridades belgas, principalmente através de sua ministra federal da saúde, Maggie De Block , concentraram-se em tranquilizar, afirmando que não havia motivo para entrar em pânico,[90] que a Bélgica possui bons hospitais e laboratórios[91] e que o governo estava atento à evolução e bem preparado para a possível chegada do novo coronavírus.[92]

O governo comunica-se ativamente desde o primeiro caso. Um site oficial do Serviço Público Federal de Saúde dedicado à crise do coronavírus foi registado pelas autoridades antes que o primeiro caso fosse oficialmente confirmado para informar o público.[93][94] Desde 13 de março, o FPS Health, em conjunto com o Centro Nacional de Crise (NCCN), realiza uma conferência de imprensa diária[95] liderada pelos porta-vozes Benoît Ramacker, Peter Mertens e Yves Stevens com os médicos Steven Van Gucht e Emmanuel André. Todos os dias, são relatados os mais recentes desenvolvimentos sobre a situação epidemiológica na Bélgica, com os novos números de casos confirmados, pacientes hospitalizados e óbitos, bem como explicações e previsões gerais ou lembretes da necessidade de respeitar as medidas de distanciamento social. Num esforço de transparência, um boletim epidemiológico diário e um conjunto de dados brutos são disponibilizados no site do Instituto Belga de Saúde.[96]

A primeira-ministra Sophie Wilmès usou duas vezes um vídeo na web para se dirigir aos cidadãos e fazer um balanço da situação.[97][98][99][100]

Especialistas e autoridades também usaram a mídia para se expressar durante a crise, seja para criticar os cidadãos que organizam ou participam nas chamadas "festas do isolamento ou do corona", onde várias pessoas se juntam correndo riscos de contágio.[101] Em 20 de março, o presidente do Comitê Científico expressou a esperança de que as medidas que entraram em vigor em 14 de março levassem a uma estabilização do número de internações a partir de meados da semana de 23 de março.[102]  Em 21 de março, o Professor Dr. Erika Vlieghe, do Comité Científico, mencionou que esperava que o pico da pandemia ocorresse no início de abril.[103]

Em 16 de março, o rei dirigiu-se à nação e exortou todos os belgas a respeitarem as medidas COVID-19 “por nós mesmos e pelos mais vulneráveis”.[104]

Referências

  1. «Bélgica confirma primeiro caso de coronavírus; é o 8º país na Europa». G1. Globo. 4 de fevereiro de 2020 
  2. «Altas superam número de internações por Covid-19 na Bélgica». Jovem Pan 
  3. «Bélgica ultrapassa China em mortos por coronavírus». Folha de S.Paulo. Uol. 11 de abril de 2020. Consultado em 12 de abril de 2020 
  4. McCaffrey, Darren (22 de abril de 2020). «Analysis: Can we trust Belgium's COVID-19 death statistics?». Euronews. Consultado em 24 de abril de 2020 
  5. a b c «COVID-19 - Epidemiologische situatie» (em neerlandês). Sciensano. Consultado em 12 de abril 2020  |publisher= e |publicado= redundantes (ajuda)
  6. «Nine Belgians safely repatriated from Wuhan in China | Coronavirus COVID-19» (em inglês) 
  7. «Belgians evacuated from China amid coronavirus outbreak arrived in Brussels» (em inglês). 3 de fevereiro de 2020 
  8. «One repatriated Belgian has tested positive for the novel coronavirus | Coronavirus COVID-19» (em inglês) 
  9. «First case of coronavirus confirmed in Belgium» (em inglês). 4 de fevereiro de 2020 
  10. «Belgische passagiers Westerdam geland in Nederland, hen wacht isolatie» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 21 Fev 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 22 Fev 2020 
  11. CNN, Laura Perez Maestro, Niamh Kennedy and Amy Woodyatt. «Tenerife hotel on partial lockdown as Italian tests positive for coronavirus» 
  12. NWS, VRT (29 de fevereiro de 2020). «Ongerustheid bij Belgen in quarantaine in hotel Tenerife: "Het is hier 'tirez votre plan', er is veel onduidelijk"» (em neerlandês) 
  13. «Belgen uit 'coronahotel' op Tenerife worden niet meer getest bij aankomst in ons land» (em neerlandês) 
  14. «New coronavirus infection reported in Antwerp». The Brussels Times. 1 Mar 2020. Consultado em 3 Mar 2020. Cópia arquivada em 3 Mar 2020 
  15. «Returns from Italy push COVID-19 tally higher». VRTnws. 2 Mar 2020. Consultado em 2 Mar 2020. Cópia arquivada em 2 Mar 2020 
  16. «Zes nieuwe besmettingen met het coronavirus in België» (em neerlandês). VRTnws. 3 Mar 2020. Consultado em 3 Mar 2020. Cópia arquivada em 3 Mar 2020 
  17. «Man uit Sint-Niklaas heeft geen idee hoe hij coronavirus opliep: "Op reis liep ik zelfs vaak met sjaal rond mijn mond"» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 3 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  18. «Vijftiende geval van coronavirus in ons land bevestigd – Spanje meldt eerste dode» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 3 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  19. «Dit weten we over de tien nieuwe coronabesmettingen in ons land» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 4 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  20. «Vijftiende Belgische coronapatiënt met longontsteking overgebracht naar referentieziekenhuis» (em neerlandês). De Standaard. 3 Mar 2020. Consultado em 3 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  21. «Coronapatiënt Eupen zadelt zorgverleners op met quarantaine» (em neerlandês). MEDI-SFEER. 3 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  22. «10 nieuwe gevallen van coronavirus in ons land, in totaal nu 23 patiënten» (em neerlandês). VRTnws. 4 Mar 2020. Consultado em 4 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  23. «Coronavirus duikt op in drie Leuvense scholen» (em neerlandês). www.robtv.be. 4 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  24. «Leerling Kindsheid Jesu in Hasselt test positief op corona: "Ze is na de vakantie niet in school geweest"» (em neerlandês). VRT. 4 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  25. «Lerares van college uit Pelt is besmet met coronavirus» (em neerlandês). TV Limburg. 4 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 5 Mar 2020 
  26. «Lid 'coronafamilie' Wevelgem: "Niemand van ons is écht ziek"» (em neerlandês). De Krant van West-Vlaanderen. 4 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  27. «Gezin van zeven en leerkracht in Wevelgem besmet met corona» (em neerlandês). De Standaard. 5 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 6 Mar 2020 
  28. «Woonzorgcentrum in Gooik in lockdown nadat medewerker in onrechtstreeks contact kwam met corona» (em neerlandês). Het Nieuwsblad. 4 Mar 2020. Consultado em 14 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  29. «Geen bezoek in woonzorgcentrum in Gooik uit schrik voor coronavirus, Zorg en Gezondheid: "Te extreme maatregel"» (em neerlandês). VRT. 5 Mar 2020. Consultado em 15 Mar 2020. Cópia arquivada em 7 Mar 2020 
  30. a b c d Gerardo Fortuna (4 March 2020). «First confirmed case of COVID-19 in the EU institutions». Euractiv.com. Consultado em 4 de março de 2020. Cópia arquivada em 5 de março de 2020  Verifique data em: |data= (ajuda)
  31. EURACTIV (4 Mar 2020). «First case of #coronavirus in the EU institutions: the European Defence Agency has cancelled all meetings until 13 March after a senior official tested positive for #COVID_19, according to an internal mail seen by EURACTIV.» (Tweet) – via Twitter 
  32. «27 nieuwe corona-patiënten in ons land, vanavond komen Belgen naar huis die in quarantaine zaten op Tenerife» (em Dutch). VRTnws. 5 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 6 Mar 2020 
  33. Gert Segers (5 Mar 2020). «Federale regering keurt vrijdag maatregelen» (em neerlandês). Knack 
  34. «27 nieuwe coronabesmettingen in België, totaal staat op 50: dit weten we» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 5 Mar 2020. Consultado em 5 Mar 2020. Cópia arquivada em 6 Mar 2020 
  35. «Dit weten we over de 59 nieuwe coronabesmettingen in België» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 6 Mar 2020. Consultado em 7 Mar 2020. Cópia arquivada em 7 de março de 2020 
  36. Dit weten we over de 60 nieuwe coronabesmettingen in België Arquivado em 8 de março de 2020[Erro data trocada] no Wayback Machine.. hln.be (7 March 2020)
  37. Alan Hope (7 Mar 2020). «Coronavirus: 169 confirmed cases in Belgium» (em inglês). The Brussels Times. Consultado em 8 Mar 2020. Cópia arquivada em 8 Mar 2020 
  38. 31 new Covid-19 coronavirus infections Arquivado em 13 de março de 2020 no Wayback Machine.. info-coronavirus.be (8 de março de 2020)
  39. 28 nouvelles infections au coronavirus Covid-19 Arquivado em 11 de março de 2020 no Wayback Machine.. info-coronavirus.be (10 de março de 2020)
  40. Coronavirus: deux nouveaux décès en Belgique Arquivado em 12 de março de 2020 no Wayback Machine.. Le Soir (11 March 2020)
  41. «90-jarige is eerste dode door nieuw coronavirus in België» (em neerlandês). Standaard.be. 11 Mar 2020. Consultado em 11 Mar 2020. Cópia arquivada em 12 Mar 2020 
  42. Twee nieuwe overlijdens door Covid-19 Arquivado em 12 de março de 2020 no Wayback Machine.. info-coronavirus.be (11 March 2020)
  43. Yasmina El Messaoudi (12 Mar 2020). «Al zeker 2 bewoners van rusthuis Watermaal-Bosvoorde testen positief op nieuw coronavirus, in totaal 34 besmettingen gevreesd» (em neerlandês). VRT. Consultado em 12 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  44. «Coronavirus – BILAN BELGE: 2 cas positifs et 32 autres suspects dans une maison de repos bruxelloise» (em francês). RTL. 12 Mar 2020. Consultado em 12 Mar 2020. Cópia arquivada em 23 Mar 2020 
  45. «All 'non-critical' Commission staff to work remotely, von der Leyen says» (em inglês). Politico.eu. 12 Mar 2020. Consultado em 13 Mar 2020. Cópia arquivada em 24 Mar 2020 
  46. «coronavirus 133 nouveaux cas en Belgique un quatrième déces». Le soir (em francês). 14 Mar 2020. Consultado em 14 Mar 2020 
  47. «Meer dan de helft van coronapatiënten in Ziekenhuis Oost-Limburg in Genk is van Turkse origine» (em neerlandês). Het Laatste Nieuws. 21 Mar 2020. Consultado em 22 Mar 2020. Cópia arquivada em 22 Mar 2020 
  48. «TVL Nieuws, 26 maart 2020» (em neerlandês). TV Limburg. 26 Mar 2020. Consultado em 28 Mar 2020. Cópia arquivada em 28 Mar 2020 
  49. «Burgemeester van Sint-Truiden Veerle Heeren ook getroffen door corona: "Mijn man ligt op intensieve zorg"» (em neerlandês). VRT. 24 Mar 2020. Consultado em 28 Mar 2020. Cópia arquivada em 25 Mar 2020 
  50. «Imeldaziekenhuis op derde plaats qua aantal coronapatiënten» (em neerlandês). De Standaard. 23 Mar 2020. Consultado em 28 Mar 2020. Cópia arquivada em 28 Mar 2020 
  51. «État de santé préoccupant pour quatre pensionnaires polyhandicapés d'un centre à Honnelles» (em francês). 7sur7. 16 Mar 2020 
  52. «Coronavirus: la carte de l'évolution des contaminations en Belgique (région par région)» (em francês). Le Soir. 27 Mar 2020. Consultado em 28 Mar 2020. Cópia arquivada em 28 Mar 2020 
  53. «COVID-19 death toll rises to 289» (em inglês). VRT. 27 Mar 2020. Consultado em 27 Mar 2020. Cópia arquivada em 27 Mar 2020 
  54. «Covid-19: almost 800 in intensive care now, 64 deaths in the past 24 hours» (em inglês). VRT. 28 Mar 2020. Consultado em 28 Mar 2020. Cópia arquivada em 28 Mar 2020 
  55. «Zo'n 20.000 Belgen zitten nog vast in buitenland door coronacrisis: 3 Vlamingen vertellen hun verhaal» (em neerlandês). VRT. 29 Mar 2020. Consultado em 30 Mar 2020. Cópia arquivada em 31 Mar 2020 
  56. «536 bijkomende opnames in ziekenhuis, 'Kracht van epidemie neemt duidelijk af'» (em neerlandês). De Standaard. 30 de março de 2020. Consultado em 30 Mar 2020. Cópia arquivada em 31 de março de 2020 
  57. Sports+, DH Les (2 de abril de 2020). «Rachel décède à 12 ans du coronavirus: "Le médecin a dit qu'elle n'était pas prioritaire", déplore sa soeur». www.dhnet.be (em francês). Consultado em 24 de maio de 2020 
  58. «Koning Filip belt met Chinese president Xi: 'Ik zal onze vriendschap altijd koesteren'» (em neerlandês) 
  59. Libre.be, La (2 de abril de 2020). «Sophie Wilmès s'exprime sur la fin des mesures: "Nous allons préparer un déconfinement progressif"». www.lalibre.be (em francês). Consultado em 24 de maio de 2020 
  60. «Coronavirus en Belgique : plus de sorties d'hôpital que d'admissions ce samedi». RTBF Info (em francês). 5 de abril de 2020. Consultado em 24 de maio de 2020 
  61. «'We staan voor langdurige afbouw van coronamaatregelen'» (em neerlandês) 
  62. Newmedia, R. T. L. «Coronavirus en Belgique: écoles, commerces, maisons de repos, voici tous les changements décidés par le gouvernement». RTL Info (em francês). Consultado em 24 de maio de 2020 
  63. «Visites dans les maisons de repos : elles restent interdites pour le moment». RTBF Info (em francês). 17 de abril de 2020. Consultado em 24 de maio de 2020 
  64. «Coronavirus : la Belgique est entrée dans sa première phase de déconfinement, qu'est-ce qui change?». RTBF Info (em francês). 4 de maio de 2020. Consultado em 24 de maio de 2020 
  65. a b «Ecoles, musées, coiffeurs, sports…: la phase 2 du déconfinement sera bien enclenchée le 18 mai». Le Soir (em francês). 13 de maio de 2020. Consultado em 24 de maio de 2020 
  66. «Here's why Belgium has nine health ministers» (em inglês). 5 de março de 2020 
  67. «Centre de Crise» (em francês) 
  68. «What is the government doing? | Coronavirus COVID-19» (em inglês) 
  69. NWS, VRT (29 de janeiro de 2020). «Buitenlandse Zaken raadt alle niet-essentiële reizen naar China af wegens het coronavirus» (em neerlandês) 
  70. «Belgium enters Phase 2 for coronavirus: what does it mean?» (em inglês). 2 de março de 2020 
  71. «Burgemeester Maingain neemt maatregel tegen coronavirus, De Block reageert: "Volledig disproportioneel"» (em neerlandês) 
  72. «'Verrassend dat niet alle scholen hetzelfde doen'» (em neerlandês) 
  73. «Verdeeldheid onder experts over maatregelen tegen nieuw coronavirus: 'Zeg alles af, of we stevenen op Italiaanse toestanden af'» (em neerlandês) 
  74. «Nieuwe maatregelen voor versterkte fase 2 en federale fase van corona-beheersing» (em neerlandês) 
  75. «Coronavirus : Phase 2 maintained, transition to the federal phase and additional measures | Coronavirus COVID-19» (em inglês) 
  76. «Waarom België niet in lockdown gaat» (em neerlandês) 
  77. «Coronavirus: reinforced measures» (em inglês). 24 de março de 2020 
  78. News, Flanders (20 de março de 2020). «Borders closed to non-essential travel» (em inglês) 
  79. «Controles aan Belgische grenzen om Nederlanders te weren, ook in Ardennen maatregelen» (em neerlandês) 
  80. «Burgemeester van Turnhout aan Nederlandse collega's: "Stop 'horecatoerisme'"». HLN. 15 de março de 2020 
  81. News, Flanders (25 de março de 2020). «People arriving in Belgium quarantined for a fortnight» (em inglês) 
  82. News, Flanders (27 de março de 2020). «Measures to curb the spread of the novel coronavirus to remain in force until at least 19 April» (em inglês) 
  83. «Altas superam número de internações por Covid-19 na Bélgica». Jovem Pan 
  84. «[Coronavirus] Coronavirus: EU ministers urge members to share supplies» (em inglês) 
  85. «Coronavirus: 100.000 masques FFP2 sont arrivés ce jeudi à Liège et seront immédiatement distribués» (em francês). 19 de março de 2020 
  86. «Coronavirus: Alibaba gives Belgium 500,000 mouth masks» (em inglês). 16 de março de 2020 
  87. «De Backer moet tekort aan mondmaskers tegengaan» (em neerlandês) 
  88. News, Flanders (5 de abril de 2020). «Belgium increases COVID-19 testing capacity to 10,000 test a day» (em inglês) 
  89. «Coronavirus: Belgium pours €5 million into efforts to fast-track vaccine» (em inglês). 7 de abril de 2020 
  90. «'Geen paniek, we kunnen dit aan'» (em neerlandês) 
  91. «Coronavirus: la Belgique est très bien préparée, selon Maggie De Block» (em francês). 26 de janeiro de 2020 
  92. NWS, VRT (25 de fevereiro de 2020). «Minister De Block: "Kans is reëel dat coronavirus naar ons land komt, maar er is een plan"» (em neerlandês) 
  93. «Laatste nieuws | Coronavirus COVID-19» (em neerlandês) 
  94. «"info-coronavirus.be" était enregistré le 30 janvier : mais à part ça, la Belgique était-elle "vraiment préparée" à la crise sanitaire ?» (em francês). 30 de março de 2020 
  95. «COVID-19: Press conference – streaming and archives» (em inglês) 
  96. «COVID-19 - Epidemiological situation» 
  97. «Coronavirus - Mijn boodschap aan de Belgische bevolking» (em neerlandês). 15 de março de 2020 
  98. «Coronavirus - Message à la population belge» (em francês). 15 de março de 2020 
  99. «Toespraak van de Eerste minister» (em neerlandês). 5 de abril de 2020 
  100. «Allocution de la Première ministre» (em francês). 5 de abril de 2020 
  101. News, Flanders (14 de março de 2020). «Last night's "lock-down parties" trigger indignation» (em inglês) 
  102. «'We moeten ons voorbereiden op een lange periode met sars-CoV-2-virus'» (em neerlandês) 
  103. NWS, VRT (22 de março de 2020). «Brussel betreurt de helft van de corona-overlijdens tot nu toe, maar die cijfers geven een vertekend beeld» (em neerlandês) 
  104. News, Flanders (17 de março de 2020). «King Filip calls on Belgians to respect the COVID-19 measures "for ourselves and for the most vulnerable among us"» (em inglês)