Paragem de São Miguel do Mato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Miguel do Mato
Inauguração 1937
Encerramento 1 de Janeiro de 1990
Linha(s) Linha do Vouga
(PK 125,775)
Coordenadas 40° 43′ N 8° 1′ W
Concelho Vouzela

A Paragem de São Miguel do Mato foi uma interface da Linha do Vouga, que servia a localidade de São Miguel do Mato, no Distrito de Viseu, em Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

Vista parcial de São Miguel do Mato.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Esta gare estava entre as estações de Bodiosa e Vouzela, que entrou ao serviço em 5 de Fevereiro de 1914[1], tendo sido construído pela Compagnie Française pour la Construction et Exploitation des Chemins de Fer à l'Étranger.[2] No entanto, não fazia parte originalmente deste troço, tendo sido aberto em 1937, com a categoria de apeadeiro.[3] Não vendia bilhetes, tendo estes de ser cobrados a bordo dos comboios.[3]

Transição para a CP e Encerramento[editar | editar código-fonte]

Em 1 de Janeiro de 1947, a Linha do Vouga foi integrada na Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.[4]

O troço entre Sernada do Vouga e Viseu foi encerrado no dia 1 de Janeiro de 1990.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Troços de linhas férreas portuguesas abertas à exploração desde 1856, e a sua extensão» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 69 (1652). 16 de Outubro de 1956. pp. 528–530. Consultado em 5 de Março de 2015. 
  2. TORRES, Carlos Manitto (16 de Março de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 71 (1686). pp. 133–140. Consultado em 6 de Março de 2015. 
  3. a b «Caminhos de Ferro Portugueses» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 49 (1190). 16 de Julho de 1937. 351 páginas. Consultado em 5 de Março de 2015. 
  4. AGUILAR, Busquets de (1 de Junho de 1949). «A Evolução História dos Transportes Terrestres em Portugal» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 62 (1475). pp. 383–393. Consultado em 5 de Março de 2015. 
  5. SILVA e RIBEIRO, p. 69

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SILVA, José; RIBEIRO, Manuel (2007). Os Comboios em Portugal. III 1.ª ed. Lisboa: Terramar - Editores, Distribuidores e Livreiros, Lda. 203 páginas. ISBN 978-972-710-408-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.