Parque Costa Azul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Parque Costa Azul
Parque ao fundo e à direita da imagem. A frente, a foz do Rio Camarajipe.
Mapa do trecho entre Rio Vermelho e Costa Azul, na ponta direita está localizado o parque.
Localização Costa Azul, Salvador
País  Brasil
Tipo Público
Área 55 mil m²[1]
Inauguração 1995 (23 anos)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Parque Costa Azul

O Parque Costa Azul foi construído em 1995 no bairro de mesmo nome na cidade de Salvador. Localizada junto à orla, às margens do Rio Camarajipe, a área que deu origem ao parque era ocupada pelas ruínas do Clube Costa Azul e foi alvo durante aproximadamente duas décadas de reivindicações da população pela revitalização do local. Atualmente o parque é uma área voltada para o esporte, lazer e cultura.[2][1]

O projeto Música no Parque, realizado nos 12 anos anteriores no Parque da Cidade, foi levado ao Costa Azul em 2015, uma vez que o da Cidade passava por obras.[3]

Administrado pelo governo do estado da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder), o parque dispunha de espaço gastronômico e esportivo, quando em 2013 a área dos quatro restaurantes foi fechada após pedido de reintegração de posse, em virtude de inadimplência. Alguns dos restaurantes deviam pagamento relacionado à concessão da exploração daqueles espaços públicos. Em março de 2016, foram noticiados que persiste a dívida do aluguel no valor de 2,5 milhões de reais com a Conder, há deterioração do parque e moradores de rua ocupam o local. Foi veiculado também que a Conder utiliza da área dos restaurantes como arquivo de sua Diretoria de Obras Estruturantes e a Coordenação de Desapropriações e que o parque inteiro é alvo de futura licitação, em análise, para manutenção do parque, construção e exploração dos restaurantes e academias.[4][5][6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Bahia.com.br. «Parque Costa Azul». Consultado em 13 de agosto de 2014. 
  2. MACEDO, Silvio Soares. Parques Urbanos no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2. ed., 2003. ISSN 85-314-0655-2
  3. Monique Lôbo (6 de junho de 2015). «Fechamento de espaços agrava velha carência de locais para shows em Salvador». Salvador. Correio. Consultado em 6 de julho de 2015. 
  4. Metro1 (24 de Mar de 2016). «"Vamos requalificar o espaço", diz presidente da Conder sobre Parque Costa Azul». Consultado em 31 de Março de 2016. 
  5. Metro1 (25 de Mar de 2016). «Complexo de restaurantes do Parque Costa Azul deu lugar a depósito». Consultado em 31 de Março de 2016. 
  6. Metro1 (31 de Mar de 2016). «Conder afirma que já existe projeto de concessão para o Parque Costa Azul». Consultado em 31 de Março de 2016.