Período sideral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta seção precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dia sideral e sinódico da Terra em torno do Sol, sendo este um caso particular de período sideral. Do ponto 1 para o ponto 2, a Terra efetua um período sideral completo. Do ponto 2 ao ponto 3 distam cerca de quatro minutos, completando-se o período sinódico da Terra em torno do Sol

O período sideral entende-se como sendo o período que decorre numa revolução completa (360º) em torno do Sol de um corpo celeste entre duas culminações estelares. Este período reflecte o tempo real de translação de um corpo relativamente ao Sol. O ano de calendário não é igual ao período sideral, mas sim igual ao ano trópico em que a Terra não completa 360º ao redor do Sol.

O período sideral é utilizado em contraponto com o período sinódico que é dependente da posição da Terra relativamente aos outros corpos celestes.

Um período sideral representa um ano planetário sendo diferente para cada um dos diversos corpos celestes.